A trajetória emocional e sexual percorrida por dois homens que vivem experiências de amor, dependência e amizade, é o enredo de “Deixe a Luz Acesa” (Keep The Lights On), de Ira Sachs.

No filme o documentarista Erik e o enrustido advogado Paul se conhecem casualmente em Nova Iorque. O que a princípio poderia ser apenas um encontro sexual fortuito, torna-se um relacionamento sério. Quer individualmente, quer como casal, Erik e Paul vivem intensamente todo tipo de riscos – compulsivamente e incitados pelas drogas e pelo sexo. Numa relação de quase uma década, marcada por altos e baixos e por padrões disfuncionais, Erik procura negociar os seus limites, enquanto busca a sua verdade.

A Zeta Filmes está disponibilizando o longa em streaming até 06 de maio. Para assistir, basta entrar neste link e digitar a senha zetanaquarentena.

Ficha técnica

Deixe a luz acesa (Keep The Lights On)

Direção: Ira Sachs
Elenco: Thure Lindhardt (Erik), Zachary Booth (Paul), Julianne Nicholson (Claire), Paprika Steen (Karen), Souleymane Sy Savane (Alassane)
Roteiro: Ira Sachs e Mauricio Zacharias
Produção: Marie Therese Guirgis, Lucas Joaquin, Ira Sachs
Diretor de Fotografia: Thimios Bakatakis
Edição: Affonso Gonçalves
Música: Arthur Russell
Título Original: Keep the Lights On
Duração: 102 min.
Ano: 2012
Classificação indicativa: 18 anos

Sobre o Diretor

Ira Sachs é roteirista, diretor e mora em Nova Iorque. Entre suas obras estão: Married Life (2007), The Delta (1997) e Forty Shades of Blue, vencedor do Grande Prêmio do Júri do Festival de Cinema de Sundance de 2005. Seu trabalho mais recente intitulado Last Address — curta-metragem homenageando um grupo de artistas nova-iorquinos que morreram de AIDS — foi adicionado às coleções permanentes do Whitney Museum of American Art e do MoMA e apresentado na Bienal de Veneza de 2011. Sachs é professor de cinema do departamento de graduação da Universidade de Nova Iorque e membro da MacDowell Colony e da Yaddo. Além disso, é fundador e cocurador da Queer/Art/Film, série mensal realizada no IFC Center em Nova Iorque, e do Queer/Art/Mentorship, programa que oferece apoio às pessoas que trabalham com a arte queer naquela cidade.

FESTIVAIS

2012

Sundance 2012 (Seleção Competitiva)
Berlinale (recebeu o Teddy Award)
Outfest (Grande Prêmio do Júri)
London Film Festival
Vancouver International Film Festival
Chicago International Film Festival
Seattle International Film Festival
Tribeca Festival
Melbourne International Film Festival
Toronto International Film Festival
Recebeu quatro indicações para o Independent Spirit Awards: Melhor Filme, Melhor Diretor (Ira Sachs), Melhor Ator (Thure Lindhardt) e Melhor Roteiro Original (Ira Sachs e Mauricio Zacharias)

Também disponível na NetflixNET NOW e GVT On Demand.