GAY BLOG BR by SCRUFF

Havaianas, marca que sempre sinaliza apoio à causa LGBTQIA+, realiza junto da ONG All Out, desde 2020, ações em parceria com a comunidade para que a sociedade possa, cada vez mais, perceber a relevância do tema e ajudar a ampliar o debate sobre a inclusão e o respeito. Através da Plataforma Pride, a marca dá mais um passo nesta caminhada ao encomendar a Pesquisa do Orgulho, uma parceria inédita com o Datafolha, que traz uma metodologia sistemática estatisticamente confiável com abrangência nacional e representativa da população brasileira adulta.

“Essa pesquisa é mais um passo importante na caminhada LGBTQIA+ no Brasil. Como o nome já diz, queremos que as pessoas tenham cada vez mais orgulho de serem quem são. Além de dados demográficos, este estudo Havaianas/Datafolha também traz tópicos como o mercado de trabalho, garantia de direitos e representatividade. E a gente acredita que falar sobre isso é papel da sociedade, mas também das marcas inseridas nela”, pontua Maria Fernanda Albuquerque, VP global de marketing da Havaianas.

A Pesquisa Havaianas/Datafolha aponta que 9,3% das pessoas se identificam como LGBTQIA+ na população adulta brasileira (16 anos ou mais). Os números tendem a aumentar nas regiões metropolitanas (11%), entre os mais jovens (18% na faixa etária de 16 a 24 anos e 13% entre 25 e 34 anos) e entre as pessoas com maior nível de escolaridade (11% curso superior). Além disso, a maioria dos que se identificam como LGBTQIA+ é solteira (59%) e sem filhos (70%).

“É até emocionante ler os resultados da Pesquisa do Orgulho e finalmente ter algumas respostas que buscamos há tanto tempo, como, por exemplo, quantas pessoas LGBTQIAPN+ nós somos no Brasil. Agora que temos mais informações, temos mais ferramentas para seguir na luta por igualdade completa de direitos — o que os próprios resultados mostram, ainda é um desafio muito grande”, comenta Ana Andrade, Gerente Sênior de Campanhas para a América Latina com a All Out.

Pesquisa Havaianas/Datafolha aponta que 9,3% de brasileiros se identificam como LGBTQIA+
Isaac Silva, Pepita, Paulo Alves (Datafolha), Ana Andrade (All Out) e Cristina Naumovs – Divulgação

Para apresentar oficialmente os dados levantados na Pesquisa Havaianas/Datafolha, a marca realizou nesta quarta-feira, 21/09, uma mesa redonda, em São Paulo, com a consultora de inovação e diversidade Cristina Naumovs, Ana Andrade (Gerente Sênior de Campanhas para a América Latina com a All Out), Maria Fernanda Albuquerque (VP Global de Marketing da Havaianas), Paulo Alves (Instituto Datafolha), a estilista Isaac Silva e a cantora Pepita.

Entre os destaques do estudo estão:

  • Os mais jovens (entre 16 e 24 anos) são os que mais se identificam como LGBTQIA+, representando 18% da população LGBTQIA+ no Brasil;
  • Uma a cada quatro pessoas heterossexuais não concorda totalmente que pessoas LGBTQIAPN+ devem ter os mesmos direitos;
  • 62% da população LGBTQIA+ economicamente ativa não falam com frequência sobre sua orientação sexual ou identidade de gênero no trabalho: nesse ambiente o assunto é abordado às vezes, raramente, ou nunca;
  • Em comparação com o restante da população, a hostilidade ou preconceito dentro da família é 16p.p maior entre pessoas LGBTQIAP+;
  • Sete a cada 10 pessoas LGBTQIA+ economicamente inativas sentem que não são avaliadas apenas pelas suas qualificações profissionais em entrevistas de emprego;
    Na população LGBTQIAPN+, 17% sempre sofrem discriminação. Esse número é quase o dobro, compararado com a população não-LGBTQIAPN+ (9%);
  • Apenas 34% das pessoas não LGBTQIAP+ concordam totalmente que é comum demonstrações públicas de afeto entre casais homoafetivos.

A gravação do evento está disponível no canal da Havaianas no YouTube. E, para que todos possam acessar, inclusive outras marcas interessadas em fortalecer sua relação com a comunidade e se tornarem aliadas à causa, assim como Havaianas, a íntegra da pesquisa Havaianas/Datafolha está disponível para consulta pública neste link.

A Pesquisa Havaianas/Datafolha foi realizada entre os meses de maio e junho de 2022, com uma amostra de 3.674 pessoas a partir de 16 anos de todas as classes econômicas. A amostra é representativa da população brasileira (167 milhões – estimativa da população brasileira com 16 anos ou mais — PNAD 2019/ Estimativa 202), ou seja, mantém as mesmas características do total da população com 16 anos ou mais. A amostra abrange todo o país, distribuída em cerca de 120 municípios das cinco regiões brasileiras, na proporção que cada região representa no total da população (PNAD 2019 — IBGE).

R$ 2,6 milhões arrecadados

A plataforma Havaianas Pride, em parceria com a ONG All Out, que atua no mundo inteiro, incluindo o Brasil, em defesa dos direitos das pessoas LGBTQIA+, nos últimos dois anos, arrecadou mais de R$ 2,6 milhões para os trabalhos da entidade ao reverter 7% do lucro líquido das vendas dos produtos da linha Havaianas Pride. A coleção, que existe desde 2020, é perene e ganhou novos produtos agora em junho. Moletom, camiseta, bag, pins e três modelos de sandália integram a linha, que já conta com mais de 30 itens entre roupas, calçados e acessórios.




Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.