Bloco do Fuxico comemora 19 anos com 10 horas de festa em São Paulo

O bloco LGBTQ+ traz o tema "Mulheres empoderadas da Banda do Fuxico: Somos a voz da Folia!"

O tradicional bloco carnavalesco LGBTQ+Bloco do Fuxico, que costuma atrair mais de 60 mil pessoas todos os anos no Centro de São Paulo, traz como tema de 2019 “Mulheres empoderadas da Banda do Fuxico: somos a voz da folia”.

fuxico
Foto: reprodução/ObaOba

A saída do bloco é no dia 24 de fevereiro no Largo do Arouche. Às 12h é dada a abertura oficial da Banda e início da atração principal: A feira Multicultural. A festa que passa entre as ruas Rua Doutor Vieira de Carvalho, Praça da República, Rua São Luiz, Rua Xavier de Toledo, Praça Ramos de Azevedo, Teatro Municipal, Largo Paissandu, Avenida São João, Avenida Ipiranga, Igreja da Consolação, Rua da Consolação, Rua Rego Freitas, e finaliza no Largo do Arouche terminando apenas ás 22h.

Foto: divulgação

Artistas confirmados: Danilo Grazzer (Rei do Bloco), Luiza Ambiel (Rainha do Bloco), Valeska Reis (Programa do Faro) – Rainha de Bateria da Banda, Leão Lobo (Padrinho do Bloco), Leonora Aquila (Madrinha Bateria da Banda), Tchaka (Rainha das Festas), Maria Alcina (Madrinha do Bloco da Banda do Fuxico), além de reunir ícones da cena LGBTQ+ como Kaka Di Polly, Michele X, Pina Auyoh, Robitty Moon, Lazy Crazy, Esquadrão das Drags e muito mais.

Entre as atrações estão concursos de fantasias, de corrida com salto alto, arremesso de bolsa e bate cabelo. Além é claro de muita música com diversos DJs e com a cantora oficial do Fuxico, Maria Elétrica. A Feira Multicultural é outra forma de proporcionar cultura e cidadania na Cidade de São Paulo.

Foto: divulgação
Foto: divulgação

A missão da Banda do Fuxico é resgatar os antigos carnavais de rua do Brasil, focando no resgate das marchinhas de carnaval. Também é desenvolvido um trabalho sociocultural artístico em prol de crianças carentes, portadoras de HIV; São distribuídos alimentos não perecíveis para programa de combate ao DST, HIV e AIDS; são promovidas ações beneficentes de contrapartida cultural junto ao Ministério da Cultura, são feitas parcerias com empresas e organizações não governamentais focadas na cultura afrodescendente, combatendo o racismo. Trabalhamos também no combate a homofobia dentro da comunidade LGBTQ+ em todo o Brasil. E por fim, a luta em todos os aspectos para vermos um futuro de igualdade.

Oficialmente a ONG Banda do Fuxico é registrada pela Associação das Bandas Carnavalescas da Cidade de São Paulo (ABASP), e tem parceria com a SPTURIS – São Paulo Turismo e Eventos, e a Prefeitura de São Paulo.

Serviço:

Mulheres empoderadas da Banda do Fuxico:”Somos a voz da folia”
Data: 24 de fevereiro de 2019
Local: Largo do Arouche – Centro – São Paulo
Horário: a partir das 12h
Saída do Trio Eletrico pelas ruas do Centro: 18h

2 COMENTÁRIOS

Comente