20.9 C
São Paulo
sexta-feira, 23 agosto 2019
SCRUFF
Pais que formam uma família por meio da adoção de crianças muitas vezes têm dúvidas em relação aos direitos que o filho adotivo terá a partir da oficialização de todo o processo. Isso inclui, também, questões sobre a obtenção da cidadania italiana caso algum dos pais tenha vínculo com familiares vindos da Itália que imigraram para o Brasil. Especialista em processos de cidadania italiana para brasileiros, o Dr. Domenico Morra, advogado italiano que chefia o departamento jurídico na Itália da RSDV & Avv. Domenico Morra – Cidadania Italiana, afirma que esta é, ainda, uma dúvida frequente de pessoas que o procuram para a dupla cidadania, inclusive casais homoafetivos, tendo em vista que a legislação difere de país para país. “Não são poucos os casais que chegam para iniciar o processo de cidadania italiana com esses questionamentos”, revela o advogado italiano. De acordo com Domenico Morra, a norma brasileira que dispõe sobre os requisitos para a adoção de crianças e adolescentes (Lei nº 13.509/2017) dá ampla segurança jurídica aos pais tanto aqui como na Itália. “Como no Brasil o processo legal de adoção tem como documentação lavrar uma nova certidão de nascimento para os filhos adotivos, transformando os pais adotivos em pais de direito com respaldo na Lei brasileira, então toda a requisição de dupla cidadania também é válida na Itália mediante essa nova certidão”, explica o especialista. Processo de cidadania para filhos adotivos Pouca gente sabe, mas é possível obter a cidadania italiana por meio da adoção. A cidadania italiana por adoção não se baseia no conceito do jus sanguinis, que é o direito de sangue, porque, nesse caso, o filho não é biológico. Existe uma certa burocracia que deve ser superada para o reconhecimento, mas de todo modo, a notícia é boa: é possível fazer. Como ainda existe distinção na lei, é importante dizer que os tribunais italianos têm dado passos significativos para o reconhecimento da adoção por casais homoafetivos. Recentemente, a Suprema Corte di Cassazione decidiu que uma sentença estrangeira de adoção completa por um casal, cujo casamento foi registrado na Itália, pode ser reconhecida. Sendo assim, um casal homoafetivo de cidadãos estrangeiros casado no Brasil e com filho(a) adotivo(a) registrado oficialmente no País pode ter o reconhecimento de sua cidadania italiana, seguindo os trâmites legais. “O sistema jurídico italiano reconhecerá o casamento e a adoção, uma vez que ambos não são atos contrários à ordem pública e que, em qualquer caso, no que diz respeito à adoção, é uma questão de dar status legal a uma relação afetiva agora criada entre a criança e pai social, tendo os melhores interesses da criança como um ponto de referência”, explica Morra. 1) Para menores de idade (no momento da sentença de adoção) Por lei, o processo de adoção precisa ser feito por meio de sentença judicial, ou seja, é necessário que o pedido de adoção seja feito perante a um juiz e ele deve aprovar o processo de adoção por sentença. Sendo assim, para o reconhecimento da cidadania italiana, é necessário que essa sentença que homologou a adoção no Brasil seja também homologada na Itália. Para isso, é necessário entrar com uma ação judicial na Itália. Somente após a homologação na Itália é que o adotado pode dar início ao processo de reconhecimento da cidadania italiana. Vale dizer que, para que seja possível, os pais do adotado já precisam ser italianos reconhecidos, portanto o caminho será esse: após os pais se tornarem italianos, é realizada a homologação da adoção do filho na Itália, para depois haver o reconhecimento do filho como cidadão italiano. DICA: Se os pais não fizerem a cidadania antes da homologação da adoção, a ação será julgada improcedente, ou seja, o requerente perderá tempo e dinheiro. 2) Para maiores de idade (no momento da sentença de adoção) Se a adoção se deu por sentença judicial brasileira quando o adotado já tinha mais de 18 anos, será da mesma forma necessário homologar a sentença na Itália. Há, no entanto, aqui, mais um obstáculo a ser superado: neste caso não há o reconhecimento da cidadania italiana, mas, sim, a naturalização somente após (i) a homologação da sentença e (ii) cinco anos de residência legal na Itália. 3) Adoção sem sentença Foi muito difundido no Brasil, no passado, o registro do filho diretamente no cartório de registro civil pelos pais, como se seu filho biológico fosse. O procedimento era adotado para evitar o longo processo de adoção, visando o bem-estar da criança, mas ainda assim, sob o ponto de vista jurídico, o ato é ilegal. Para esses casos de adoção sem sentença, a menos que o adotado se declare assim em algum momento do processo, o reconhecimento da cidadania pode ser feito como jus sanguinis, sendo possível ser feito administrativamente. Isso porque o registro é idêntico ao de um filho biológico e é praticamente impossível para os consulados e/ou comune identificarem tal fato. No entanto, se em algum momento após o reconhecimento administrativo a autoridade local descobrir que o filho foi reconhecido italiano por meio de fraude (sem sentença judicial), a cidadania na Itália pode ser cancelada e os envolvidos ainda responderem a um processo criminal. Por essa razão, não é recomendável a terceira hipótese de adoção. Processo de cidadania dos pais ou filhos maiores de idade Agora, se nenhum dos pais tiver o reconhecimento da cidadania italiana ou mesmo o filho adotivo já for maior de idade, então terão que passar pelo processo habitual de dupla cidadania. Como explica o Dr. Domenico Morra, atualmente é possível obter a cidadania de três formas: pela Comune (processos por residência) na Itália, onde o processo é administrativo; por meio do Consulado italiano no Brasil; ou pela via da Justiça local, quando individual ou coletivamente é movida uma ação judicial junto ao tribunal em Roma, na Itália. Segundo o advogado italiano, que há cerca de dez anos atua com os processos de reconhecimento a partir do Brasil de brasileiros como cidadãos italianos, a via judicial, hoje, é a que apresenta mais garantias contra as fraudes recém-descobertas pela Justiça italiana. Porém o especialista faz um alerta: “como qualquer ação, o processo estará baseado nos documentos apresentados pelo requerente para a análise do juiz competente, que poderá deferir ou indeferir o pedido”, ressalta. Se a documentação estiver correta e o grau de parentesco for legitimado, o juiz decide de forma favorável. “Quando a ação judicial na Itália for considerada transitada em julgado, ou seja, com decisão final, o brasileiro terá a homologação oficial expedida por um juízo, o que torna o processo irrevogável, conferindo maior segurança do que os outros meios”, esclarece. Para iniciar o processo via Justiça, o requerente deve juntar o máximo de documentos possíveis – certidões de nascimento, de casamento, etc. – do antenato (ascendente) italiano/a da família. “É importante frisar que o governo da Itália não exige um grau mínimo de parentesco entre o requerente brasileiro e o antenato”, explica o especialista. Desta forma, brasileiros que possuem avós, bisavós, tataravós ou outros parentes consanguíneos na “árvore genealógica” reconhecidamente nascidos na Itália estão aptos a serem considerados cidadãos do país. Porém, há alguns casos em que a cidadania não é permitida. “Se o parente vindo da Itália para o Brasil tiver obtido naturalização brasileira antes do nascimento do primeiro filho, automaticamente os requerentes não poderão ser reconhecidos como italianos na linha familiar para fins de dupla cidadania”. Depois da juntada das certidões – do ascendente italiano e dos requerentes –, a documentação é enviada para um advogado na Itália. Como representante legal, ele irá mover a ação judicial no tribunal de Roma, aguardando a apreciação do juiz. De acordo com o Dr. Morra, não existe tempo para a ação ser julgada. “Hoje, em média, os processos enviados do Brasil e abertos na Itália têm levado de 12 a 18 meses para obter a sentença transitada em julgado”, diz. Após a decisão, será necessário esperar de três a quatro meses para que a Comune transcreva a acórdão para homologar o requerente como cidadão italiano. “Pode-se afirmar que o processo todo, da ação judicial ao documento em mãos que permite tirar o passaporte italiano, leva em média, atualmente, de 21 a 24 meses”, finaliza o especialista Dr. Domenico Morra, advogado italiano que chefia o departamento jurídico na Itália da RSDV & Avv. Domenico Morra – Cidadania Italiana.

Filhos adotados por casais gays têm direito à dupla cidadania italiana

A informação é do Dr. Domenico Morra, advogado italiano que chefia o departamento jurídico na Itália da RSDV
Dia Mundial da Fotografia - Especial Cactos Magazine

Dia Mundial da Fotografia – Especial Cactos Magazine

O Dia Mundial da Fotografia é comemorado anualmente em 19 de agosto. Luiz Meloc, editor da Cactos Magazine disserta sobre o tema
Deputado 'ex-gay' que ofendeu Daniela Mercury indenizará comunidade LGBT+ com 25% de seu salário

Deputado ‘ex-gay’ que ofendeu Daniela Mercury indenizará comunidade LGBT+ com 25% de seu salário

Pastor Manoel Isidório de Santana Júnior, que se declara "ex-homossexual", gravou um vídeo com palavras não muio bíblicas
Um dia após abrir inscrições para o primeiro vestibular voltado a pessoas transexuais no país, a Unilab decidiu cancelá-lo, segundo informou Bolsonaro Foto: Edilson Dantas / Agência O Globo

Ação pede indenização de R$ 1 milhão por vestibular cancelado por Bolsonaro

A ação foi protocolada pelo advogado Paulo Iotti, autor da matéria sobre criminalização da homofobia e transfobia no Supremo Tribunal Federal
Google corrige algoritmos para que pesquisas relacionadas a lésbicas sejam menos pornográficas

Google corrige algoritmos para que pesquisas relacionadas a lésbicas não sejam pornográficas

A partir de agora, nas pesquisas no Google por termos relacionados às lésbicas, páginas como a Wikipédia e outros conteúdos informativos serão priorizadas
Licença parental nas empresas: um caminho para a equidade de gênero

Licença parental nas empresas: um caminho para a equidade de gênero

Cris Kerr, CEO da CKZ Diversidade e idealizadora dos Fórum Mulheres em Destaque e Gestão da Diversidade e Inclusão, disserta sobre o tema
Os termos que os brasileiros mais buscam sobre LGBTQI+

Os termos que os brasileiros mais buscam sobre LGBTQI+

SEMrush aponta que busca por "bandeira LGBT" aumenta ano a ano, especialmente no mês de junho, mês da conscientização e do orgulho
Lei Maria da Penha pode ser aplicada a casais LGBT+?

Lei Maria da Penha pode ser aplicada a casais LGBT+?

Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais (TJMG) divulga nota afirmando que é possível a analogia com a Lei Maria da Penha para casais do mesmo sexo
Next Door Male seropositivos

Ator pornô é demitido de estúdio por estigmatizar seropositivos

Chama-se soropositivo ou seropositivo, a um indivíduo portador de anticorpos no sangue que provem a presença de um agente infeccioso.
Dédalos Cruising bar faz promoção para homens casados

Bar gay de São Paulo faz promoção para homens casados

O cruising bar Dédalos, em São Paulo, está fazendo uma promoção para homens casados que curtem sexo com brothers "no sigilo". Na "Quinta Sem...
Outras 12 mulheres ou bandas formadas por mulheres serão selecionadas para entrarem na casa e gravarem seus singles Inscrições poderão ser feitas online até dia 28 de agosto

Spotify vai selecionar 12 cantoras ou bandas formadas por mulheres para gravarem singles

Inscrições para "Casa de Música Escuta as Minas" do Spotify poderão ser feitas online até dia 28 de agosto
João Vicente tem Instagram invadido; hackers mandam nudes e pedem dinheiro

Hacker invade Instagram de João Vicente de Castro e envia nudes para seguidores

O ator João Vicente de Castro (36) afirmou, neste sábado, que teve sua conta do Instagram invadida por hackers e que, além de fazerem...
beescats

BeesCats chega ao terceiro empate seguido no Metropolitano

Diante do Palestra, time de futebol patrocinado pelo app SCRUFF chega ao terceiro empate seguido no Metropolitano

Participantes do Transcidadania recebem kits profissionais de beleza

O Transcidadania tem como proposta fortalecer as atividades de colocação profissional, reintegração social e resgate da cidadania para pessoas trans
Preconceito preconceitos Foto: reprodução/Revista CULT - Uol

“O preconceito se satisfaz através de equívocos”

Breno Rosostolato, psicólogo, educador e terapeuta sexual, terapeuta de casais e professor da Faculdade Santa Marcelina disserta sobre o tema
A transexualidade é uma perversão?

Como a psicanálise compreende a sexualidade e as questões de gênero

Faces do Sexual, lançamento da Aller Editora, reune artigos de renomados psicanalistas que quebram com a ideia da transexualidade ou da homossexualidade ligadas à perversão
Campanha britânica volta a apoiar iniciativas LGBTI+ no Brasil

Campanha britânica volta a apoiar iniciativas LGBTI+ no Brasil | Love is GREAT

“Love is GREAT” renovou sua marca e estará novamente presente em atividades que promovem os direitos e celebram o orgulho LGBTI+ no Brasil

Programa Transcidadania entrega kits gratuitamente para profissionais da beleza

O Programa Transcidadania fará a entrega, no dia 29, segunda-feira, de 20 kits profissionais para participantes do curso de beleza ministrado nos Centros de...
Testes rápidos de HIV, sífilis e hepatites virais são tema de curso de capacitação oferecido pela USP

USP oferece curso sobre testes rápidos de HIV, sífilis e hepatites virais

Curso da USP feito em parceria com a UNAIDS é voltado para profissionais e estudantes da área de saúde e abordará temas de diagnóstico e prevenção
Escritora relata 7 práticas BDSM que não causam dor

Escritora relata 7 práticas BDSM que não causam dor

Embora a franquia Cinquenta Tons de Cinza tenha escancarado para o mundo as práticas BDSM, ainda existem muitos mitos que envolvem esse universo. Sim, é verdade...
Money Times hiv aids

Johnson & Johnson anuncia testes no Brasil de vacina contra HIV

Johnson & Johnson une forças para avançar com a vacina em investigação global para prevenção da infecção por HIV-1

‘The Sims’ destaca, pela primeira vez, casal de lésbicas na capa do jogo

A EA Games anunciou que o game 'The Sims' terá uma atualização completa, com adições e revisões estéticas no pipeline.
99 Ativação da 99 no carnaval. Foto: reprodução/Mundo do Marketing

App 99 implementa curso de respeito e tolerância a LGBT+ para motoristas

Iniciativa conta com conteúdo presencial e online para conscientização sobre temas como homofobia, assédio e racismo
testosterona

Todo homem precisa saber um pouco mais sobre testosterona

Doutor em Cirurgia (Urologia) pela UNIFESP, Marco Aurélio Lipay comenta sobre a preocupação sobre a necessidade de reposição hormonal
Gênero, raça e sexualidade serão abordados no debate 'Politizando Beyoncé', em SP

Gênero, raça e sexualidade serão temas no debate ‘Politizando Beyoncé’, em SP

"Politizando Beyoncé" abordará gênero, raça e sexualidade no Itaim, em São Paulo. O bate-papo trará uma análise dos trabalhos da cantora com causas feministas...
UNISAL

Projeto do UNISAL trabalha sexualidade e diversidade em atividades multidisciplinares

Para os coordenadores das áreas, na Unidade São Paulo, é preciso que os Centros Universitários proponham novos caminhos para ampliar a segurança de todos
Próstata aumentada de tamanho pode ser câncer?

Próstata aumentada de tamanho pode ser câncer?

Dr. Marco Lipay, especialista em Urologia, dala sobre os fatores que provocam o aumento da próstata e suas consequências para a saúde masculina
Nesta quinta-feira, David Miranda aborda rumos dos direitos LGBT+

Nesta quinta-feira, David Miranda aborda rumos dos direitos LGBT+

O centro de compras será palco de uma programação especial na semana da Parada LGBT de Brasília com bate-papo, pocket show e desfile
Itaú Cultural apresenta 6ª edição de 'Todos os Gêneros: Mostra de Arte e Diversidade'

Itaú Cultural apresenta 6ª edição de ‘Todos os Gêneros: Mostra de Arte e Diversidade’

Neste ano, o envelhecimento do corpo LGBTQ+ é o tema de "Todos os Gêneros: Mostra de Arte e Diversidade", que acontece no Itaú Cultural

Pabllo Vittar é capa da revista 29Horas: ‘sou igual paetê: quando não brilha, corta’

Destaque na capa da edição carioca '29 Horas', Vittar relembra passado marcado por preconceito e celebra o sucesso de sua carreira
114,366FãsCurtir
35,251SeguidoresSeguir
6,324SeguidoresSeguir
21,819InscritosInscrever
27,1k Seguidores
Seguir
Mês da Visibilidade e Orgulho Lésbico terá programação gratuita no Museu da Diversidade Sexual

Orgulho Lésbico ganha programação no Museu da Diversidade Sexual em SP

Programação especial acontece entre os dias 20 e 31 de agosto com a exposição "Devassos no Paraíso: O Brasil mostra sua cara" e performances artísticas nos dias 24 e 25 de agosto
festival mix brasil

Prorrogadas as inscrições para o 27° Festival Mix Brasil

O Festival Mix Brasil é considerado o maior evento cultural com foco em filmes relacionados com a sexualidade em suas diversas formas de expressão
Confira a lista de filmes LGBT+ do 30º Festival de Curtas Kinoforum

Confira a lista de filmes LGBT+ do 30º Festival de Curtas Kinoforum

Mais de 30 títulos com temática LGBT+ serão exibidos gratuitamente no Festival Internacional de Curtas-metragens de São Paulo (Curta Kinoforum), que começa nesta quinta-feira, 22

Evento gratuito em SP discute masculinidades em relação à sociedade e ao mercado

Quinta edição do evento sobre os comportamentos masculinos e o mercado acontecerá em três grandes centros culturais da cidade de São Paulo.
Websérie acompanha a trajetória e revela os desafios de dançarinos de rua brasileiros

Websérie acompanha a trajetória e desafios de dançarinos de rua brasileiros

Red Bull TV estreia Dance Como, série com a história de quatro profissionais que superaram preconceitos e dificuldades em estilos como passinho, breaking, popping e heels dance (dança com salto alto)
Ricardo Piovesan, frontman da TOKKA. Foto: arquivo pessoal

De novembro a janeiro: TOKKA Tropical Tour anuncia datas e cidades

Com apenas dois anos de vida, a Tokka, label de Ricardo Piovesan e da agência Haute, realizará a TOKKA Tropical Tour em várias cidades do país
35,3k Seguidores
Seguir