GAY BLOG BR by SCRUFF

A (até então) fã da cantora Anitta, dona Ilza de Azevedo, moveu um processo contra a cantora e a Netflix por ter aparecido no documentário “Anitta: Made In Honório”. De acordo com a coluna de Fábia Oliveira, do jornal carioca O Dia, a idosa não sabia que suas imagens seriam utilizadas para a série e só soube do ocorrido quando parentes e vizinhos telefonaram para ela satirizando sua participação e questionando sua sanidade mental. Além disso, Ilza esteve internada no CTI com Covid-19 e, segundo ela, enfermeiros a reconheceram e também debocharam.

Os advogados da idosa argumentaram que o documentário dá a entender que Maria Ilza teria entrado na mansão de Anitta sem autorização, como uma intrusa, passando posteriormente a ridicularizar sua imagem.

“Para piorar, a atitude nefasta, covarde, mesquinha, das rés (Anitta e Netflix) acaba criando um mal estar na equipe de produção, que discute uma suposta falha na segurança em relação a presença da Autora (Maria Ilza)”, diz o processo.

“A Autora (Ilza) vira o motivo da indignação e o quadro do qual ela aparece passa a ter grande importância no documentário, dando a entender que sua entrada na casa, devidamente autorizada, foi uma ingrata surpresa – um erro – do qual a Autora aproveitou-se para burlar regras, de forma clandestina, tanto é que esta chega a discutir com seus funcionários. Neste momento a Autora é transformada em uma ‘cara de pau’ que conseguiu entrar na casa da famosa Anitta, passando a ser achincalhada pelo mundo a fora, tendo em vista que Anitta é uma ‘estrela global’.” – argumenta os advogados.

Os advogados também argumentam que ela teve um grande abalo psicológico no hospital, sendo um momento em que ela deveria ter tranquilidade para conseguir realizar o tratamento com mais eficiência.

Como o processo foi ajuizado no dia 18 de dezembro, no plantão noturno do recesso do judiciário, o juiz decidiu, em liminar, que a ação não tinha caráter urgente. Já no dia 24/12, dona Ilza desistiu da ação, mas apesar disso, ela ainda não foi extinta.

O vídeo abaixo contém spoiler:
.

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF (Google Play ou App Store) está disponibilizando gratuitamente a versão PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".