Baile de Carnaval do Bloco Tome Conta de Mim rola este sábado no Rio de Janeiro

A edição pré-carnaval traz o axé da Bahia para o centro do Rio de Janeiro, no Largo do Boi Tolo

Edição de março de 2017. Foto: Felipe Pilotto

O convite para o Baile do Carnaval do Bloco Tome Conta de Mim, que acontece este sábado (23), no Centro do Rio de Janeiro, veio através de um manifesto. O texto é uma paródia bem humorada de Baile dos Enforcados, de Arthur Rimbaud:

Na força negra, amável Veveta
Dançam, dançam os animadinhos,
Os mais saidinhos balançam a rabeta,
Movem os esqueletos nos balancinhos.

Compadre Saulo puxa pela sonata
Sem abadá, que à avenida faz negra micareta,
E açoitando-os na cara a golpes de cabelo rasta,
Fá-los dançar ao som de velhas cançonetas!

Enlaçam-se na dança os braços e as Danielas,
Órgãos negros ao vento, os seus furos expondo,
Esses peitos que outrora abraçaram donzelas
Se embatem lentamente em seu amor hediondo.

Já não gasta sandália o duro calcanhar!
O abadá pago para o cordão a maioria arranca;
O resto vê-se muito bem no empipocar.
Sobre as calvas, a serpentina voa feito asa-branca;

Serve o corpo de pluma e à lantejoula se entrega;
De etnias diferentes toda carne sempre é farta.
Dir-se-iam, a voltear em pagode baiano e tecnobrega,
Foliões, hirtos, carregando estandartes até quarta.

Hurra! o vento a assoviar no baile dos axezeiros!
A negra força urge – é um férreo órgão de grito!
Bloqueiros respondem, longe, bem festeiros:
Eeeeeeee, faraó, pirâmide, a base do Egito…

Vamos lá, balançai meus membros escaldantes
Que desfilam, pintados, com símbolos geométricos
Um manifesto de Olodum nas vértebras hiantes:
Não estais tímido, ó corpo, és parte de trios-elétricos!

Nessa dança malandra, eis que então, repentino,
Um pote de glitter salta aos céus em alvoroço
Brilhando (de modo sustentável), feito suor escorrido;
E, sentindo inda as colares afros no pescoço,

Levanta seus bracinhos sobre a cabeça e se solta
Com letras que são decoradas e risadas,
E assim como o folião que ao bloco volta,
Chacolha-se no baile ao canto das ossanhas.

Na força negra, no negro lado da força,
Dançam, dançam os meus contatinhos,
O meu beijo que na sua boca se esforça,
E tu, tu tome conta de mim!

axé, estandarte musical do bloco, continuará presente nesta edição e será acompanhado com os instrumentistas Marcelo Cebukin, Tatyane Meyer e Santiago Galdino com ganzás, xequerês, saxs e timbales. As pick-ups são assumidas pelo residente DJ Douglas Silva (SP).

bloco tome conta de mim baile

SERVIÇO
BAILE DE CARNAVAL | BLOCO TOME CONTA DE MIM
Sábado, 23 de fevereiro às 18h
Largo do Boi Tolo – Rua do Mercado, 23 – Centro
Rio de Janeiro, RJ
Entrada franca
MAIS INFOS: http://bit.ly/baile2019

O BLOCO

O Bloco, que teve sua estreia no final de 2016, foi fundado por Vinicius Yamada, Vermelho, Rodrigo Jacques, Mercedes Cordeiro, Leandro Melo, Chico Filho & Akhaê  e vem ganhando público fiel e elogios pelas redes sociais. “A gente quer mesmo é que as pessoas se divirtam decentemente, nos preocupamos com todos os detalhes, desde a solicitação de alvará pela prefeitura e até a contratação de banheiro químico e limpeza da praça”, comenta Akhaê, fundador do bloco.