O concurso carioca destinado às drag queens de todos os estilos e tempo de carreira, DragStar, chegará  a fase semifinal de sua terceira temporada no próximo dia 13 de novembro, no Teatro Rival Petrobrás, perto da estação Cinelândia, no Rio de Janeiro.

Escolhendo as quatro drag queens finalistas, elas irão disputar a grande final em dezembro e somente uma será condecorada como “Drag da Cidade: Rainha do Rival“.

O concurso é inspirado em reality shows famosos como The Voice e XFactor, mas procurando a drag queen mais completa do Rio de Janeiro.

O show é comandado por Miami Pink e Ravena Creole, enquanto o time de jurados tem Andreia Andrews, Chloe Van Damme, Palloma Maremoto e Samara Rios. As madrinhas das selecionadas cumprem o papel de mentoras das candidatas ao título.

DRAG QUEEN – UM POUCO DE HISTÓRIA

Flyer do Drag Star

A palavra “drag queen” é contestada por historiadores, mas sabe-se que o primeiro registro da palavra “drag” para se referir a homens vestidos com roupas ditas femininas veio de 1870. A palavra significa “Dressed Resembling A Girl” (Vestido Semelhante a uma Menina).

Já a palavra “queen” acredita-se que seja derivada da antiga palavra “quean”, que significa mulher (e não rainha, como veio a ser posteriormente).

Atualmente, um dos reality shows mais populares a retratar o universo das drag queens é o norte-americano RuPaul´s Drag Race, chegando a ganhar o prêmio Emmy em 2016 para a categoria “apresentador excepcional de um reality show”.

Serviço:

Teatro Rival Petrobrás – Rua Álvaro Alvim 33/37 – Cinelândia
Dia: 13 de novembro (Quarta-Feira)
Horário: 19h30
Abertura da casa: 18h
Ingresso: R$ 40,00 (inteira) ou R$ 20 (lista amiga)
Venda antecipada: Eventim 
Bilheteria: Terça a Quinta das 13h às 21
Sábados e Feriados das 16h às 22h
Censura: 18 anos
Informações: (21) 2240-9796

*Meia entrada: Estudante, Idosos, Professores da Rede Pública, Funcionários da Petrobras, Clientes com Cartão Petrobras e Assinantes O Globo

Nos EUA, ‘Super Drags’ será dublado por candidatas do RuPaul’s Drag Race

Google Notícias
Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".