A problematização com os atores héteros em ‘Me Chame Pelo Seu Nome’

O filme Me Chame Pelo Seu Nome jamais escaparia desse exercício de retórica 3.0, a problematização.