7 perguntas sobre o ~corpo sensual~ do Mateus Carrilho

Mateus Carrilho, que faz feat no clipe "Corpo Sensual" com Pabllo Vittar, é integrante da Banda Uó e respondeu algumas perguntas sobre sexualidade

Da viagem que fez com Davi Sabbag a Pirenópolis (GO) que originou a banda Folk Heart até o clipe “Corpo Sensual”, com Pabllo Vittar, foram apenas sete anos. Neste meio tempo todos conhecemos o bigodinho ~sensual~ do Mateus Carrilho nos vocais da Banda Uó.

Mateus Carrilho (foto: reprodução Instagram)

No último clipe, o feat “Corpo Sensual”, Mateus e Vittar interpretam um casal que vive uma paixão tórrida, mexendo com o imaginário popular em cima da cama e do capô de um carro. O Ministério da Saúde fez uma parceria inédita e a camisinha distribuída no Sistema Único de Saúde (SUS) que apareceu no vídeo reacendeu o debate da educação sexual.

Mateus Carrilho, 2016 (foto: Levelcult)

– Como foi descobrir a sua sexualidade? Qual foi a parte mais difícil de aceitação?

Desde muito cedo eu notei que existia uma diferença entre mim e o restante dos garotos. Nos esportes, atividades gerais, atração sexual. Eu lembro q me apaixonava por quase todos meus coleguinhas. (risos) A parte mais difícil foi na adolescência, quando algumas cobranças começam e a sociedade te empurra para aquele estilo de vida padrão. Eu morava no interior, não tinha internet, então era complicado não ter uma referência para de alguma forma me dar a segurança de que aquilo era normal e que tudo ficaria bem.

– Você cresceu com informações suficientes sobre a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis? 

Cresci com aquele aprendizado de escola. Lembro de uma aula que eles ensinavam a colocar camisinha no cabo de um rodo. (risos) Mas a conversa em casa era vazia, não existia diálogo sobre sexo, uma discussão real e aberta. Na minha cabeça doenças sexuais eram uma espécie de lenda.

 – O que você pensa sobre as pessoas que comentaram “por que camisinha, se a Pabllo não engravida” no clipe de “Corpo Sensual”?

Eu acho preocupante, eu sai da escola tem algum tempo, e pelo jeito o método de ensino sexual continua ineficaz. Acho que é necessário uma discussão que faça os jovens entenderem que os riscos são graves e reais. Uma discussão aberta sobre o HIV, as pessoas ainda tem muito preconceito com a doença e os soropositivos.

– O que o Mateus de agora diria para o Mateus virgem?

Vai com calma, você não precisa provar nada a ninguém e MUITO JUÍZO! 

– A sensualidade de um corpo pode se expressar de várias maneiras. Quais são as que mais te conquistam?

Eu gosto de um sorriso grande, olhos q me olhem como se eu fosse a única coisa do mundo e tenho tara por panturrilhas. (risos)

 – Qual o próximo passo da sua carreira?


Eu sou um artista q tem sede de novidade, então algo novo está por vir. É a única coisa que eu posso adiantar. 

 – Estado civil?
Namorando.
Com essa última pergunta encerramos a entrevista pra não pegar mal. :)
 …

Agradecimentos: Felipe Cepeda