Pela primeira vez em versão online, a 28ª edição do Festival MixBrasil chega ao fim neste final de semana, mais precisamente no domingo, 22 de novembro. Grande parte da programação continua disponível gratuitamente para todo o Brasil – por razões acordadas com os cineastas e produtores, a plataforma não permite IP estrangeiro.

GAY BLOG BR by SCRUFF

Para esta-sexta, Dia da Consciência Negra, vale a pena priorizar a seguinte lista com temática, realizadores ou protagonistas LGBTs negros:

“Antes do Azul”

DIREÇÃO: Romy Pocztaruk
PAÍS: Brasil (Porto Alegre-RS)
ANO: 2019
DURAÇÃO: 14′

A imaginação de um tempo e lugar que superam o momento atual, nos lançando em direção a um outro futuro pós-tecnológico. Clique aqui para assistir.

“Cigarra”

DIREÇÃO: Matthew Fifer, co-dir. Kieran Mulcare
PAÍS: EUA
ANO: 2020
DURAÇÃO: 94′

Após uma série de encontros mal sucedidos e embaraçosos com mulheres, Ben vai “de volta aos pintos”. O jovem se assume bissexual e desenvolve uma intensa relação com Sam, um homem negro que também está lidando com suas feridas profundas. Enquanto o verão avança e a intimidade entre eles cresce, o passado de Ben arrasta-se para a superfície. Seleção oficial no OutFest e BFI Flare. Clique aqui para assistir.

“Inabitáveis”

DIREÇÃO: Anderson Bardot
PAÍS: Brasil (Vila Velha – ES)
ANO: 2020
DURAÇÃO: 25′

Uma companhia contemporânea de dança está prestes a estrear ”Inabitáveis”, o seu mais novo espetáculo que aborda o tema da homoafetividade negra. Paralelamente aos ensaios, o coreógrafo constrói uma amizade com Pedro, um menino negro que não se identifica como menino. Clique aqui para assistir.

“Inabitável”

DIREÇÃO: Matheus Farias, Enock Carvalho
PAÍS: Brasil (Recife-PE)
ANO: 2020
DURAÇÃO: 20′

O mundo experimenta um fenômeno nunca antes visto. Marilene procura por sua filha Roberta, uma mulher trans que está desaparecida. Enquanto corre contra o tempo, ela descobre uma esperança para o futuro. Clique aqui para assistir.

“Me Falta Tempo Para Celebrar Teus Cabelos”

DIREÇÃO: Caio Almeida, Daniel Zacariotti
PAÍS: Brasil (Samambaia Sul-DF)
ANO: 2020
DURAÇÃO: 19′

Dois casais em novas descobertas de emoções, de toques e esvaziamento de sentimentos. Quando um amor é suficiente? E como esse amor pode ser suficiente? Clique aqui para assistir.

“Morde & Assopra”

DIREÇÃO: Stanley Albano
PAÍS: Brasil (Belo Horizonte – MG)
ANO: 2020
DURAÇÃO: 10′

Depois de meses trancado em casa, fui sorteado em um programa de redução de danos para passar o final de semana em um casarão onde meu avô trabalhou. É que agora a bicha preta, já tão calejada da vida danosa, vai viver seu sonho de virar artista. Clique aqui para assistir.

“O Babado da Toinha”

DIREÇÃO: Sérgio Bloch
PAÍS: Brasil (Rio de Janeiro – RJ)
ANO: 2020
DURAÇÃO: 13′

Que Toinha não é uma baiana qualquer, isso fica evidente para quem a vê atrás do seu tabuleiro. O que muitos nem desconfiam é que é ela mesma quem fabrica o dendê que utiliza no preparo do acarajé que serve. Clique aqui para assistir.

“Papinha de Goiaba”

DIREÇÃO: Tiago Fonseca
PAÍS: Brasil (Rio de Janeiro-RJ)
ANO: 2019
DURAÇÃO: 15′

 Um conto de fadas sobre a homofobia na infância. Clique aqui para assistir.

“Para Onde Voam as Feiticeiras”

DIREÇÃO: Eliane Caffé, Carla Caffé, Beto Amaral
PAÍS: Brasil (SP)
ANO: 2020
DURAÇÃO: 89′

Um grupo de artistas LGTBQIA+ sai às ruas de São Paulo para desconstruir, com talento e humor, todos os conceitos preestabelecidos. A rua torna-se, assim, um território de lutas, onde a convergência de negros, resistências indígenas, diversidades sexuais, ocupação urbana e trabalhadores sem-teto cria uma polifonia singular entre ficção e realidade, que também dá voz aos transeuntes. Clique aqui para assistir.

Divulgação

“Picumã”

DIREÇÃO: Vita Pereira
PAÍS: Brasil (São Paulo – SP)
ANO: 2020
DURAÇÃO: 6′

A partir de fragmentos e reconstrução de sonhos de uma infância transviada, se articulam tecnologias de vida travesti preta pelo cabelo. Clique aqui para assistir. 

“Projeção Queer”

DIREÇÃO: Gabriel Turbiani
PAÍS: Brasil (Florianópolis-SC)
ANO: 2020
DURAÇÃO: 11′

Como projetar os corpos e as vidas das LGBTQIA+ para todos verem na cidade? Clique aqui para assistir.

“Quase Me Fizeram Acreditar Que Eu Não Existia”

DIREÇÃO: Rachel Daniel, co-dir. Arthur Alfaia
PAÍS: Brasil (São Paulo – SP)
ANO: 2020
DURAÇÃO: 6′

Arthur, 26 anos, envia um áudio desabafo à sua amiga Rachel, com seu desejo: ser protagonista e não vítima da realidade. Um filme sobre as dores, sobre viver e morrer, sobre o tempo – que parece escasso – e sobre o corpo. Clique aqui para assistir.

“Sagradas”

DIREÇÃO: Leandro Veneza, Daniela Paixão, Isabella von Haydin
PAÍS: Brasil (São Paulo – SP)
ANO: 2020
DURAÇÃO: 20′

Erika Hilton e Jacqueline Chanel entregaram suas vidas à militância pelos direitos das pessoas trans. Política e religião se misturam para contar a potente história dessas mulheres sagradas. Clique aqui para assistir.

Link para o site do Festival MixBrasil: mixbrasil.org.br

Live com André Fischer

O fundador do Festival MixBrasil, André Fischer, participa da live do GAY BLOG BR nesta sexta-feira, 20 de novembro, às 20h, no Instagram @gayblogbr. Mediada pelo editor Vinícius Yamada, a conversa abordará a história do festival, os destaques da edição atual e os desafios para o próximo ano.

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF está disponibilizando gratuitamente a assinatura PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.