This article is also available in: English

No Rio de Janeiro, não é só o Buraco da Lacraia que sofreu os efeitos da pandemia. O TV Bar, localizado na Avenida Nossa Senhora de Copacabana 1417, em uma região conhecida como “Copanema”, também fechará as portas pelos prejuízos acumulados durante a pandemia do coronavírus. O comunicado veio hoje, na página oficial da casa noturna, no Facebook.

“Foram 10 anos de sobrevivência, resistência, acolhimento e muito trabalho para poder inovar e renovar a noite Carioca. Quebramos paradigmas, fomos caretas, fomos ousados.
Erramos e acertamos muitas vezes. Sempre com extravagancia e tesão no que se apresentou para o público. Foram 10 anos de pinta, close e álcool, muito álcool. Nosso trabalho sempre teve amor na veia. Com a pandemia, fomos paralisados. E como que um susto, tudo parou. Umas (sic) das áreas mais afetadas foi a do entretenimento.
Então, comunicamos oficialmente, que nossa pinta, encerra por aqui. Pois, entendemos que nossa atividade, só vai ser bom se AGLOMERAR. Paramos porque nossa atividade, ainda não está autorizada OFICIALMENTE a funcionar, somado a um desgoverno, sem apoio para pequenas empresas, e assim como muitos, fomos obrigados a fechar nossas portas.
Agradecemos de coração todo carinho que recebemos nesses 10 anos de atividade, apoio dos nossos clientes e amigos, toda galera que fez nosso som, nossa equipe maravilhosa, nossos gerentes que em 90% do tempo eram nossos braços, olhos e pernas.
Somos gratos por ter vivido 10 anos intensamente. Obrigado a todos que fizeram parte dessa família TV BAR, mas a partir de hoje, seremos o TV BAR que marcou 10 anos na historia da noite LGBTQI+ da cidade ainda maravilhosa que é o nosso Rio de Janeiro.
Grato pelo apoio de todos.
Ficamos por aqui. Um beijo
TV BAR E BOATE
( 2009 – 2020 )
Greg – Felipe – Ronaldo”
TV Bar, do RJ, encerrará suas atividades após dez anos
Reprodução

TV BAR – UM POUCO DE HISTÓRIA

O TV Bar foi inaugurado em dezembro de 2009, no mesmo local que funcionava a sede da extinta TV Rio, vindo daí a inspiração para o nome. Segundo o site oficial, a casa “prima pelo conforto e bem estar dos frequentadores, além de oferecer um ambiente moderno e inusitado, onde podemos ressaltar a decoração futurista dos banheiros e lounges, ambientes requintados e cheios de bossa”.  O espaço era conhecido por suas festas pop e também por ter dias em que o clima “esquentava”, com a festa “Hole”. Apresentações também eram frequentes no local.
.

This article is also available in: English

Google Notícias
Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".