GAY BLOG BR by SCRUFF

This article is also available in: English Español

A produtora Endemol Shine Brasil desistiu de produzir a versão brasileira de “RuPaul’s Drag Race”, cujos direitos foram comprados em 2017. A empresa confirmou a informação ao colunista Fefito, do UOL. Logo o Brasil, que é um dos países onde o reality show é mais assistido.

A versão nacional da atração vem sendo alvo de especulações desde que foi anunciada. Entre as razões para o fato de não ter sido produzida ainda estão o momento político do país, polarizado quanto a assuntos envolvendo a comunidade LGBTQIA+, e, em consequência disso, a dificuldade de emplacar o projeto em emissoras por aqui, de acordo com o colunista.

Depois de ter sua versão oficial, “All Stars” e com celebridades nos Estados Unidos, “Drag Race” ganhou edições na Inglaterra, no Canadá e na Holanda neste ano. Em 2021, rumores dão conta de que Austrália e França devem sediar suas primeiras temporadas da competição entre drag queens.

RuPaul, criadora da competição televisiva/ NBC news

Na versão Holandesa do programa, uma brasileira fez parte do elenco. Miss Abby OMG participou de todos os episódios e chegou à grande final.

A competição de drag queens vai para a 13ª temporada, nos EUA, onde já ganhou 9 prêmios EMMY, o mais importante da televisão mundial.

O que diz a Endemol

Procurada pela coluna pelo colunista do UOL, a Endemol confirmou que abriu mão dos direitos de “RuPaul’s Drag Race” no Brasil.

“Em Setembro de 2017, conforme noticiado, a Endemol Shine Brasil adquiriu os direitos temporários de comercialização e produção do formato em questão no Brasil. O contrato não está mais vigente há muitos anos”, disse, por meio de nota enviada por sua assessoria de imprensa.

This article is also available in: English Español

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista pela Universidade Federal de MS, foi repórter de economia e hoje, além de colaborar para o Gay Blog Br, é servidor público em Joinville (SC). Escreveu ''A Supremacia do Abandono'', livro disponível em amazon.com.br.