GAY BLOG BR by SCRUFF

A Coordenação de Políticas para LGBTI , em parceria com a Prefeitura de São Paulo, organizou uma programação completa para a Semana da Visibilidade Trans. As ações ocorrem nos Centros de Cidadania LGBTI e no Centro de Referência e Defesa da Diversidade. Entre as atividades propostas, há exposições, bate-papos e shows de talentos.

Além de parabenizar as ações da Semana da Visibilidade Trans realizada pela Prefeitura de São Paulo, o app SCRUFF fez questão de divulgar os destaques programação:

Nesta quinta-feira (27), a partir das 16h, ocorre o “Show de Talentos Transcidadania” e o “Transrelatos”, no Centro de Cidadania LGBTI Laura Vermont. Também está marcada uma roda de conversa mediada pelo Pedagogo do CCLGBTI e  participantes do Transcidadania, no Centro de Referência e Defesa da Diversidade.

Já a sexta-feira (28) será marcada pela live “Visibilidade Trans: Nada sobre nós, sem nós. Mulheres trans nas artes”. A Coordenação de Políticas para LGBTI+, com apoio da Diversa Arte e Cultura, irá trazer para esse bate-papo Assucena, (cantora, compositora), Atenna Stella, (estilista e roteirista), Dani Duschenes, (diretora de arte), Giórgia Narciso (roteirista e modelo), Karol Sugikawa, (designer).

Além disso, na sexta-feira será exibido o documentário “Meu Amigo Cláudia”, de 2013, com direção de Dácio Pinheiro, no Centro de Cidadania LGBTI Cláudia Wonder. E segue até a próxima segunda-feira (31), a “Exposição Memória e Representatividade Trans – Biografia de Pessoas Trans Inspiradoras”, no Centro de Cidadania LGBTI Edson Neris.

III Caminhada pela Paz: Sou Trans, Quero Dignidade e Cidadania!” na Avenida Paulista – 2018 (Foto: Cris Faga)

Confira a programação completa

• 27 de janeiro (quinta-feira)

Show de Talentos Transcidadania – 16h – (Centro de Cidadania LGBTI Luana Barbosa dos Reis);

Transrelatos – 16h – (Centro de Cidadania LGBTI Laura Vermont): Roda de Conversa mediada pelo Pedagogo do CCLGBTI com participantes dos Transcidadania. Presencial no Centro de cidadania com transmissão online pelo Facebook e Youtube do SPTRANSVISAO e, também, pelo Facebook do Centro de Cidadania;

Vivências Geracionais da população Trans e Travesti – 16h30 – (Centro de Referência e Defesa da Diversidade) | Presencial para cerca de 30 pessoas.

• 28/01 (sexta-feira)

Visibilidade Trans no Mercado de Trabalho – (Centro de Cidadania LGBTI Laura Vermont): Roda de Conversa mediada pela Psicóloga do Centro com ex-beneficiárias do Transcidadania com Transmissão online pelo Facebook do CCLGBTI;

Live Visibilidade Trans Respeito e Cidadania – 13 às 15h – (Centro de Cidadania LGBTI Edson Neris) Via Facebook do CCLGBTI;

Live “Visibilidade Trans: “Nada sobre nós, sem nós. Mulheres trans nas artes”A Coordenação de Políticas para LGBTI+, com apoio da Diversa Arte e Cultura, irá fazer live com Assucena, (cantora, compositora), Atenna Stella, (estilista e roteirista), Dani Duschenes, (diretora de arte), Giórgia Narciso (roteirista e modelo), Karol Sugikawa, (designer), sobre a participação na cultura. Transmissão na página do Facebook da Coordenação LGBTI;

(Foto: Reprodução)

Meu Amigo Cláudia – 13h – (Centro de Cidadania LGBTI Cláudia Wonder): Exibição do documentário “Meu Amigo Cláudia”, de 2013, direção Dácio Pinheiro Atividade presencial.

Sobre o Pajubá -13h – (Centro de Cidadania LGBTI Cláudia Wonder) –  Roda de Conversa “Sobre o Pajubá” – Pesquisadora Gui Hildebrand Probst – Atividade Presencial:  Gui Hildebrand Probst é pesquisadora brasileira em linguística com especial interesse nas influências socioculturais sobre a linguagem, no contato linguístico plurilíngue e na intersecção com os estudos de gênero e de sexualidade. Mestra em sociolinguística pela Universidade Sorbonne Nouvelle e pelo Instituto Nacional de Línguas e Civilizações Orientais (Inalco) em Paris, atualmente prepara sua pesquisa de campo para o Doutorado na mesma área de estudo. Sua tese se concentra no estudo do pajubá, variedade linguística híbrida entre o português brasileiro e o iorubá, falado sobretudo pelas travestis no Brasil. Limite de participantes: 10 beneficiárias.

Memória, território, linguagem e vivências trans e travestis – 14h – (Centro de Cidadania LGBTI Cláudia Wonder): Roda de conversa e debate sobre memória, território, linguagem e vivências trans e travestis. Atividade Presencial

• 29 de janeiro (sábado) 

Roda de Conversa Visibilidade Trans – Respeito e Cidadania – 16h às 18h – (Centro de Cidadania LGBTI Edson Neris): Evento presencial com a Unidade Móvel de Cidadania LGBTI;

Lançamento do 2º Calendário Trans – 14h – (Centro de Cidadania LGBTI Cláudia Wonder);

Lançamento do livro “Cartas do Casarão”, da jornalista Brenda Fucuta e Casarão Brasil – 14h30 – (Centro de Cidadania LGBTI Cláudia Wonder).

• 31 de janeiro (segunda-feira)

Encontro com a Rede de serviços públicos da Leste – 14h – (Centro de Cidadania LGBTI Laura Vermont);

Live sobre Violência contra travestis, mulheres transexuais e homens trans – 18h: Live com a presidenta da ANTRA Keila Simpson, do Victor Teixeira advogado e do Cássio Rodrigo coordenador de Políticas para LGBTI para abordar o Relatório de Violência da ANTRA e o I Mapeamento Trans da cidade de SP. Transmissão Página do Facebook da Coordenação LGBTI;

Último dia da Exposição Memória e Representatividade Trans – Biografia de Pessoas Trans Inspiradoras. (Centro de Cidadania LGBTI Edson Neris).




Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

1 COMENTÁRIO