GAY BLOG BR by SCRUFF

This article is also available in: Español

Um professor britânico da Rokeby School em Canning Town, Robert Headley, foi demitido da instituição de ensino após seus colegas de profissão descobrirem que ele tinha publicado vídeos no YouTube com conteúdos discriminatórios, sendo que um deles dizia que os LGBTQIA+ têm o “DNA de Satanás”. As informações são do Pink News.

Além do preconceito contra os LGBTs, ele também disse em outro vídeo que “judeus, escribas e fariseus são do Diabo”. O canal também continha conteúdos conspiracionistas, como a defesa da Terra plana e de que o homem não foi a lua.

Após a demissão, Headley procurou a justiça e, em sua defesa, disse que estava ensinando “outras perspectivas” e que ele estava sendo discriminado e perseguido por suas convicções religiosas. No entanto, o tribunal concluiu que a fala dele não se tratava de opiniões, mas discurso de ódio, baseado em um cristianismo ortodoxo.

Professor é demitido de escola após dizer que LGBTs têm "DNA de Satanás"
Reprodução

Muitos vídeos do professor foram filmados em sala de aula, com um quadro branco visível ao fundo e o logotipo da escola. Quando confrontado por uma outra professora, Emma Hobbs, ele deletou os vídeos que se passavam dentro do ambiente escolar, mas continuou criando conteúdos. Foi aí que a diretora Doyle foi alertada e realizou uma investigação oficial para demití-lo.

“Ver um membro da nossa equipe fazendo comentários depreciativos, divisivos e odiosos sobre LGBTs e a comunidade cristã em uma plataforma pública me deixa angustiada, chateada e triste” – disse Doyle “eu fico confortável com quem sou, mas estou preocupada com o efeito que essas visualizações possam ter em pessoas mais novas, como estudantes e membros de uma família”, continuou.

Curiosamente, a Rokeby School é engajada no ativismo LGBT+ da Inglaterra e promove um ensino inclusivo. Já os ativistas emitiram uma nota dizendo que o caso de Headley deixa claro que a escola deve ser um lugar seguro para a juventude LGBT se descobrir e se proteger de crenças discriminatórias.




This article is also available in: Español

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"