GAY BLOG BR by SCRUFF

Neste ano, o Festival Afromusic realiza sua segunda edição com shows de artistas e bandas pretas que estão alavancando a nova cena independente, além de uma série de entrevistas que irão refletir sobre temas ligados à música e sociedade.

Totalmente gravada no Teatro de Contêiner, no centro de São Paulo, as atrações vão ao ar nos dias 09, 10 e 11 de abril, sempre a partir das 19h, no canal do YouTube Universo Afromusic.

Festival Afromusic começa na sexta-feira, 09, com show de Jup do Bairro
Festival Afromusic começa na sexta-feira, 09, com show de Jup do Bairro – Foto: Sérgio Fernandes

Viajando pelos ritmos tradicionais, contemporâneos e futuristas, Jup do Bairro, Gê de Lima, Izzy Gordon, Renato Gama, Biel Lima e Fabriccio são alguns dos convidados que destacaram repertório autoral em suas próprias linguagens. O grupo Mental Abstrato, por sua vez, realiza um feat inédito com a rapper baiana Mana Bella, que nesta versão funde suas rimas aos beats e células rítmicas consagradas do jazz atual. Já a Banda Nova Malandragem, que celebra o samba-rock clássico em composições instrumentais, convida o ilustre e experiente trompetista Walmir Gil.

Fechando a agenda, Ballet Afro Koteban faz um resgate ancestral com o espetáculo que mescla som e dança a partir de uma pesquisa aprofundada da cultura Malinkê, do oeste da África. E, no ano em que o carnaval foi cancelado em todo o país, em virtude da pandemia de Covid-19, o Bloco Afro Afirmativo Ilu Inã, acostumado às ruas de São Paulo, oferece ao público seu novo “MacumBrass”.

Emparelhado aos shows, compõem a programação 10 pílulas de conteúdo sobre a construção do DNA musical afro-brasileiro. Nomes como o do multiartista Salloma Salomão, da pesquisadora Danielle Almeida, dos cantores e compositores Marina Afares e Aloysio Letra estão confirmados. A Deputada Erica Malunguinho abre o Festival discorrendo sobre o tema que orientou a construção desta edição: “Música tem Cor”.

“Estamos no país mais preto fora da África e é fato que a população preta e originária do Brasil inscreveu expressões vitais em nossa identidade até os dias atuais”, reflete Hever Alvz, idealizador e curador do festival. “O AFROMUSIC #2 é um convite para conhecer um universo que enaltece a música preta brasileira e mostra com quantos tons é feito um encontro que fortalece a herança e a imensa criatividade do povo preto”, complementa.

Totalmente online e gratuita, essa é uma iniciativa para romper com as fronteiras da cidade e brindar o público com a arte que, mais do que nunca, tem sido um alento frente ao conturbado contexto de isolamento social.

Assinando o registro e a montagem audiovisual, Joyce Prado, da Oxalá Filmes. A apresentação é da jornalista Nayara de Deus. A realização fica a cargo do Ministério do Turismo, Secretaria Especial da Cultura e Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa.

Do começo ao fim, o Festival AFROMUSIC #2 é uma expressão fundamental a favor da vida e da cultura da população afro-brasileira.

SERVIÇO

AFROMUSIC #2

Dias 09, 10 e 11 de Abril de 2021, sempre a partir das 19h.

TRANSMISSÃO:

Pelo canal Universo Afromusic – online e gratuito
www.youtube.com/universoafromusic

PROGRAMAÇÃO
1º DIA: 09 de abril, sexta-feira

19h
Pílulas de entrevista: “Música Tem Cor”, com Erica Malunguinho
Show: Izzy Gordon

20h
Pílulas de entrevista: “Música Preta Experimental”, com Felinto
Show: Biel Lima

21h
Show: Jup do Bairro
Pílulas de entrevista: “Pretas Mulheres na Composição”, com Marina Afares

2º DIA: 10 de abril, sábado

19h
Pílulas de entrevista: “Música Afrofuturista”, com Melifona
Show: Fabriccio

20h
Pílulas de entrevista: “América Diaspo-Sonora”, com Danielle Almeida
Show: Renato Gama

21h
Entrevista: “O Rap é mais que compromisso”, com Daniela Vieira
Show: Mental Abstrato feat. Mana Bella

22h
Show: Bloco Afro Afirmativo Ilu Inã apresenta “MacumBrass”
Entrevista: “Carnaval e organização social preta”, com Fernando Alabê

3º DIA: 11 de abril, domingo

19h00
Entrevista: “Tudo é samba”, com Amailton Azevedo
Show: Ballet Afro Koteban

20h00
Entrevista: “Canto ancestral”, com Aloysio Letra
Show: Gê de Lima

21h00
Show: Banda Nova Malandragem convida Walmir Gil
Entrevista: “Sons de Kemet”, com Salloma Salomão

MÍDIAS OFICIAIS:
Instagram: www.instagram.com/universoafromusic
Facebook: www.facebook.com/universoafromusic
YouTube: www.youtube.com/universoafromusic

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF (Google Play ou App Store) está disponibilizando gratuitamente a versão PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.