GAY BLOG BR by SCRUFF

Importante figura da cultura e da política nacional, Erica Malunguinho foi escolhida como patronesse de turma de formandos em Administração Pública da FGV (Fundação Getúlio Vargas), uma das mais renomadas instituições de ensino superior do país. A cerimônia aconteceu no dia 17/8, em evento online. A escolha da Erica para o encargo teve base na concepção que os alunos do curso têm sobre a profissão que escolheram. 

“Sinto-me honrada em ter sido escolhida pelos alunes, sobretudos por ter sido apontada como referência na atuação legislativa e de fomento de políticas públicas de ampliação direitos para a população negra, LGBTQIA+, povos tradicionais e outras populações vulneráveis. A ocupação destes espaços, diante do retrocesso histórico quanto à inclusão racial e social, deve ser sempre celebrado como novo passo de ampliação de cidadania e promoção de igualdade”, disse.

O evento ainda contou com Silvio de Almeida, enquanto patrono, e teve falas do diretor da faculdade, Prof. Luiz Artur Ledur Brito, seguido do coordenador do curso da graduação de Administração Pública, Prof. Marco Antônio Carvalho Teixeira.

Erica Malunguinho é patronesse em formatura de Administração Pública da FGV
Reprodução

Erica Malunguinho é a primeira trans a figurar na lista de afros mais influentes em lista divulgada pela Forbes

A deputada estadual Erica Malunguinho (PSOL) é a primeira mulher trans na lista das 100 pessoas negras mais influentes do mundo em 2020 na área de política e governança pelo MIPAD, sigla em inglês para “Most Influential People of African Descent” (Mais Influentes Afrodescendentes, em tradução livre) que é endossada pela ONU e foi divulgada pela Forbes. A informação foi publicada no site oficial da revista de negócios e economia no último dia 7 de outubro.

“Impossível me furtar a registrar que sou a primeira mulher trans reconhecida por essa iniciativa, não por vaidade ou disputa, mas para demarcar um ponto que situa morosidades, atrasos, limites…” – disse Malunguinho em seu Twitter.

O MIPAD identifica, desde 2017, os nomes mais importantes do empreendedorismo sob o comando dos negros, assim como personalidades relevantes para o desenvolvimento, justiça e reconhecimento da África e de seu povo dividido em quatro categorias: Política & Governança, Negócios & Empreendedorismo, Mídia & Cultura e Humanitarismo & Ativismo. O Brasil é o país com o maior número de negros fora do continente africano, com 118,9 milhões de pessoas.

Dentre os brasileiros que já apareceram na lista em anos anteriores estão Kondzilla, Adriana Barbosa, Neymar, Taís Araújo, Lázaro Ramos, Rene Silva, Lisiane Lemos, Danilo Lima, Paulo Rogério e Nina Silva. Já este ano, além de Malunguinho, há a cantora IZA, Leo Santana, a bailarina Ingrid Silva, o jornalista Renan Souza e diversos outros.

Join our community of 15+ million guys

Find guys looking for the same thing with SCRUFF Match. Volunteer to be a SCRUFF Venture Ambassador to help out guys visiting your home city. Search an up-to-date agenda of the top parties, prides, festivals and events. Upgrade your game with SCRUFF Pro and unlock 30+ advanced features. Download SCRUFF here.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"