Loja das Pocs

Política de ética

Nossa missão

A missão do GAY BLOG BR é criar um público mais informado e revigorado por uma compreensão, através de apreciação profunda de eventos, ideias e cultura do Brasil e em todo o mundo. Para isso, o GAY BLOG BR reporta, produz, adquire e distribui notícias, informações e outros conteúdos que atendem aos mais altos padrões de serviço público em jornalismo e expressão cultural.

Nossos Princípios Orientadores

O GAY BLOG BR é em sua essência uma organização de notícias. Nosso conteúdo de notícias na web deve atingir a mais alta qualidade e fortalecer nossa credibilidade. Orgulhamo-nos do nosso ofício. Nosso jornalismo é o mais preciso, justo e completo possível. Nossos jornalistas conduzem seu trabalho com honestidade e respeito, e se esforçam para serem independentes e imparciais em seus esforços. Nossos métodos são transparentes e seremos responsáveis ​​por tudo o que fizermos.

Mantemos aqueles que servem e influenciam o público em um alto padrão quando relatamos suas ações. Não devemos pedir menos de nós mesmos. O jornalismo é um processo diário de pintar uma imagem cada vez mais verdadeira do mundo. Cada etapa desse processo – do relatório à edição e à apresentação de informações – pode fortalecer ou corroer a confiança do público em nós. Trabalhamos duro para merecer essa confiança e protegê-la.

Esses princípios têm como objetivo guiar nosso jornalismo, tanto como é realizado quanto como é percebido, para nos ajudar a ganhar e manter a confiança do público. Os princípios existem não apenas para responder perguntas, mas para levantá-las. Ao discutir e debater regularmente como esses princípios se aplicam ao nosso trabalho, produziremos um jornalismo digno do nome do GAY BLOG BR e do público a que servimos.

É obrigatório seguir os princípios de ética

Todos os jornalistas do GAY BLOG BR devem ler e seguir as orientações deste manual. Quem trabalha em programas, podcasts e afins que não fazem parte da divisão de notícias deve entender que esses princípios também se aplicam a eles. Outros no GAY BLOG BR, cujo trabalho afeta nosso jornalismo e programação ou que têm empregos “voltados para o exterior” que os colocam em contato com o público, devem estar familiarizados com essas diretrizes. Os princípios se aplicam ao material enviado ao GAY BLOG BR por produtores independentes, jornalistas membros da redação, escritores externos, comentaristas e jornalistas visuais. Finalmente, os produtores de programas independentes adquiridos pelo GAY BLOG BR e as equipes de redação também devem estudar e aplicar os princípios éticos e as orientações deste manual.

Precisão

Nosso objetivo é buscar a verdade. A verificação diligente é crítica. Tomamos muito cuidado para garantir que as declarações de fato em nosso jornalismo sejam corretas e contextuais. Em nossos relatórios, desafiamos rigorosamente as reivindicações que encontramos e as suposições que trazemos. Dedicamos nossos recursos e nossas habilidades a apresentar a versão mais completa da verdade que podemos oferecer, valorizando mais as informações que coletamos e verificamos.

Equidade

Para narrar os fatos da forma mais verdadeira possível, é essencial que tratemos aqueles que entrevistamos e relatamos com justiça escrupulosa, guiados por um espírito de profissionalismo. Fazemos todos os esforços para reunir respostas daqueles que são alvo de críticas, alegações desfavoráveis ​​ou outras afirmações negativas em nossas histórias. O que transmitimos e colocamos online é editado por tempo e clareza. Sempre que citamos, editamos ou interpretamos o que as pessoas nos dizem, pretendemos ser fiéis ao seu significado, para que nossas histórias pareçam verdadeiras com as que entrevistamos. Em todas as nossas histórias, especialmente em questões de controvérsia, nos esforçamos para considerar os argumentos mais fortes que podemos encontrar de todos os lados, buscando oferecer nuances e clareza. Nosso objetivo não é agradar àqueles a quem reportamos ou produzir histórias que criem a aparência de equilíbrio, mas buscar a verdade.

Completude

Fazemos o possível para relatar minuciosamente e contar histórias de maneira abrangente. Nem sempre temos tempo ou espaço suficientes em uma história para dizer tudo o que gostaríamos ou citar todos que gostaríamos de incluir. Mas erros de omissão e verdades parciais podem causar grandes danos à nossa credibilidade, e as histórias apresentadas sem o contexto para entendê-las completamente são incompletas. Nosso jornalismo inclui diversas vozes que refletem nossa sociedade e visões divergentes que contribuem para o debate informado. Quando descobrimos que não podemos fornecer todas as respostas para perguntas importantes, explicamos o que ainda não sabemos e trabalhamos para preencher as lacunas de nossos relatórios.

Honestidade

Jornalistas que se comportam honestamente demonstram ser dignos de confiança. No decorrer de nosso trabalho, somos genuínos e sinceros. Atribuímos informações que recebemos de outras pessoas, deixando perfeitamente claro para o nosso público quais informações provêm de qual fonte. Evitamos hipérbole e conjecturas sensacionais. Às vezes, podemos construir hipóteses para ajudar a explicar questões e eventos, mas revelamos qualquer fabricação e, de outra forma, não misturamos ficção com nossas reportagens. Editamos e apresentamos informações honestamente, sem engano, e nos identificamos como jornalistas do GAY BLOG BR quando reportamos. Somente nos casos mais raros – como quando a segurança pública está em questão ou quando há vidas em risco – é que podemos disfarçar nossa identidade ou intenção ao relatar. Antes de darmos esse passo, nos envolvemos em deliberações rigorosas e consideramos todas as alternativas. Então,

Independência

Para garantir a confiança do público, devemos deixar claro que nossa principal lealdade é com o público. Quaisquer interesses pessoais ou profissionais que conflitem com essa lealdade, seja na aparência ou na realidade, correm o risco de comprometer nossa credibilidade. Estamos vigilantes em divulgar aos nossos supervisores e ao público quaisquer circunstâncias em que nossas lealdades possam ser divididas – estendendo-se aos interesses de cônjuges e outros membros da família – e, quando necessário, nos recusamos a cobertura relacionada. Sob nenhuma circunstância distorcemos nossos relatórios para ganho pessoal, para ajudar os resultados do GAY BLOG BR ou para agradar aqueles que nos financiam. As decisões sobre o que cobrimos e como fazemos nosso trabalho são tomadas por nossos jornalistas, não por aqueles que fornecem apoio financeiro ao GAY BLOG BR.

Imparcialidade

Nossas experiências e perspectivas são ativos valiosos para o nosso jornalismo. Temos o direito a uma vida pessoal robusta, mas aceitamos algumas obrigações e limitações profissionais únicas. Como nossas palavras e ações podem prejudicar a opinião pública sobre o GAY BLOG BR, nos comportamos de maneira a honrar nossa imparcialidade profissional. Temos opiniões, como todas as pessoas. Mas o público merece relatórios factuais e análises informadas sem que nossas opiniões influenciem o que ouvem ou veem. Por isso, nos esforçamos para relatar e produzir histórias que transcendem nossos preconceitos e tratam todas as visões de maneira justa. Desafiamos agressivamente nossas próprias perspectivas e buscamos uma gama diversa de outras, com o objetivo sempre de apresentar a verdade tão completamente quanto pudermos dizer.

Transparência

Para inspirar confiança em nosso jornalismo, é fundamental que damos ao público as ferramentas para avaliar nosso trabalho. Revelamos o máximo possível sobre como descobrimos e verificamos os fatos que apresentamos. Nós nos esforçamos para tornar nosso processo de tomada de decisão claro ao público, especialmente quando nos encontramos lutando com escolhas difíceis. Divulgamos quaisquer relacionamentos, seja com parceiros ou financiadores, que possam parecer influenciar nossa cobertura.

Prestação de contas

Assumimos total responsabilidade pelo nosso trabalho, por isso devemos estar sempre prontos e dispostos a responder por ele. Assim como a atenção cuidadosa às nossas fontes torna a história mais forte, a atenção cuidadosa ao nosso público melhora o nosso jornalismo. Portanto, damos boas-vindas a perguntas ou críticas de nossos stakeholders e, da melhor maneira possível, respondemos. Erros são inevitáveis. Quando os criamos, os corrigimos diretamente, refletimos sobre o que aconteceu e aprendemos com eles.

Respeito

Todos os afetados pelo nosso jornalismo merecem ser tratados com decência e compaixão. Somos civis em nossas ações e palavras, evitando arrogância e arrogância. Nós ouvimos os outros. Quando fazemos perguntas difíceis, fazemos isso para buscar respostas – não confrontos. Somos sensíveis a diferenças de atitudes e cultura. Minimizamos danos indevidos e tomamos cuidados especiais com aqueles que estão vulneráveis ​​ou sofrendo. E com todos os assuntos de nossa cobertura, estamos atentos à sua privacidade ao cumprir nossas obrigações jornalísticas.

Excelência

Nosso jornalismo é mais valioso quando casamos verdades importantes com uma narrativa envolvente. Temos muito orgulho no artesanato de nossas narrativas e na qualidade das palavras, sons e imagens que usamos para ajudar a iluminar o mundo. Quando editamos, é para adicionar impacto e clareza ao nosso jornalismo – nunca inclinar ou distorcer. Não permitimos que o que é sensacional obscureça o que é significativo. Aspiramos a contar histórias que se elevam acima do mundano e mundano, evitando sentimentalismos superficiais. Acima de tudo, fazemos o possível para transmitir a verdade de maneira fiel e poderosa.

Colocando princípios em prática

Cumpriremos o alto padrão que devemos ao público se permanecermos fiéis aos nossos princípios. Fazer isso exige que adotemos a complexidade e pensemos continuamente em decisões difíceis. Embora esses princípios se reforcem, eles também estão frequentemente em tensão. Em todas as situações, os equilibramos uns contra os outros, esforçando-se para honrar nossa missão. Esta declaração pretende não apenas servir como um guia, mas também provocar discussões e deliberações contínuas – as chaves para qualquer processo de tomada de decisão ética. Deve testar e fortalecer a bússola moral que guia cada um de nós em nosso trabalho. Visa promover uma cultura que nos obriga e nos capacite a exercitar nossas consciências todos os dias. Acreditamos que é nossa responsabilidade compartilhada cumprir esses princípios.

Política de Correções | Equipe Editorial | Política de Verificação de FatosInformações Sobre Propriedade e Financiamento Wikipedia

Contato | Expediente

Redação | Publicidade

contato@gay.blog.br
+55 (11) 3280-2424
Avenida Paulista, 1439 – cj 12 
São Paulo, SP – CEP 01311-200

Sobre

Criado em 2011, o GAY BLOG BR antes era conhecido por Não é gay se (o nome  foi inspirado em um meme irônico). Algumas redes sociais ainda mantêm o nome, como a Facebook e o Tumblr.

A missão sempre foi organizar e tornar informações acessíveis com linha editorial otimista, positivista e humorada. Notícias que empoderam e/ou entretêm são especialidades da casa.

O leitor nunca encontrará por aqui discursos de ódio, conteúdo de (ou com) violência, aconselhamentos e propagação de notícias falsas.