GAY BLOG BR by SCRUFF

“Alô, alô, graças a Deus”: o bordão é inesquecível, assim como a figura dona da frase. A fama de Inês Brasil (51) surgiu quando um vídeo de inscrição para o Big Brother Brasil 2013 viralizou nas redes sociais, onde trasmitia otimismo, cristianismo, energia, gratidão e sensualidade.

foto
Reprodução: Inês Brasil

Religiosa, Inês Brasil menciona Deus a todo momento sempre como uma forma de agradecimento por tudo que ela já conquistou. Em entrevista, que aconteceu por telefone de madrugada, foi pontuada por várias declarações inusitadas onde conseguia mesclar diferentes assuntos a cada pergunta, esbanjando simpatia e bom-humor.

No ápice do sucesso, você ganhou fama e dinheiro, seu cachê girava em torno de R$12 mil por apresentação. Deu para fazer um bom pé de meia?

Alô, alô graças a Deus, deu sim. Meu sonho realizei, que era dar uma casa para Monique e Júlia. Dei dois terrenos para cada uma delas e, graças a Deus, elas foram adiante com os seus maridos, que construíram a casa delas para os meus três netos morarem e hoje em dia eu sou feliz. Eu tenho a minha casa que o meu ex-marido Chris me deu, tenho um restaurante que por enquanto meu pai não quer me dar, mas é o meu pai, primeiramente, graças a Deus aos nossos pais que criaram a gente, nossos pais do mundo todo, não tem dinheiro que pague. Então, querendo ou não, realizei meu sonho, porque tenho um restaurante de R$ 100mil, tenho essa casa de R$200 e poucos mil, os quatro terrenos das minhas filha, e agora elas têm até mais casas e tudo pra alugar. Graças a Deus, eu agradeço a Deus e a vocês, principalmente ao LGBT, viva ao LGBT, viva ao Criança Esperança, viva ao branco, negro, índio, novos, idosos, animais, plantação e ao mundo todo, quem trabalha Deus ajuda. É nós, manos, uahhhh (Inês dá o grito da pantera ao telefone).

É verdade que você é evangélica?

Graças a Deus sim, mas eu não me considero nem evangélica, porque eu não sigo nenhuma religião, sou filha de Deus e nós todos somos irmãos.

Qual igreja você frequentaria/frequentou no Rio?

Se fosse, assim… de eu ir pelo amor dos meus pais, eu iria para a Assembleia de Deus, porque eu fui criada lá, mas hoje em dia eu iria para a Universal.

E como os membros da igreja te receberam quando você ia aos cultos?

Eu era bem pequenininha, mas foi muito bem, graças a Deus, até hoje. Uma vez eu fui barrada na Alemanha, porque eu estava com o meu ex-marido Chris, francês, e eu entrei muito, muito sexy, quase nua, aí eles falaram que poderia chamar muita atenção de todos os obreiros, e não deixaram entrar. Eu fiquei um pouco pau da vida, mas eu entendi também, vamos também respeitar. Agora, se eu tivesse com a roupa tampada ou eu sendo ex-prostituta, piranha, sapatão, homossexual, hétero, branco, negro, índio, novos e idosos, acho que os filhos de Deus mesmo, dependendo da igreja que for, devem aceitar todo mundo, esse é o Deus verdadeiro, não aquele Deus que deve ter uma igreja pra quem é só LGBT, uma só para os héteros… Eu não sou a favor disso. Cada um faz o que quer, quem sou eu para julgar o próximo, que o amor de Deus aceita todo mundo, quem sabe um dia eu vou ter o prazer de ter um dinheiro e fazer uma igreja onde vai entrar branco, negro, índio, novos, idosos, crianças, animais e vai entrar hétero, bissexual, lésbica, sapatão, gay… todo mundo, que todos sejam bem-vindos em nome de Jesus.

Você trocou toda a sua equipe, inclusive seu empresário, por quê?

Desculpa, mas essa pergunta não dá pra eu responder, porque são muitos empresários, não dá pra responder, mas mesmo se eu soubesse qual é o empresário, desde a hora que eu mudei é porque não deu. Amo eles todos, com todos os erros, com tudo que dizem que muitos deles me roubaram, que eu não vou ficar citando nome, mas graças a Deus, eu estou aqui com o meu novo assessor que nunca desconfiei de nada do Alex (assessor atual). Então, graças a Deus estou muito feliz com a minha nova assessoria, com o Rômulo também, mas tem aquele ditado “não vamos acusar, para não sermos acusados”, eu entrego tudo nas mãos de Deus, até se eu soubesse que eles aprontaram, eu entrego nas mãos de Deus.

foto
Reprodução: Inês Brasil

Você tem planos de voltar a viver na Alemanha?

Não, porque eu amo muito as minhas filhas, minha família e amo vocês também, que são meus fãs, meus irmãos, mas eu amo eles também (alemães), porque eu agradeço meu ex-marido, muitod ex-clientes quando eu era a número um prostituta da Alemanha, em um dos bairros mais milionários de Munique. Eu amo o Brasil e nós somos o mundo, se fosse pelo país, eu voltaria para a Alemanha sim, mas como nós fazemos o mundo e a maior riqueza de Deus é nós seres humanos, principalmente com amor a Deus, ao próximo e a nós próprios. Onde a gente se sente bem a gente fica e aqui estão as minhas duas filhas, meus três netos (2 meninas e 1 menino), meus genros e, graças a Deus, vocês… todos os meus fãs. Eu amo também todos os meus ex-clientes, eles estão no meu coração, quem sabe um dia eu não visito eles, mas pra voltar para o Brasil. Alô alô Brasil, fé em Deus.

O que você está achando do BBB 21?

É né (pausa), quem nunca errou que atire a primeira pedra em nome de Jesus, mas não é por causa disso que as pessoas vão ficar errando sem parar, porque ali dentro não tem menores de 18 anos, são todos maiores de idade, mulheres e homens. São jovens, mas não são nenhuma criancinha. Então não tá bonito, mas é aquilo, ninguém deve fazer justiça com as próprias mãos. Quem errar, que tenha punição e saia, que não seja um jogo pra ganhar quem tá errado, que ganhe quem merecer, e que os votos sejam limpos igual nossos corações do jeito que Deus nos fez, que seja tudo puro como o ventre da nossa mãe. Quando Deus dá o neném e ele nasce, porque nós fizemos amor com o nosso marido, nós nascemos um anjinho de verdade e, assim eu quero que quem ganhe esteja certo para ganhar e não seja comprado, porque aí, né, não é nem um jogo sujo, não dá nem pra falar, melhor entregar na mão de Deus.

Você tem achado o clima no BBB 21 muito pesado? Presenciamos xenofobia, bifobia, etc. O que você acha disso tudo?

Oxiiii (pausa)… gente, cada um tem um sotaque, Deus nos fez seres humanos, brancos, negros e índios, Deus deu inteligência ao homem. O homem vetou o branco, negro e índio, igual eles falam que o dólar é da América, o Real é do Brasil, o Suíço Franco é da Suíça francesa, entendeu? E assim vai gente, na Alemanha já é Euro, e tem hora que muda, mas acima de tudo somos filhos de Deus, de carne e osso e de sangue bom pra viver bem, sangue ruim fica difícil. Só Deus mesmo pra nos livrar da morte e nos ressuscitar, mas tudo é fé em Deus, mas é bom a gente corrigir os nossos erros e todo mundo né, aprender um com o outro, principalmente o amor, ‘tamo junto’. Sobre sotaque, cada um tem o seu, a gente não pediu pra falar o sotaque não, por mais que eu não estudei, mas isso depende do lugar, Brasil é Brasil, todo mundo fala a língua portuguesa do Brasil, só que existe o português de Portugal, mas existe cada tipo de português aqui no Brasil, tem o do carioca, do baiano, do paulista e assim vai. Cada um no seu quadrado, mas somos primeiramente filhos de Deus, mas deixem as pessoas viverem do jeito que a gente gosta, então saí inveja!

foto
Atila Britto: Inês Brasil

Como anda a sua amizade com o Léo Dias?

Não tenho nada contra a ninguém neste mundo, mas assim, foi muito bom conhecer ele, se ele falar comigo eu vou responder. Eu gosto dele, eu amo ele, é uma boa pessoa. Eu conheci ele pessoalmente na FM O Dia, depois com o meu ex-homem, que morei sete meses com o Jeffs, não casamos, mas ficamos juntos. Nunca vi ele me trair e nem eu traí ele, não houve isso da minha parte, mas simplesmente conheci o Leo Dias com o meu ex-parceiro que é o Jeffs, e o que aconteceu? Foi maravilhoso, só que depois ele falava coisas minhas e do Jeffs que eram mentiras, que eu falei que ia casar com o Jeffs, que não iria avisar meus fãs, que só ia ter mil fãs e olhe lá ou menos, mas eu não falei nada disso com ele. Eu pedi pra ele parar de falar essas mentiras e, graças a Deus, depois ele me deixou em paz, tomou um chá de semancol. Que Deus livre ele de todos os males, das drogas, que ele falou que também se drogava, né, eu também me drogava e muitos aí ainda fazem isso, tomara que larguem antes que seja tarde demais. Então ‘tamo junto’, mas se eu vê-lo, vou falar com ele. 

FM O Dia a rádio que irradia, quero que toquem a minha música com o Karsou, que cantou eu e o meu assessor que está aqui comigo agora, o Alex que pediu que eu cantasse, e depois de eu ter falado milhões de “nãos”, eu aceitei. Eu, MC Naninha, Cariúcha e Alex participamos da música e tô aqui dando essa entrevista linda com todo prazer pra vocês, tô muito feliz, amo vocês.

O Léo Dias foi muito bacana, tem hora que vacilou, mas perfeito é Deus, então eu amo a FM O Dia, fiz o vídeo com outros grandes famosos e estou feliz.

E nos dias 17, 18 ou 19 será o lançamento e vamos bombar, pois nós demos tudo de nós nesse clipe, e o próximo é “A Vacina”, que vamos cantar eu e a Cariúcha, produção do Alex com o Rômulo e todo mundo vai participar, e eu amo vocês, obrigada por tudo.

Na época houve um boato que você ia dar uma entrevista para o programa, porém você teria pedido que tocassem a sua música, algo que foi recusado. Isso de fato ocorreu?

Ah, deve ter ocorrido sim, mas deve ter sido a música tipo “Undererê” ou outra, “Make Love” que eu ganhei o Grammy, tem cinco milhões de visualizações, se não tem, tá faltando pouco. Mas já tocaram sim, porque eu já ouvi a música tocar aqui em casa, “Oba Oba Oba”. Agora, essa próxima, tenho fé em Deus que será tocada, só vai dar nós. Se liga na FM O Dia amo, só ‘funkão’ e músicas lindas todos os dias.

foto
Reprodução: Inês Brasil

E o que você tem achado do governo atual?

Jesus do céu, tenha misericórdia, nos livra desse Bolsonaro o mais rápido possível, em nome de Deus, porque do jeito que anda o Brasil e os deboches do Bolsonaro, só Deus na causa. ‘Bora’ orar, brancos, negros e índios, vamos se unir, ninguém precisa fazer nenhum mau contra o Bolsonaro e nem com ninguém, para eles não fazerem com a gente, mas o povo unido jamais será vencido. Esse jeito dele perverso, que eu pensei que depois que ele me parou, né, que eu nem conhecia ele, mas ele me parou, eu pensei em nome de Deus que ele ia me escutar, mas parece que ele ficou pior. Ninguém governa nada sozinho, mas o dinheiro não nos compra, eu prefiro perder milhões, trilhões, mas não vou perder o meu amor que eu tenho a Deus e a você. Então, amor no coração e ao próximo é o melhor de tudo. O amor é vida, porque um dia a gente vai embora, carnal isso é pra todos nós, mas espiritualmente eu tenho fé que os bons vivem rodeando a gente, para nenhum espírito maligno fazer nenhum mau pra nós. Então, coisa ruim no corpo igual ao Bolsonaro tem, tá lotado no mundo, vamos orar por ele, pra esse inimigo dele sair do corpo dele, e se a gente vê que ele não está melhorando, vamos fazer de tudo pra ele sair igual ao ex-presidente da América, o Trump, porque ele saiu antes dos quatro anos. Vamos fazer essa campanha para o Bolsonaro sair em nome de Jesus e botar o Luciano Huck ou o Mandetta. Alô, alô graças a Deus.

Para acompanhar Inês Brasil nas redes sociais:
https://www.instagram.com/inesbrasiltv/
https://twitter.com/InesBrasilTV
https://www.youtube.com/InesBrasilTV

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF (Google Play ou App Store) está disponibilizando gratuitamente a versão PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.