Marina Lima é a homenageada com o prêmio ‘Ícone Mix Brasil’ na edição 2019

Após Gus Van Sant e João Nery homenageados nas duas primeiras edições do prêmio, a cantora Marina Lima recebe o Ícone Mix em 2019 no Festival Mix Brasil de Cultura da Diversidade.

No ano em que seu primeiro álbum Simples Como Fogo completa 40 anos, Marina Lima é também tema do documentário Uma Garota Chamada Marina. O longa-metragem faz parte da Mostra Competitiva Brasil do 27º Festival MixBrasil.

Foto: reprodução/ Festival MixBrasil

Uma Garota Chamada Marina

Através dos olhos do diretor Candé Salles, é documentada as motivações de sua trajetória, vida pessoal e carreira.

DATA E LOCAL DE EXIBIÇÃO:
16 de novembro | Sábado – 19h30 @ Cinesesc
19 de novembro | Terça – 15h @ Cine Olido

DIREÇÃO: Candé Salles
PAÍS: Brasil (RJ)
ANO: 2019
DURAÇÃO: 71′

Elenco/Cast: Marina Lima, Antônio Cícero, Isay Weinfeld, Fernando Muniz, Cao Albuquerque, Vanda Jacintho, Cris Biatto, Letrux
Roteiro/Screenplay: Candé Salles, Marina Lima
Fotografia/Cinematography: Andre Hawk, Daniel Lima, Davi Costa, Rafael Vella
Montagem/Editing: Guilherme Schumann
Som/Sound: Casa de Som, Bruno Polo
Produção/Production: Leticia Monte, Lula Buarque de Hollanda

SINOPSE: A vida e a obra de Marina Lima – uma mulher à frente do seu tempo e uma artista que, em mais de 40 anos de carreira, canta os anseios de várias gerações – em um documentário realizado a partir de um vasto material que acompanha a trajetória da artista, suas escolhas e mudanças, bastidores de shows, referências, parcerias, processo criativo e detalhes da sua vida.

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA: 12 anos

Marina
Marina e Candé Salles. Foto: reprodução

Filmografia de Candé Salles:

2017 João de Deus – O Silêncio é uma Prece
2014 Para Sempre Teu, Caio F.
2015 Paulinho da Viola (curta)
2013 Casas Brancas (curta)
2012 Alma Carioca (curta)