GAY BLOG BR by SCRUFF

Durante uma cerimônia de formatura, realizada neste mês, um estudante da Flórida, nos Estados Unidos, falou sobre a sua experiência de ser o primeiro presidente de turma abertamente gay da Pine View School. Para abordar a orientação sexual no discurso da cerimônia, ele usou o cabelo como um eufemismo, já que estava proibido de citar a sua homossexualidade na ocasião.

Zander Moricz, de 18 anos, contou no Twitter ter sido “silenciado” pelo diretor da escola, Stephen Covert. Na rede social, ele recordou o dia em que foi chamado para comparecer na sala da diretoria e informado que se o discurso fizesse menção ao seu ativismo LGBTQ+, a administração escolar desligaria o microfone e interromperia a cerimônia de formatura.

Ao longo de todo o discurso, o jovem não utilizou o termo “gay”, mas conseguiu falar sobre seu ativismo LGBTQ+ ao fazer referência aos cachos de seus cabelos. “Há tantas crianças com cabelos cacheados que precisam de uma comunidade como Pine View, e eles não terão uma”, começou Moricz em seu discurso. “Em vez disso, eles tentarão mudar quem são só para que possam existir no clima úmido da Flórida”, complementou.

Zander Moricz durante o discurso de formatura (Foto: Reprodução)

Eu sabia que a ameaça de cortar o microfone era muito real, então não ia deixar isso acontecer. Eu só tinha que ser inteligente sobre isso“, disse Moricz em uma entrevista ao programa Good Morning America, da ABC. “Não existo num eufemismo. Mereço ser celebrado“, afirmou o adolescente.

Após o tweet de Moricz, o distrito escolar do condado de Sarasota emitiu uma declaração, confirmando que o diretor se encontrou com o estudante, mas alegou que o conteúdo de seu discurso não havia sido revisado. Alguns membros do conselho escolar expressaram apoio ao jovem. A presidente Jane Goodwin e o vice-presidente Tom Edwards  sentaram-se no palco e participaram da cerimônia de formatura aa Pine View School.

Eu não quero que ele seja uma vítima nisso. Quero que ele seja celebrado por suas realizações, sendo fiel à sua identidade“, disse Edwards, que é abertamente gay. Goodwin também enfatizou o apoio a Moricz: “Temos que ter certeza de que entendemos e mantemos todas as crianças seguras e respeitadas em nosso distrito escolar“.




Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista gaúcho formado na Universidade Franciscana (UFN) e Especialista em Estudos de Gênero pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)