GAY BLOG BR by SCRUFF

Um dos astros da série “Riverdale”, o ator KJ Apa declarou seu gosto pelo reality “RuPaul’s Drag Race”. Em entrevista à revista britânica New Musical Express (NME), ele disse que sente uma conexão profunda com seu lado feminino. Em seu perfil no Tik Tok, KJ publica vídeos de seu alter ego, a quem deu o nome de Fifi, e disse que participaria da competição de drag queens comandada por RuPaul Charles.

(Foto: Reprodução)

“Adoro assistir a RuPaul e disse aos meus agentes que quero estar nesse programa”, contou o ator. Ele complementa: “Mas, ao mesmo  tempo, RuPaul’s Drag Race e os personagens dessa série, eles são reais, são os mais autênticos. Não acho que teria permissão para participar dessa série porque não é algo real”.

Apesar de acreditar que não seria possível competir no reality, KJ disse que se sente bem em compartilhar a existência de Fifi. “Mas por que eu compartilhei Fifi com o mundo? Porque não é algo que eu sinto que preciso esconder. Estou orgulhoso de Fifi. Eu realmente gosto disso”, afirmou o ator.

À revista britânica, ele ainda explicou porque nunca havia falado sobre esse alter ego feminino antes. “Ninguém me perguntou sobre a Fifi antes, mas ela vive dentro de mim há muito tempo. Eu literalmente conheço e baguncei essa personagem desde que eu tinha oito, nove, 10 anos de idade”, revelou. Segundo o artista, Fifi permite que ele expresse seu lado feminino através do movimento e de seu corpo.

(Foto: Reprodução)

A competição de drag queens pelo mundo

RuPaul’s Drag Race, série da VH1 e produzida pela World Of Wonder, já foi vencedora do prêmio Emmy diversas vezes. Neste ano, RuPaul se tornou o artista negro com o maior número de troféus na história da premiação. Produtor executivo e apresentador da atração desde 2009, ao todo, ele recebeu 11 estatuetas em diferentes categorias.

Apesar do reality existir há mais de 10 anos, Drag Race começou a ganhar versões em outros países há pouco tempo. Além do “RuPaul’s Drag Race: All Stars”, onde as drag queens americanas retornam para uma segunda chance, a franquia já coroou drag queens vencedoras da competição nas versões da Tailândia, Reino Unido, Canadá, Holanda, Down Under (Austrália e Nova Zelândia) e Espanha. Este ano ainda estreia a versão italiana e no ano que vem o reality também chega às Filipinas.

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista gaúcho formado na Universidade Franciscana (UFN) e Especialista em Estudos de Gênero pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

1 COMENTÁRIO