Com uma agenda intensa de compromissos ao lado de Alok para divulgação da música “Pray“, o cantor inglês Conor Maynard desembarcou no Brasil no último sábado (2), mas decidiu antecipar o retorno para Inglaterra após sofrer uma tentativa de assalto no dia 3 de fevereiro.

Conor Maynard alok
Alok e Conor Maynard. Foto: divulgação

Hoje (5), Conor rompeu o silêncio e relatou em suas redes sociais, com detalhes, os momentos de desespero que passou na famosa Rua Oscar Freire em São Paulo, onde teve o vidro do taxi quebrado, mas conseguiu fugir.

O assunto repercutiu na imprensa internacional e chamou a atenção para a questão da violência no país.

“Foi Aterrorizante. Conor Maynard tem arma apontada para a cabeça em tentativa de assalto em Uber no Brasil”, diz a manchete do “The Sun”.

“Conor Maynard revela que teve arma apontada em sua cabeça em uma tentativa aterrorizante de roubo no Brasil, e que temeu por sua vida”, estampou o Daily Mail, um dos mais importantes veículos de comunicação da Inglaterra.

Já o Mirror UK publicou: ‘Conor Maynard teve arma apontada na cabeça no Brasil durante assalto aterrorizante”.

“Meu manager e eu pegamos um Uber para voltarmos ao hotel quando o motorista parou em um sinal vermelho. Nós estávamos sentados no banco de trás quando fomos abordados por um motociclista que começou a bater no vidro apontando a arma. Ele continuou batendo e conseguiu quebrar a janela e abrir um buraco. Nunca estive tão perto de uma arma. Com o susto, o bandido acabou indo embora e conseguimos fugir”, descreveu Conor nos vídeos postados.

Apesar disso, Conor Maynard fez questão de enfatizar que o fato ocorrido não distorceu sua visão sobre o Brasil. “As pessoas me perguntam se eu odeio o país, mas nunca basearia minha opinião com base em um incidente. O pouco tempo que estive lá foi maravilhoso e eu ficaria feliz em voltar para fazer outro show”, publicou o cantor em suas redes sociais.

DJ Alok está em férias, mas quem está curtindo é a gente <3

Google Notícias