GAY BLOG BR by SCRUFF

O vereador de Salto Grande (interior de São Paulo), Rafael Morales, conhecido como Branquinho Morales (PSDB), morreu em um grave acidente de trânsito no último dia 29 de dezembro. Ele bateu com o carro violentamente contra uma base de concreto de um monumento a Nossa Senhora do Patrocínio, que fica numa rotatória próxima à entrada da cidade.

O Samu chegou a ser acionado, mas o médico atestou a morte no local. A perícia foi acionada. As circunstâncias de sua morte são bem semelhantes a de seu namorado, que morreu em um acidente de trânsito ao bater contra um poste no último dia 28 de dezembro, em Ourinhos. Ele chegou a fazer um post no Facebook lamentando a perda.

Branquinho Morales foi eleito vereador em 2016 com 146 votos, e seu mandato terminaria no próximo dia 31. Não houve uma tentativa de reeleição.

Com informações do G1.

Vereador morre em acidente um dia após morte de seu namorado
Reprodução

Morre DJ Bruno Ramos, ícone da noite LGBT de Maceió

O DJ Bruno Ramos, famoso na cena gay de Maceió, morreu nesta sexta-feira, dia 20 de novembro. Internado há cerca de seis semanas com febre alta. Ainda não se sabe o que motivou o óbito, houve suspeitas de doenças no fígado, vesícula e “tuberculose renal”, mas os exames deram negativo para todos. Nas redes sociais, o ele escreveu: “Todo dia é 1,2 furadas nos braços, faz exame, troca antibiótico e nada. Já perdi a conta de quantos antibióticos tomei…Meus bracinhos estão todos doloridos (…) Num aguento mais não, Senhor”.

Sua última postagem foi há cinco dias, quando ele pediu em sua página oficial ajuda dos amigos para contribuírem com uma vaquinha online.

“Nas últimas semanas, o DJ Bruno Ramos vem passando por problemas sérios de saúde e até o presente momento, Bruno não obteve nenhum diagnóstico clínico através da rede pública. Nosso amigo não tem como arcar com os custos das consultas e exames que são necessários para um diagnóstico preciso de seu quadro clínico e através dessa vaquinha contamos com a ajuda de todos vocês” – dizia o post oficial. A campanha arrecadou R$ 3.500, sendo que a meta era de R$ 5.000.

bruno
Reprodução

Bruno Ramos era conhecido em todo o Brasil, tocando em diversas festas pelo país, como o Cantho Club (São Paulo), Clube Metrópole (Recife) e Boate Lancelot (Fortaleza), além de algumas festas promovidas pela The Week, como a Safado Hot, Joy Pool Party e outros.

“Meus sinceros sentimentos à família e amigos” – escreveu o DJ VMC, amigo de Bruno Ramos.

Paulo Pringles também se manifestou: “Estou muito triste! Tenho e sempre terei um carinho muito especial por você! Nem parece que faz 15 anos que a gente se conheceu quando fui tocar em Maceió! Fiz uma oração para que Deus te receba com muita paz! Meus sentimento a toda a família”.

O DJ Felipe Lira também prestou sua homenagem no Facebook:

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF (Google Play ou App Store) está disponibilizando gratuitamente a versão PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".