Exército da Suécia lança campanha para enaltecer a comunidade LGBT+

As Forças Armadas Suecas fizeram uma série de eventos para as celebrações EuroPride do país: "sempre defendemos seu direito de viver"

Esta semana, a Försvarsmakten (Forças Armadas Suecas) se manifestou através das redes sociais para apoiar a celebração EuroPride, que acontece em Estocolmo e Gotemburgo.

Os posts das mídias sociais das Forças Armadas, que há muito já celebram a inclusão LGBT, compartilharam uma imagem de dois soldados com um arco-íris sob o slogan: We don’t always march straight. Ao pé da letra, significaria algo como “Nós nem sempre marchamos reto”, mas que na verdade é um trocadilho onde a palavra “straight” faz referência à heterossexualidade. A legenda diz: “Não importa quando ou onde marcharmos, sempre defendemos seu direito de viver da maneira que você quiser com quem você quiser.”

suécia forças armadas exército
Reprodução/Twitter

As Forças Armadas planejaram uma série de eventos para as celebrações antes da marcha em Gotemburgo, incluindo uma performance da banda militar sueca e uma exibição de paraquedistas carregando bandeiras de arco-íris.

(Forças Armadas Suecas/Reprodução)

Em seu anúncio da série de eventos, as Forças Armadas argumentaram: “Defendemos os valores que temos a tarefa de defender. As Forças Armadas Suecas são um local de trabalho inclusivo, onde vemos a diversidade das pessoas como uma força. Estamos orgulhosos dos participantes da Pride desde a virada do milênio porque é importante que tomemos uma posição e mostremos que defenderemos o valor igual de todas as pessoas – independentemente de sua orientação sexual, identidade de gênero ou expressão de gênero.”

(Forças Armadas Suecas/Reprodução)

A publicação acrescentou: “Nós praticamos para o que sabemos ser necessário hoje, planejamos o que sabemos que será necessário amanhã e nos adaptamos aos desenvolvimentos que não podemos prever. Defendemos a Suécia, os interesses do país, nossas liberdades e o direito de viver como quisermos. Aqui e agora, estamos identificando e impedindo a violação desses direitos em terra, no ar, no mar e on-line. Porque nosso trabalho é defender todas as liberdades e direitos que desfrutamos – na Suécia aberta que esperamos ”.

 (Forças Armadas Suecas/Reprodução)
(Forças Armadas Suecas/Reprodução)

Com informações de PinkNews.

Comente