GAY BLOG BR by SCRUFF

Nesta terça-feira (30), Barbados substituiu a rainha Elizabeth II oficialmente como chefe de Estado, com a posse da primeira presidente do país, a jurista Sandra Mason. Dessa forma, a região mudou seu status de monarquia constitucional para uma república. Com informações do Estadão.

A mudança para um país republicano, coincidiu com o 55º aniversário da independência da ilha caribenha, que foi colônia britânica até 1966. Depois, permaneceu vinculada à Coroa. Durante a cerimônia, a cantora Rihanna foi uma das grandes homenageadas e recebeu o título de Heróina Nacional de Barbados.

(Foto: Jeff J Mitchell – Pool/Getty Images)

Na cerimônia, a primeira-ministra barbadiana, Mia Mottley: “Em nome de uma nação grata, mas um povo ainda mais orgulhoso, apresentamos a vocês a designada para herói nacional de Barbados, a embaixadora Robyn Rihanna Fenty”. Ela sua fala para a cantora ela acrescentou: “Que você continue a brilhar como um diamante e honrar sua nação por meio de suas obras, de suas ações aonde quer que vá”.

Em 2018, Rihanna já havia sido nomeada embaixadora de Barbados. Em comunicado, o Gabinete de Informação do Governo de Barbados divulgado na época, atribuiu à cantora “a responsabilidade específica de promover a educação, o turismo e o investimento na ilha”. Antes, em 2008, ela se tornou uma das embaixadoras culturais do país da ilha caribenha

(Foto: Reuters)

A cerimônia de quase três horas contou também com a presença do Príncipe Charles, herdeiro do trono britânico, e líderes de alguns países da Comunidade do Caribe (CARICOM). Em sua posse, a presidente Mason prestou o juramento e garantiu que com essa transição, a população de Barbados, cerca de 280 mil habitantes, poderão “aproveitar ao máximo” a essência de sua soberania.

“Durante décadas tivemos discursos e debates sobre a transição de Barbados para uma república. Hoje o debate e o discurso viraram ação”, destacou a presidente eleita. O país não será a primeira ex-colônia britânica no Caribe a se tornar uma república, Em 1970, Guiana deu o primeiro passo, seguida por Trinidad e Tobago, em 1976, e Dominica, em 1978.

(Foto: Reuters)

 

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista gaúcho formado na Universidade Franciscana (UFN) e Especialista em Estudos de Gênero pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)