GAY BLOG BR by SCRUFF

This article is also available in: Español

Pela primeira vez em versão online, a 28ª edição do Festival MixBrasil chega ao fim neste final de semana, mais precisamente no domingo, 22 de novembro. Grande parte da programação continua disponível gratuitamente para todo o Brasil – por razões acordadas com os cineastas e produtores, a plataforma não permite IP estrangeiro.

Para esta-sexta, Dia da Consciência Negra, vale a pena priorizar a seguinte lista com temática, realizadores ou protagonistas LGBTs negros:

“Antes do Azul”

DIREÇÃO: Romy Pocztaruk
PAÍS: Brasil (Porto Alegre-RS)
ANO: 2019
DURAÇÃO: 14′

A imaginação de um tempo e lugar que superam o momento atual, nos lançando em direção a um outro futuro pós-tecnológico. Clique aqui para assistir.

“Cigarra”

DIREÇÃO: Matthew Fifer, co-dir. Kieran Mulcare
PAÍS: EUA
ANO: 2020
DURAÇÃO: 94′

Após uma série de encontros mal sucedidos e embaraçosos com mulheres, Ben vai “de volta aos pintos”. O jovem se assume bissexual e desenvolve uma intensa relação com Sam, um homem negro que também está lidando com suas feridas profundas. Enquanto o verão avança e a intimidade entre eles cresce, o passado de Ben arrasta-se para a superfície. Seleção oficial no OutFest e BFI Flare. Clique aqui para assistir.

“Inabitáveis”

DIREÇÃO: Anderson Bardot
PAÍS: Brasil (Vila Velha – ES)
ANO: 2020
DURAÇÃO: 25′

Uma companhia contemporânea de dança está prestes a estrear ”Inabitáveis”, o seu mais novo espetáculo que aborda o tema da homoafetividade negra. Paralelamente aos ensaios, o coreógrafo constrói uma amizade com Pedro, um menino negro que não se identifica como menino. Clique aqui para assistir.

“Inabitável”

DIREÇÃO: Matheus Farias, Enock Carvalho
PAÍS: Brasil (Recife-PE)
ANO: 2020
DURAÇÃO: 20′

O mundo experimenta um fenômeno nunca antes visto. Marilene procura por sua filha Roberta, uma mulher trans que está desaparecida. Enquanto corre contra o tempo, ela descobre uma esperança para o futuro. Clique aqui para assistir.

“Me Falta Tempo Para Celebrar Teus Cabelos”

DIREÇÃO: Caio Almeida, Daniel Zacariotti
PAÍS: Brasil (Samambaia Sul-DF)
ANO: 2020
DURAÇÃO: 19′

Dois casais em novas descobertas de emoções, de toques e esvaziamento de sentimentos. Quando um amor é suficiente? E como esse amor pode ser suficiente? Clique aqui para assistir.

“Morde & Assopra”

DIREÇÃO: Stanley Albano
PAÍS: Brasil (Belo Horizonte – MG)
ANO: 2020
DURAÇÃO: 10′

Depois de meses trancado em casa, fui sorteado em um programa de redução de danos para passar o final de semana em um casarão onde meu avô trabalhou. É que agora a bicha preta, já tão calejada da vida danosa, vai viver seu sonho de virar artista. Clique aqui para assistir.

“O Babado da Toinha”

DIREÇÃO: Sérgio Bloch
PAÍS: Brasil (Rio de Janeiro – RJ)
ANO: 2020
DURAÇÃO: 13′

Que Toinha não é uma baiana qualquer, isso fica evidente para quem a vê atrás do seu tabuleiro. O que muitos nem desconfiam é que é ela mesma quem fabrica o dendê que utiliza no preparo do acarajé que serve. Clique aqui para assistir.

“Papinha de Goiaba”

DIREÇÃO: Tiago Fonseca
PAÍS: Brasil (Rio de Janeiro-RJ)
ANO: 2019
DURAÇÃO: 15′

 Um conto de fadas sobre a homofobia na infância. Clique aqui para assistir.

“Para Onde Voam as Feiticeiras”

DIREÇÃO: Eliane Caffé, Carla Caffé, Beto Amaral
PAÍS: Brasil (SP)
ANO: 2020
DURAÇÃO: 89′

Um grupo de artistas LGTBQIA+ sai às ruas de São Paulo para desconstruir, com talento e humor, todos os conceitos preestabelecidos. A rua torna-se, assim, um território de lutas, onde a convergência de negros, resistências indígenas, diversidades sexuais, ocupação urbana e trabalhadores sem-teto cria uma polifonia singular entre ficção e realidade, que também dá voz aos transeuntes. Clique aqui para assistir.

Divulgação

“Picumã”

DIREÇÃO: Vita Pereira
PAÍS: Brasil (São Paulo – SP)
ANO: 2020
DURAÇÃO: 6′

A partir de fragmentos e reconstrução de sonhos de uma infância transviada, se articulam tecnologias de vida travesti preta pelo cabelo. Clique aqui para assistir. 

“Projeção Queer”

DIREÇÃO: Gabriel Turbiani
PAÍS: Brasil (Florianópolis-SC)
ANO: 2020
DURAÇÃO: 11′

Como projetar os corpos e as vidas das LGBTQIA+ para todos verem na cidade? Clique aqui para assistir.

“Quase Me Fizeram Acreditar Que Eu Não Existia”

DIREÇÃO: Rachel Daniel, co-dir. Arthur Alfaia
PAÍS: Brasil (São Paulo – SP)
ANO: 2020
DURAÇÃO: 6′

Arthur, 26 anos, envia um áudio desabafo à sua amiga Rachel, com seu desejo: ser protagonista e não vítima da realidade. Um filme sobre as dores, sobre viver e morrer, sobre o tempo – que parece escasso – e sobre o corpo. Clique aqui para assistir.

“Sagradas”

DIREÇÃO: Leandro Veneza, Daniela Paixão, Isabella von Haydin
PAÍS: Brasil (São Paulo – SP)
ANO: 2020
DURAÇÃO: 20′

Erika Hilton e Jacqueline Chanel entregaram suas vidas à militância pelos direitos das pessoas trans. Política e religião se misturam para contar a potente história dessas mulheres sagradas. Clique aqui para assistir.

Link para o site do Festival MixBrasil: mixbrasil.org.br

Live com André Fischer

O fundador do Festival MixBrasil, André Fischer, participa da live do GAY BLOG BR nesta sexta-feira, 20 de novembro, às 20h, no Instagram @gayblogbr. Mediada pelo editor Vinícius Yamada, a conversa abordará a história do festival, os destaques da edição atual e os desafios para o próximo ano.




This article is also available in: Español

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.