GAY BLOG BR by SCRUFF

No segundo episódio do reality show “No Limite”, da Rede Globo, que foi ao ar na noite da última terça-feira (18), a participante Ariadna Arantes contou que teve uma vida muito difícil e que, por ser uma mulher trans, foi desfavorecida na busca de empregos, precisando se prostituir na rua. No entanto, a participante Íris Stefanelli disse que Ariadna teve os mesmos privilégios na vida e que poderia ter prestado um concurso público para sobreviver.

“Ontem a Ariadna foi contar um pouco da vida dela, que foi muito difícil, de doer o coração. Hoje, na discussão sobre prostituição, eu disse que tem que se tentar um caminho para a vida menos arriscado”, disse Íris. “Tem que estudar, meu povo, tem que estudar, prestar concurso…”, completou.

“Amiga, não julga. Isso é um julgamento”, respondeu Ariadna. “Eu acho a Íris uma pessoa incrível, mas acho que ela vive um pouco fora da realidade. O fato dela ter tido mais privilégios do que eu, talvez faça com que ela viva em um mundo de fadas e infelizmente essa não é a minha realidade”, disse Ariadna em depoimento. “Eu colocava currículo daqui, dali. Não tinha segundo grau completo. Não arrumava nada. Você acha que eu fui para onde, para não ser posta para fora de casa? Lá para a esquina de onde eu morava. Eu tive opção? Não tive”, continuou Ariadna.

Íris rebateu: “Você teve opção, sim”, ao que Ariadna respondeu: “Não tive. Quando me olhavam com nome de homem e cara de mulher, eu não tive. Você não pode falar uma coisa quando não está dentro da realidade. Você não pode falar de uma coisa que você não estava [vivendo] a realidade”.

“Eu passei roupa dos outros, eu fui babá”, insistiu Íris.

“Amiga, você é uma mulher cis, branca, loira e dos olhos verdes”, elucidou Ariadna. “Só o fato de ser uma mulher trans, já me tira todos os privilégios. Eu acho muito chato ter quer ficar debatendo isso. Ficou chato e eu preferi sair de perto. Eu gosto dela e ela tem muito o que aprender ainda sobre isso”, acrescentou Ariadna para as câmeras.

Após críticas nas redes sociais, a equipe de Iris pediu desculpas pelas falas da participante:

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF está disponibilizando gratuitamente a assinatura PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os LGBTs que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.