Em comemoração aos 27 anos da revista Caras, a Xuxa decidiu se montar de drag queen. Com o subtítulo “A Rainha da Diversidade”, a apresentadora se vestiu dessa forma para divulgar seu mais novo livro, “Maya: Bebê Arco-Íris”, além de ser mais uma forma de lutar contra o preconceito e a discriminação.

GAY BLOG BR by SCRUFF

“Exclusivo na revista CARAS desta semana: Em ensaio para celebrar os 27 anos de CARAS, Xuxa Meneghel se monta de drag queen para defender respeito contra a discriminação de gênero, tema baseado na história da sua afilhada, Maya. ‘Mais amor e menos ódio’, clama. Sexta-feira nas bancas e no app CARAS Brasil.”

Xuxa se veste de drag para edição comemorativa da Caras
Reprodução / Caras

Xuxa processa Sikêra Jr e pede a cassação do título de jornalista

Após Sikêra Jr ter atacado a Xuxa em seu programa Alerta Nacional da RedeTV!, a rainha dos baixinhos acionou seus advogados e está processando o apresentador pedindo a cassação do título de jornalista e uma indenização no valor de R$ 500 mil, sendo um valor que ela pretende doar a instituições de caridade.

A ação foi protocolada na Vara Cível do Foro Regional de Santo Amaro, em São Paulo, no dia 27 de outubro. Xuxa também pede urgência ao caso, alegando que Sikêra Jr oferece riscos à sociedade. Os advogados da apresentadora também fizeram um longo relato dizendo que o apresentador comete crimes diariamente com seus comentários transfóbicos, homofóbicos e preconceituosos no geral aos cidadãos comuns. Além disso, ele incita a zoofilia, faz acusações sem provas e também comemora morte das pessoas.

Os advogados de Xuxa colocaram na ação que “O conteúdo exibido e prolatado pelo requerido [Sikêra Jr] é calunioso e está causando danos à imagem da autora [Xuxa], com repercussão negativa nas redes sociais, inclusive prejudicando seus negócios, que são relacionados à sua imagem, atingindo sua honra e dignidade”. 

Xuxa processa Sikêra Jr e pede a cassação do título de jornalista
Reprodução

Ela também alerta que os comentários do apresentador “não se tratam de liberdade de expressão, mas de abuso de direito”. “O fato de ele ser um jornalista popular dá repercussão à ofensa e gera na sociedade um clima de permissividade com relação a ataques misóginos, no sentido de favorecer a normalização disso” – diz.

Em resposta à apresentadora, Sikêra Jr disse na noite deste dia 16 de novembro que Xuxa “deveria procurar um emprego para o Junno que não faz m**** nenhuma”.

“A gente se encontra no tribunal, também sei recorrer. Vai dizer que a senhora manda no juiz? Está mandando no mundo, na RedeTV! Essa Xuxa está me deixando doido. Eu gostava dela” – disse e, na sequência, disse novamente que ela incentiva práticas gays às crianças – “Só tarado em crianças e pedófilos que te seguem”.

A polêmica entre ambos se iniciou no final do mês de outubro, quando Sikêra Jr criticou o lançamento do livro “Maya: Bebê Arco-Íris“, que conta a história de um anjo que tem duas mães. Segundo o apresentador, a obra incentiva às crianças a “safadeza” e “putaria”.

“Hoje, não dá mais audiência, está sendo empurrada para todo horário” – disse Sikêra Jr ao vivo em seu programa Alerta Nacional – “Vai lançar agora um livro LGBT para criança, viu? Para criança! Um livro LGBT para criança! Cuidado com o teu filho! Cuidado com a tua filha! A mesma que fez um filme com uma criança. Sim! Ela nua com uma criança de 12 anos. Ex-rainha, eu quero dizer para você que pedofilia é crime e não prescreve não, tá?” – completou.

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF está disponibilizando gratuitamente a assinatura PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".