GAY BLOG BR by SCRUFF

O assistente social James Albino (PSB), de 26 anos, concorre a uma vaga como deputado estadual em Rondônia. Morador de Porto Velho (RO) e abertamente gay, ele conversou com o Gay Blog BR para especial “Eleições 2022“.

James Albino, candidato a deputado estadual pelo PSB de RO (Foto: Reprodução/ Instagram)

Atual secretário do Sindicato dos Assistentes Sociais do Estado de Rondônia, James já foi garçom por seis anos. Devido ao atual cenário político e a falta de representatividade na política, ele decidiu disputar as eleições de 2022.

Com o lema “ninguém solta a mão de ninguém” em sua campanha, ele diz que o preconceito ainda é muito grande na política quando se trata de candidatos LGBTQ+. “Eu tenho receio, mas é algo que eu preciso fazer para superar meu medo e incentivar outros da comunidade que precisamos ocupar cada vez mais espaços políticos”, comenta James.

Entre suas propostas, o candidato defende a “criação de rede de fortalecimento da sociedade civil organizada prevendo chamamento, editais e formações para iniciativas de efetivação das políticas públicas para o público LGBTQIA+”. Além disso, ele pontua a “fiscalização, proposição e acompanhamento das aprovações de leis de orçamento para cultura rondoniense, incluindo manifestações culturais do público LGBTQIA+, proporcionando acesso a manifestação cultural e combate a invisibilidade”.

James Albino (Foto: Reprodução/ Instagram)

GAY BLOG BR: Qual a sua formação e trajetória profissional?

James Albino: Já fui garçom por seis anos. Nesse período me formei em Serviço Social e atualmente trabalho em um hospital. Também sou secretario do Sindicato dos Assistentes Sociais do Estado de Rondônia.

GB: O que motivou a se candidatar?

James: Sou a favor de todos os direitos humanos e no atual cenário político esses diretos estão cada vez mais sendo extinto pelos governantes. E quando falamos de direitos LGBTQI+, já temos tão poucos direitos – e os poucos que temos querem tirar de nós. Eu, como homem gay e ativista me vejo na obrigação de defender minha comunidade.

GB: Quais os desafios enfrentados ao ser um candidato abertamente LGBTQ+?

James: O preconceito, infelizmente, ainda é muito grande nos espaços políticos referentes a nossa comunidade… muito medo do julgamento das pessoas. Eu tenho receio, mas é algo que eu preciso fazer para superar meu medo e incentivar outros da comunidade que precisamos ocupar cada vez mais espaços políticos.

GB: Quais são as suas principais propostas? Há pautas exclusivamente para LGBTQ+?

James: Criação de rede de fortalecimento da sociedade civil organizada prevendo chamamento, editais e formações para iniciativas de efetivação das políticas públicas para o público LGBTQIA+; Fiscalização, proposição e acompanhamento das aprovações de leis de orçamento para cultura rondoniense, incluindo manifestações culturais do público LGBTQIA+, proporcionando acesso a manifestação cultural e combate a invisibilidade; Adoção de programas que já existem em âmbito Nacional em outros Estados do qual proporciona formação e inserção de pessoas LGBTQIA+ no mercado de trabalho, combatendo a marginalização e estigmatização, promovendo inclusão e desenvolvimento financeiro; Fortalecer os programas de empreendedorismo e créditos Estaduais para garantir acesso legal e burocrático a empreendedores LGBTQIA+; Adoção de programas de humanização de atendimento e treinamento as polícias, e funcionários públicos do sistema Judiciário rondoniense; Acompanhamento da implantação e implementação dos atendimentos da Lei Maria da Penha para mulheres Trans, que ainda sofrem grande negligência no Estado; Fiscalização e intervenção mediante ao respeito do nome social nos ambientes públicos de Rondônia; Gabinete participativo, deixando claro a população as posições políticas mediante a votações e negociações na casa de lei e transmissão em tempo real das plenarias, reuniões e deliberações; Ouvidoria do Deputado: Uma ouvidoria dentro do gabinete que recebe as denuncias de violações de direitos, analisa, encaminha e debate nos ambientes deliberativos, sempre dando feedback ao demandatário.

GB: Quais medidas você acredita serem necessárias para combater a LGBTfobia?

James: Projetos de leis mais rigorosos.

GB: O que você pensa sobre o uso e políticas da PrEP?

James: Muito importante e precisamos cada vez normalizar essa politica. Infelizmente ainda é um tabu entre nós.

GB: Como você avalia o governo de Bolsonaro?

James: Péssimo 10 vezes.

Confira a lista de candidaturas LGBTQIA+ de 2022 neste link.

Lista de candidatos LGBTQ+ nas eleições 2022 | Deputados, Senadores, Governadores




Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista gaúcho formado na Universidade Franciscana (UFN) e Especialista em Estudos de Gênero pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)