GAY BLOG BR by SCRUFF

A canadense Quinn será a primeira pessoa transgênero a conquistar uma medalha nas Olimpíadas, podendo ser de prata ou de ouro dependendo da posição que ocupar durante a final do futebol feminino contra a Suécia no dia 5 de agosto. As informações são do UOL.

Essa é a primeira vez que uma pessoa abertamente trans e não binária conquistará uma medalha nos Jogos Olímpicos. A atleta em si já tinha conquistado uma medalha de bronze nas Olimpíadas de 2016, mas antes de se identificar como uma pessoa trans.

Quando chegou as Olimpíadas, já como uma pessoa trans, ela fez um extenso texto em seu Instagram agradecendo a oportunidade.

“Primeira pessoa trans a competir. Eu não sei como você se sente. Eu me sinto orgulhosa de ver ‘Quinn’ na escalação e no meu credenciamento. Eu me sinto triste por saber que houve atletas olímpicos antes de mim incapazes de viver sua verdade por causa do mundo. Eu me sinto otimista para mudar. Mudanças na legislatura, mudanças na regra, nas estruturas e na mentalidade. Principalmente, eu me sinto ciente das realidades. Meninas trans sendo proibidas de praticar esportes. Mulheres trans enfrentando discriminação e preconceito enquanto tentam realizar seus sonhos olímpicos. A luta ainda não acabou … e vou comemorar quando estivermos todos aqui”, escreveu ela.

A canadense também conta como sente representando os LGBTQIA+: “Eu estou recebendo mensagens de jovens dizendo que nunca viram uma pessoa trans no esporte. O esporte é a parte mais emocionante da vida. Se eu posso permitir que as crianças pratiquem os esportes que amam, esse é o meu legado e é por isso que estou aqui”, completou.

Vale lembrar que outra mulher trans, Laurel Hubbard, estreou recentemente nos jogos Olímpicos na categoria de levantamento de peso feminino. No entanto, a atleta de 43 anos errou os três arrancos e acabou terminando em último lugar na colocação geral.

Canadense será a primeira trans a receber uma medalha nos Jogos Olímpicos
Reprodução

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"