GAY BLOG BR by SCRUFF

O DJ que é referência de uma geração, Mauro Borges, morreu nesta sexta-feira, aos 56 anos, vítima de pneumonia, segundo o site Glamurama. Responsáveis pela cena clubber paulistana dos anos 90, foi crush de quase todo o mundo comandando as pick ups da Nation e do clube Massivo. Mauro chegou até a posar nu para a extinta revista G Magazine.

ntemente URL https://i0.wp.com/gay.blog.br/wp-content/uploads/2018/08/mauro-borges.jpg?resize=696%2C426&ssl=1 Título mauro borges Legenda DJ Mauro Borges. Foto: reprodução
DJ Mauro Borges. Foto: reprodução
Cover boy da extinta revista G Magazine
Cover boy da extinta revista G Magazine

Com mais de 30 anos de carreira, Borges se transformou em ícone do movimento LGBT (na época conhecido como GLS), também ficou conhecido pelo projeto Que Fim Levou o Robin?, vanguardista ao trazer a sonoridade techno ao grande público brasileito, mesclando letras divertidas, batidas eletrônicas e muita atitude fashion. O grupo, formado no Rio em 1990 por Mauro Borges (voz) e Renato Lopes (bases e samplers), lançou apenas um disco “Aqui Não Tem Chanel”, pela gravadora Warner, que não alcançou grandes vendas. Na época, o duo chegou a fazer aparições em vários programas de televisão.

A informação da morte foi confirmada pela boate Bubu, onde ele era DJ residente de uma das festas por cinco anos, a “Veeem Dançar”.

Uma última despedida: Mauro Borges será velado do cemitério Flamboyant, em Campinas, hoje a partir das 22h.

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.