GAY BLOG BR by SCRUFF

A ativista transexual Indianarae Siqueira, fundadora da Casa Nem, sofreu ameaças de morte pela internet. A militante foi acompanhada na tarde da última terça-feira (16), pelo corpo jurídico da Carvalho & Negreira Advogados Associados e realizou um registro de ocorrência na  Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), no Centro Rio de Janeiro.

As ameaças foram feitas por um perfil fake que utilizou a foto do ator Fábio Assunção em sua intimidação. Indianarae ainda afirmou que a casa de resistência Palco Lapa 145 também foi alvo dos ataques. 

“Querem impedir nosso direito de ir e vir. Se incomodam com a nossa existência. Mas estamos aqui para ser e resistir. Intimidadores e que ameaça nossas vidas, quem deseja a nossa morte não passarão”, disse a ativista.

Mensagens enviadas a Indianarae (Foto: Reprodução/ Arquivo Pessoal)


De acordo com o advogado Valdinan Carvalho, que acompanhou a ativista na Decradi, o caso foi registrado sob a lei nº 7716/89, em seu artigo 20 –  a lei que trata de crime de racismo em caso de descriminarão de cor e raça, agora pune os crimes contra a população LGBTQIA+.

Acreditamos que o próximo passo da investigação será a solicitação junto ao provedor do Twitter, o login e da conta que foi bloqueada após denúncia,  para identificação do IP, para assim localizar o infrator”, explica Carvalho.

Para a advogada Paula Alves, a sociedade não deve permitir que ninguém determine como o outro deve viver sua vida. “[…] Não devemos admitir, nem nos calar diante de ameaças e ataques, pois assim, mudaremos se não o pensamento deles, as leis, para tornar mais severas as punições contra estas intolerâncias e desrespeitos”, afirma a  advogada

O Brasil é o país que mais mata LGBTIA+ no mundo, e esses ataques acontecem na semana do T-DOR onde o 20 de Novembro é também o Dia Internacional da Memória Trans, que lembra às vítimas fatais de transfobia.

Indianarae Siqueira realizou o registro de ocorrência na tarde da  última terça-feira (16) (Foto: Reprodução)

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista gaúcho formado na Universidade Franciscana (UFN) e Especialista em Estudos de Gênero pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)