This article is also available in: Español

GAY BLOG BR by SCRUFF

O governo tailandês proibiu, no último dia 3 de novembro, o acesso a canais pornográficos, como Pornhub, gerando revolta na população nas redes sociais. Segundo o ministro de Assuntos Digitais, Puttipong Punnakanta, o bloqueio foi feito para restringir o acesso a sites pornôs e de apostas, que são ilegais no país. As informações são do UOL.

Em resposta, muitos tailandeses se manifestaram contrária a decisão e fizeram a hashtag #SavePornhub, se tornando um dos trending topics do Twitter. O grupo ativista “Partido Anônimo” se pronunciou sobre o assunto: “Queremos reivindicar o Pornhub. As pessoas têm o direito de escolher”.

Segundo o próprio PornHub, os tailandeses passaram mais tempo no site no ano passado que em qualquer outro lugar no mundo: 11 minutos e 21 segundos, em média.

Já as pesquisas mais populares do site estão relacionadas a games, e a “febre” do momento em relação a este assunto, “Among Us” é um dos termos mais buscados nos últimos tempos, com cerca de 4,7 milhões de pesquisas. Essas buscam surgiram a partir do dia 1 de setembro, que é o período em que o game começou a ganhar mais popularidade em plataformas de streaming.

Tailândia proíbe acesso ao Pornhub e revolta população
Reprodução

Vale lembrar que o Pornhub foi um dos primeiros canais a liberar a assinatura premium em vários países gratuitamente, incluindo o Brasil, quando se iniciou a pandemia, sendo um “incentivo” para as pessoas ficarem em casa. Na ocasião, o comunicado oficial dizia:

“Para ter companhia durante essas semanas em casa, você receberá acesso gratuito ao Pornhub Premium durante todo o mês, sem a necessidade de um cartão de crédito”, disseram. “O Pornhub decidiu doar sua porcentagem dos lucros para o mês de março na plataforma Modelhub para ajudar a Itália durante esta emergência.”

“Com quase um bilhão de pessoas presas em todo o mundo graças a pandemia do coronavírus, é importante que ajudemos e forneçamos uma maneira agradável de passar o tempo” – disse Corey Prince, vice-presidente do Pornhub, em comunicado no New York Post.

Já a plataforma brasileira Meninos Online disponibilizou na época cerca de 30 filmes para apoiar o isolamento social

This article is also available in: Español

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF está disponibilizando gratuitamente a assinatura PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".