Duas baladas LGBT de Campo Grande retornarão às atividades essa semana, sendo elas a Daza e a Non, localizadas no Centro e no bairro Amambaí, respectivamente. Ambas procurando respeitar todos os protocolos da Organização Mundial de Saúde.

GAY BLOG BR by SCRUFF

A Daza anunciou que abrirá em formato de lounge, com mesas bistrô espalhadas pela pista de dança e 50% da capacidade total permitida. Além disso, haverá distribuição de álcool em gel e os cardápios de balcão foram substituídos pelo QR Code. Sua abertura será na próxima quinta-feira, dia 5 de novembro.

A Non abrirá as portas no próximo dia 21 de novembro com a capacidade reduzida, mas sem outras informações quanto as práticas que serão adotadas para a segurança do público.

Com informações de Campo Grande News

Baladas LGBT reabrem em Campo Grande
Reprodução

“LuLu”, formato de evento pós-coronavírus da Festa Lunática, estreia em 10 de outubro

Em São Paulo também começaram as reaberturas das baladas seguindo os protocolos da OMS. A Lulu, irmã mais nova da Festa Lunática está dentro dos protocolos de segurança oficiais: capacidade reduzida, medição de temperatura, distanciamento entre as mesas, atendimento sentado, obrigatoriedade de máscaras e higienização.

O evento é sempre no mesmo lugar onde as festas costumavam acontecer, no Fabrique (Barra Funda) e a casa deve funcionar com 15% da capacidade total, sendo a pista ocupada por mesas e cadeiras com o distanciamento de dois metros. Não haverá pista de dança e as mesas podem comportar duas, quatro, cinco ou seis lugares, com a reserva feita mediante o pagamento de 50%. Os clientes deverão ficar o tempo todo sentados em suas respectivas mesas e devem usar máscaras para ir ao banheiro ou fumar.

“Temos sistema de exaustão e ar condicionado por toda a casa. Não haverá pista de dança, pois não é o momento pra isso. Os clientes deverão ficar o tempo todo sentados nas mesas e toda vez que forem ao banheiro ou fumar, deverão estar de máscara. Na porta, mediremos a temperatura de todes e teremos higienização e pontos com álcool gel espalhados pela casa. Essa foi a configuração que encontramos para retomar a nossa atividade trazendo segurança para nossos clientes e colaboradores. E podem ter certeza, tudo será feito com a maior responsabilidade e comprometimento possíveis. Contamos com vocês, para que essa retomada seja cheia de amor, brilho e esperança por dias melhores.”

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF está disponibilizando gratuitamente a assinatura PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".