15.1 C
São Paulo
quinta-feira, 22 agosto 2019
SCRUFF
linn da quebrada bixa travesty filme

“Bixa Travesty” (2018) | Crítica

Dos premiados diretores Claudia Priscilla e Kiko Goifman, traz a trajetória da cantora transexual Linn da Quebrada e propõe um mergulho na cena musical trans na periferia
super drags

CRÍTICA: ‘Super Drags’

Com tantas semelhanças com histórias já contadas, o que há de novo? Muita coisa.
tinta bruta

Drama gay ‘Tinta Bruta’ é o grande vencedor do Festival do Rio 2018

Tinta Bruta Brasil, 118 min, português, ficção, 2018 estreia 06 de dezembro.
mix brasil o segredo de davi gay

Festival Mix Brasil 2018: programação completa com datas, horários de exibições e trailers

De 15 a 25 de novembro, São Paulo recebe o 26° Festival Mix Brasil de Cultura da Diversidade, maior evento cultural dedicado à diversidade da América Latina e um dos maiores do mundo.

Longas-metragens selecionados para o ‘Panorama Internacional’ do Festival MixBrasil

Outros filmes farão parte da programação das mostras especiais do Festival MixBrasil - e serão anunciados nos próximos dias
"O Segredo de Davi", com Nicolas Prattes Foto: divulgação mix brasil mixbrasil festival

26º Festival Mix Brasil divulga programação 2018

Atrações que envolvem teatro, música, literatura, dança, laboratório audiovisual, conferência e games. A programação inteira é gratuita

Super Drags: Netflix posta ‘shade’ para nota de repúdio de deputado

Pabllo Vittar faz voz e assina a trilha sonora da animação (que é para maiores de 16 anos!). A estreia é prevista para sexta-feira, 09 de novembro

Astro de Grey’s Anatomy assume ser gay após cena de beijo

O ator Jake Borelli, que interpreta o dr. Levi Schmitt em Grey's Anatomy, comemorou a cena em que seu ator beija o dr. Nico Kim, personagem de Alex Landi
super drags terror netflix superdrags

‘Super Drags’ faz curta em homenagem aos clássicos do terror

Série 'Super Drags' não é pra criança, e esse curta especial de halloween MUITO MENOS. Erês saiam da sala! #CredoQueDelícia 👻🎃🍆
Da esquerda para direita: Silvetty Montilla, Paulo Lescault, Wagner Follare, Sérgio Cantú, Pabllo Vittar, Marcelo Pereira, Fernando Mendonça, Anderson Mahanski e Suzy Brasil. créditos: Alexandre Schneider / Netflix

Em evento da Netflix, Pabllo Vittar revela música criada para a série ‘Super Drags’

Super Drags é mais uma adição cheia de poder e orgulho à diversidade de originais brasileiros da Netflix e traz as aventuras de três jovens com uma vida super 'normal'
La Disyuntiva (Argentina, dir. Antonio Zucherino)

Festival MixBrasil divulga curtas-metragens brasileiros e internacionais da edição 2018

O Festival Mix Brasil anuncia os demais curtas-metragens selecionados para as mostras especiais que integram a 26ª edição do festival
Silvero Pereira com Caetano O’Maihlan em "Copa 181". Foto: reprodução

Festival Mix Brasil anuncia os filmes selecionados para o ‘Panorama Brasil’

Outros filmes farão parte da programação das mostras especiais de curtas-metragens do Festival, e serão anunciados nos próximos dias.
Nicolas Prattes em "O Segredo de Davi". Foto: reprodução

Saiu a lista de longas-metragens brasileiros selecionados para o Festival MixBrasil 2018

Outros longas e curtas brasileiros farão parte da programação, a lista completa dos filmes selecionados será anunciada nos próximos dias
festival mixbrasil mix brasil curtas 2018

Festival Mix Brasil anuncia os curtas selecionados para a 26ª edição

26ª edição do Festival acontece entre 15 e 25 de novembro em São Paulo
super drags netflix

Nos EUA, ‘Super Drags’ será dublado por candidatas do RuPaul’s Drag Race

Seja enfrentando clientes suspeitos ou lutando contra o preconceito, elas estão sempre prontas para brilhar e mandar as forças malignas para aquele lugar.

Dakota Johnson poderá estar na sequência de ‘Me Chame Pelo Seu Nome’

Também haverá uma grande mudança: Guadagnino diz que, com certeza, o filme não irá se chamar "Me Chame Pelo Seu Nome 2". 

‘Boy Erased’: longa sobre ‘cura gay’ ganha trailer e pôster com Lucas Hedges

Após estrear na direção com o bom suspense O Presente (2015), Joel Edgerton escolheu o drama Boy Erased como seu segundo projeto.
À esquerda, Jude Law como Dumbledore

Dumbledore não ficará dentro do armário em ‘Animais Fantásticos 2’

Em "Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald", Newt Scamander (Eddie Redmayne) é recrutado para enfrentar o terrível bruxo das trevas Gellert Grindelwald
malhação

Beijo entre rapazes protagonizou o capítulo de hoje em Malhação

O beijo entre rapazes com os personagens Michael (Pedro Vinícius) e Santiago (Giovanni Dopico). A cena foi ao ar na TV Globo nesta quarta-feira (3).
Cena da novela "Orgulho e Paixão" que foi ao ar na quarta, 12 de setembro. Foto: reprodução

Pela primeira vez em 47 anos, Globo exibe beijo gay em novela das 18h...

A cena foi ao ar esta quarta-feira, 12, em “Orgulho e Paixão”. O romance aconteceu entre o casal Luccino (Juliano Laham) e Otávio (Pedro Henrique Müller).
greys anatomy

Grey’s Anatomy terá primeiro cirurgião gay da série

A ABC confirmou a escalação à imprensa norte-americana, mas não revelou em quantos episódios o personagem vai aparecer.
Super Drags. Foto: reprodução

Após polêmica, Netflix rebate críticas à animação ‘Super Drags’

Desenho contará com participação das drags Pabllo Vittar, Silvetty Montilla e do ator Rapha Vélez que se tornam super-heroínas contra as fake news
BOHEMIAN RHAPSODY queen

Fox Film divulga segundo trailer de ‘Bohemian Rhapsody’

Bohemian Rhapsody é uma celebração exuberante do Queen, sua música e seu extraordinário cantor principal Freddie Mercury
Multishow Pabllo Vittar

Pabllo Vittar estreia hoje programa no canal Multishow

"Prazer, Pablo Vittar" estreia nesta terça (1º) às 21h. Dividida em cinco episódios, a série vai falar da infância de sua infância, dos ídolos e da construção de sua carreira artístic
13 reasons why

’13 Reasons Why’ já tem teaser e data de estreia da 2ª temporada

Baseado no livro homônimo de Jay Asher, o seriado narra os efeitos do suicídio de Hannah Baker (Katherine Langford) na escola.
E! abre inscrições para escolha de elenco da segunda temporada de Drag Me As A Queen – Uma Diva Dentro de Mim

E! abre inscrições para escolha de elenco da segunda temporada de Drag Me...

Mulheres interessadas em participar podem se inscrever pelo hotsite do programa

Netflix anuncia data do episódio final de Sense8

Após duas temporadas, os fãs terão um episódio de despedida. O pôster também foi divulgado nesta terça-feira via redes sociais
malhação trans

Após 23 anos no ar, Malhação terá primeira personagem trans

Atriz trans Gabriela Loran interpretará Priscila, amiga de Leandro, que vai levantar questões sobre preconceito: ''abrindo portas para outras pessoas"
Martyr. Foto: reprodução

Destaque no SXSW Film Festival, longa libanês ‘Martyr’ argumenta homoerotismo com Islamismo

O longa "Martyr" é dirigido por Mazen Khaled, um cineasta libanês abertamente gay. Foi recentemente nomeado para o Queer Lion Award no 2017 Venice International Film Festival.
fora do armário HBO ancine

HBO retrata em série documental os desafios após ‘sair do armário’

Em 10 episódios, a série documental apresenta um retrato íntimo de personagens variados após a revelação de suas verdadeiras sexualidades para a família e os amigos
114,296FãsCurtir
35,302SeguidoresSeguir
6,328SeguidoresSeguir
21,809InscritosInscrever
27,1k Seguidores
Seguir
Websérie acompanha a trajetória e revela os desafios de dançarinos de rua brasileiros

Websérie acompanha a trajetória e desafios de dançarinos de rua brasileiros

Red Bull TV estreia Dance Como, série com a história de quatro profissionais que superaram preconceitos e dificuldades em estilos como passinho, breaking, popping e heels dance (dança com salto alto)
Confira a lista de filmes LGBT+ do 30º Festival de Curtas Kinoforum

Confira a lista de filmes LGBT+ do 30º Festival de Curtas Kinoforum

Mais de 30 títulos com temática LGBT+ serão exibidos gratuitamente no Festival Internacional de Curtas-metragens de São Paulo (Curta Kinoforum), que começa nesta quinta-feira, 22

Evento gratuito em SP discute masculinidades em relação à sociedade e ao mercado

Quinta edição do evento sobre os comportamentos masculinos e o mercado acontecerá em três grandes centros culturais da cidade de São Paulo.
Pais que formam uma família por meio da adoção de crianças muitas vezes têm dúvidas em relação aos direitos que o filho adotivo terá a partir da oficialização de todo o processo. Isso inclui, também, questões sobre a obtenção da cidadania italiana caso algum dos pais tenha vínculo com familiares vindos da Itália que imigraram para o Brasil. Especialista em processos de cidadania italiana para brasileiros, o Dr. Domenico Morra, advogado italiano que chefia o departamento jurídico na Itália da RSDV & Avv. Domenico Morra – Cidadania Italiana, afirma que esta é, ainda, uma dúvida frequente de pessoas que o procuram para a dupla cidadania, inclusive casais homoafetivos, tendo em vista que a legislação difere de país para país. “Não são poucos os casais que chegam para iniciar o processo de cidadania italiana com esses questionamentos”, revela o advogado italiano. De acordo com Domenico Morra, a norma brasileira que dispõe sobre os requisitos para a adoção de crianças e adolescentes (Lei nº 13.509/2017) dá ampla segurança jurídica aos pais tanto aqui como na Itália. “Como no Brasil o processo legal de adoção tem como documentação lavrar uma nova certidão de nascimento para os filhos adotivos, transformando os pais adotivos em pais de direito com respaldo na Lei brasileira, então toda a requisição de dupla cidadania também é válida na Itália mediante essa nova certidão”, explica o especialista. Processo de cidadania para filhos adotivos Pouca gente sabe, mas é possível obter a cidadania italiana por meio da adoção. A cidadania italiana por adoção não se baseia no conceito do jus sanguinis, que é o direito de sangue, porque, nesse caso, o filho não é biológico. Existe uma certa burocracia que deve ser superada para o reconhecimento, mas de todo modo, a notícia é boa: é possível fazer. Como ainda existe distinção na lei, é importante dizer que os tribunais italianos têm dado passos significativos para o reconhecimento da adoção por casais homoafetivos. Recentemente, a Suprema Corte di Cassazione decidiu que uma sentença estrangeira de adoção completa por um casal, cujo casamento foi registrado na Itália, pode ser reconhecida. Sendo assim, um casal homoafetivo de cidadãos estrangeiros casado no Brasil e com filho(a) adotivo(a) registrado oficialmente no País pode ter o reconhecimento de sua cidadania italiana, seguindo os trâmites legais. “O sistema jurídico italiano reconhecerá o casamento e a adoção, uma vez que ambos não são atos contrários à ordem pública e que, em qualquer caso, no que diz respeito à adoção, é uma questão de dar status legal a uma relação afetiva agora criada entre a criança e pai social, tendo os melhores interesses da criança como um ponto de referência”, explica Morra. 1) Para menores de idade (no momento da sentença de adoção) Por lei, o processo de adoção precisa ser feito por meio de sentença judicial, ou seja, é necessário que o pedido de adoção seja feito perante a um juiz e ele deve aprovar o processo de adoção por sentença. Sendo assim, para o reconhecimento da cidadania italiana, é necessário que essa sentença que homologou a adoção no Brasil seja também homologada na Itália. Para isso, é necessário entrar com uma ação judicial na Itália. Somente após a homologação na Itália é que o adotado pode dar início ao processo de reconhecimento da cidadania italiana. Vale dizer que, para que seja possível, os pais do adotado já precisam ser italianos reconhecidos, portanto o caminho será esse: após os pais se tornarem italianos, é realizada a homologação da adoção do filho na Itália, para depois haver o reconhecimento do filho como cidadão italiano. DICA: Se os pais não fizerem a cidadania antes da homologação da adoção, a ação será julgada improcedente, ou seja, o requerente perderá tempo e dinheiro. 2) Para maiores de idade (no momento da sentença de adoção) Se a adoção se deu por sentença judicial brasileira quando o adotado já tinha mais de 18 anos, será da mesma forma necessário homologar a sentença na Itália. Há, no entanto, aqui, mais um obstáculo a ser superado: neste caso não há o reconhecimento da cidadania italiana, mas, sim, a naturalização somente após (i) a homologação da sentença e (ii) cinco anos de residência legal na Itália. 3) Adoção sem sentença Foi muito difundido no Brasil, no passado, o registro do filho diretamente no cartório de registro civil pelos pais, como se seu filho biológico fosse. O procedimento era adotado para evitar o longo processo de adoção, visando o bem-estar da criança, mas ainda assim, sob o ponto de vista jurídico, o ato é ilegal. Para esses casos de adoção sem sentença, a menos que o adotado se declare assim em algum momento do processo, o reconhecimento da cidadania pode ser feito como jus sanguinis, sendo possível ser feito administrativamente. Isso porque o registro é idêntico ao de um filho biológico e é praticamente impossível para os consulados e/ou comune identificarem tal fato. No entanto, se em algum momento após o reconhecimento administrativo a autoridade local descobrir que o filho foi reconhecido italiano por meio de fraude (sem sentença judicial), a cidadania na Itália pode ser cancelada e os envolvidos ainda responderem a um processo criminal. Por essa razão, não é recomendável a terceira hipótese de adoção. Processo de cidadania dos pais ou filhos maiores de idade Agora, se nenhum dos pais tiver o reconhecimento da cidadania italiana ou mesmo o filho adotivo já for maior de idade, então terão que passar pelo processo habitual de dupla cidadania. Como explica o Dr. Domenico Morra, atualmente é possível obter a cidadania de três formas: pela Comune (processos por residência) na Itália, onde o processo é administrativo; por meio do Consulado italiano no Brasil; ou pela via da Justiça local, quando individual ou coletivamente é movida uma ação judicial junto ao tribunal em Roma, na Itália. Segundo o advogado italiano, que há cerca de dez anos atua com os processos de reconhecimento a partir do Brasil de brasileiros como cidadãos italianos, a via judicial, hoje, é a que apresenta mais garantias contra as fraudes recém-descobertas pela Justiça italiana. Porém o especialista faz um alerta: “como qualquer ação, o processo estará baseado nos documentos apresentados pelo requerente para a análise do juiz competente, que poderá deferir ou indeferir o pedido”, ressalta. Se a documentação estiver correta e o grau de parentesco for legitimado, o juiz decide de forma favorável. “Quando a ação judicial na Itália for considerada transitada em julgado, ou seja, com decisão final, o brasileiro terá a homologação oficial expedida por um juízo, o que torna o processo irrevogável, conferindo maior segurança do que os outros meios”, esclarece. Para iniciar o processo via Justiça, o requerente deve juntar o máximo de documentos possíveis – certidões de nascimento, de casamento, etc. – do antenato (ascendente) italiano/a da família. “É importante frisar que o governo da Itália não exige um grau mínimo de parentesco entre o requerente brasileiro e o antenato”, explica o especialista. Desta forma, brasileiros que possuem avós, bisavós, tataravós ou outros parentes consanguíneos na “árvore genealógica” reconhecidamente nascidos na Itália estão aptos a serem considerados cidadãos do país. Porém, há alguns casos em que a cidadania não é permitida. “Se o parente vindo da Itália para o Brasil tiver obtido naturalização brasileira antes do nascimento do primeiro filho, automaticamente os requerentes não poderão ser reconhecidos como italianos na linha familiar para fins de dupla cidadania”. Depois da juntada das certidões – do ascendente italiano e dos requerentes –, a documentação é enviada para um advogado na Itália. Como representante legal, ele irá mover a ação judicial no tribunal de Roma, aguardando a apreciação do juiz. De acordo com o Dr. Morra, não existe tempo para a ação ser julgada. “Hoje, em média, os processos enviados do Brasil e abertos na Itália têm levado de 12 a 18 meses para obter a sentença transitada em julgado”, diz. Após a decisão, será necessário esperar de três a quatro meses para que a Comune transcreva a acórdão para homologar o requerente como cidadão italiano. “Pode-se afirmar que o processo todo, da ação judicial ao documento em mãos que permite tirar o passaporte italiano, leva em média, atualmente, de 21 a 24 meses”, finaliza o especialista Dr. Domenico Morra, advogado italiano que chefia o departamento jurídico na Itália da RSDV & Avv. Domenico Morra – Cidadania Italiana.

Filhos adotados por casais gays têm direito à dupla cidadania italiana

A informação é do Dr. Domenico Morra, advogado italiano que chefia o departamento jurídico na Itália da RSDV
Chace Crawford, conhecido por atuar como Nate Archibald em Gossip Girl, teve um grande destaque em novo material promocional da série "The Boys"

Chace Crawford parece estar bastante ~animado~ em campanha de ‘The Boys’

Chace Crawford, conhecido por atuar como Nate Archibald em Gossip Girl, teve um grande destaque em novo material promocional da série "The Boys"
festival mix brasil

Prorrogadas as inscrições para o 27° Festival Mix Brasil

O Festival Mix Brasil é considerado o maior evento cultural com foco em filmes relacionados com a sexualidade em suas diversas formas de expressão
35,3k Seguidores
Seguir