GAY BLOG BR by SCRUFF

A mulher trans Juju Oliveira, que ficou conhecida pelo apelido de Fofão, descobriu através de exames que o produto injetado em seu rosto não foi silicone industrial, mas sim óleo mineral, sendo a razão pela qual ela ficou deformada. A revelação foi feita por ela durante uma live do Instagram. As informações são do Extra.

“Eu paguei por silicone industrial. O rosto ficou muito diferente. Hoje fui buscar o exame e descobri que não se trata do silicone. Eu fui três vezes na pessoa que aplicou e olha o que colocaram no meu rosto: óleo mineral. E o que é o óleo mineral? Laxante para cagar! Eu fiz a primeira bombação, não vi resultado. Fiz três vezes. Encheram a minha cara de laxante. No primeiro ano ficou muito bom, e depois não parou de aumentar, deformar”, contou Juju.

Juju Oliveira disse que vai denunciar a pessoa que aplicou o produto em seu rosto. “Essa pessoa que fez isso, se estiver me ouvindo, essa pessoa cometeu um crime. Está certo que escolhi métodos errados por falta de dinheiro, mas fizeram uma maldade para deformar meu rosto. Está em todo o rosto. Foi muita maldade. Estava lá com meu rosto bonitinho. E aí me jogam um óleo na cara. Nem sei se dá pra tirar”.

Juju Oliveira descobre que o produto injetado em seu rosto não era silicone industrial
Reprodução / Instagram

Em abril, ela postou um vídeo no Instagram afirmando que doou R$ 20 mil arrecadados em uma vaquinha virtual para caridade porque não conseguiu juntar os R$ 45 mil da cirurgia para remover o produto de seu rosto. No entanto, ela divulgou seus dados bancários para quem quiser continuar ajudando-a.

“Hoje é um dia que eu estou muito triste. Sabendo que eu não vou me operar, que eu vou continuar com o rosto assim, toda torta. E que as pessoas vão continuar mexendo comigo. Decidi não me operar mais, porque eu fiz a vaquinha, e todo esse tempo, fiquei pedindo, e o máximo que eu consegui foi R$ 20 mil. Eu ia usar esse dinheiro para a minha vida, poderia devolver, mas como foi uma doação, eu doei para uma instituição”, disse na época.

Juju Oliveira tem 30 anos e realizou o procedimento em 2017 numa clínica clandestina.

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF possui mais de 15 milhões de usuários no mundo todo. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os LGBTs que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. Baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"