19.7 C
São Paulo
quarta-feira, 2 dezembro 2020
GAY BLOG BR by SCRUFF
ONLINE DOCUMENTÁRIOS Transexual no Irã - Ser como os outros (2008)

Transexual no Irã – Ser como os outros (2008)

Enquanto a homossexualidade é encarada como um comportamento imoral e condenável, a transexualidade é tratada como doença

Em termos de governos no poder em países de maioria muçulmana, de fato, predomina o conservadorismo. Política e religião estão intimamente ligadas na maioria dos países de maioria islâmica e muitas das leis instituídas encontram suas justificativas exclusivamente nos ensinamentos sagrados.

homossexualidade ainda é considerada um crime em diversos países islâmicos, podendo ser punida com a morte na Arábia Saudita, Sudão, Somália, Mauritânia e Irã. Em outras nações, por sua vez, há certa tolerância (mas a discriminação é bastante recorrente), como no caso do Egito, Tunísia, Indonésia, Albânia, Turquia.

Mesmo com a condenação da homossexualidade, pessoas trans têm relativa aceitação em alguns lugares – não que sejam super bem tratadas ou totalmente aceitas. O Irã permite a cirurgia de redesignação genital desde 1983, após o líder islâmico, Aiatolá Khomeini, passar uma fatwa (pronunciamento legal no Islã emitido por uma autoridade religiosa) permitindo a operação aos “diagnosticados como transexuais”. Inclusive, homossexuais se sentem pressionados a passar pelo processo de transexualização.