Como é encontrar Marcos Pitombo na praia

O ator Marcos Pitombo resolveu curtir, nesta quarta-feira (10), o solzão na praia da Barra da Tijuca, e chamou atenção pela barriga sarada e peito turbinado.

Marcos Menezes Magalhães Pitombo (Rio de Janeiro, 17 de junho de 1982) é um ator e ex-modelo brasileiro. Estreou em 2006, na décima terceira temporada de Malhação. Em 2014 viveu seu personagem de maior destaque, o neonazista Paulão em Vitória, um dos personagens centrais da trama, pelo qual recebeu uma indicação ao Prêmio Contigo! de TV como melhor ator coadjuvante.

Em 1999 iniciou a carreira como modelo, morando até 2004 na China e realizando trabalhos em toda Ásia. Em 2006 estreou na televisão na décima terceira temporada de Malhação, da Rede Globo, interpretando Siri, um rapaz apaixonado por bicicross e melhor amigo do protagonista, que trabalha paralelamente aos estudos para sustentar o filho que tem apenas um ano. Pela boa recepção do público sobre a história do pai adolescente, o personagem ficou até a temporada seguinte, sendo dispensado pela emissora no final de 2007. Em 2008 assina contrato com a Rede Record e integra o elenco da segunda temporada de Os Mutantes, interpretando o co-protagonista Valente, um rapaz que teve a memória apagada e se torna a chave do mistério do Arquivo Ômega. Em 2009 o ator continuou na terceira e última temporada, intitulada Promessas de Amor, no qual teve a missão de proteger os bebês escolhidos para restaurar o equilíbrio universal que foram trazidos do futuro e na verdade são seus pais. Em 2010 protagonizou a minissérie A História de Ester, interpretando o Rei Assuero.Em 2011 interpretou um dos papeis centrais de Vidas em Jogo, parte de um bolão de dez amigos que vence um prêmio milionário na loteria e tem que cumprir um tratado entre eles para recebe-lo.

Em 2013 integra o elenco de Pecado Mortal interpretando Ramiro, um aspirante à bandido que tem o sonho de ser um grande mestre do crime. Em 2014 viveu o papel de maior destaque de sua carreira, o vilão neonazista Paulão em Vitória, personagem central da trama que comete diversos crimes de ódio para disseminar a subcultura no Brasil, sob os comandos da personagem de Juliana Silveira, líder da cédula. Em fevereiro de 2015 seu contrato com a Rede Record não é renovado e o ator é dispensado, sendo que o personagem acabou morto algumas semanas antes do fim da trama para cumprir o prazo de dispensa. Pelo personagem foi indicado pela primeira vez ao Prêmio Contigo! de TV como melhor ator coadjuvante. Em 12 de junho realiza uma participação especial em um capítulo de Babilônia como um garoto de programa. Em 2016 integra o elenco de Haja Coração, na Rede Globo como Felipe. Em 2018 interpreta o sedutor Rômulo Tibúrcio em Orgulho e Paixão

Comente