GAY BLOG BR by SCRUFF

Na última sexta-feira (18), a psicóloga Rozângela Alves Justino teve o registro profissional cassado pelo Conselho Regional de Psicologia do Distrito Federal (CRP-DF), após defender a prática da chamada cura gay. Com informações do site O Globo.

A representação da categoria seguiu decisão tomada também no Rio de Janeiro, após denúncias feitas pelo Ministério Público Federal (MPF) e pela Associação Brasileira dos Gays, Lésbicas e Transgêneros (ABGLT).

Com a decisão, Rozângela está impedida de manter atendimento a pacientes  como psicóloga em todo o país. Caso continue, ela poderá responder por exercício ilegal da profissão. 

(Foto: Reprodução)

Rozângela, que também é missionária, ficou conhecida por defender “tratamento de reversão da homossexualidade” e foi uma das autoras do projeto da “cura gay” em 2017. Ela chegou a ser censurada, em 2009, pelo CFP, após oferecer a suposta terapia a seus pacientes. 

Em uma resolução, o Conselho Federal de Psicologia (CFP) aponta que os psicólogos não devem colaborar “com eventos e serviços que proponham tratamento e cura das homossexualidades”.

A psicóloga ocupa “cargo especial”, desde 2017, como assessora parlamentar na Câmara dos Deputados. Ela atua, hoje, junto ao gabinete do deputado Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ), ligado à Igreja Universal do Reino de Deus.

“Cura gay” é crime

Nos últimos anos, alguns países aprovaram projetos contra a “cura gay”. Na última terça-feira (15), a Nova Zelândia aprovou uma lei que proíbe “terapias de conversão sexual”. O projeto foi votado no parlamento e recebeu 112 votos favoráveis e apenas 8 contrários.

Em janeiro, a França também aprovou uma lei que criminaliza a “cura gay”. Qualquer tentativa da chamada “terapia de reorientação sexual” no país, será tratado pelas autoridades francesas como crime, de acordo com a nova decisão.

Já no final de 2021, o Canadá oficializou a proibição dos chamados “tratamentos de conversão”. A lei entrou em vigor no dia 7 de janeiro deste ano.




Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista gaúcho formado na Universidade Franciscana (UFN) e Especialista em Estudos de Gênero pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)