GAY BLOG BR by SCRUFF

Shirlei Moura (PSB), de 55 anos, é candidata a deputada estadual de São Paulo. Lésbica, moradora da capital paulista, ela é atriz, escritora e há 18 anos trabalha na área da educação.

Em 2020, Shirlei disputou o cargo de vereadora pelo PSB em São Paulo. Entre suas pautas, ela atua no combate a LGBTfobia, racismo e feminicídio e esses foram os fatores que a levaram a entrar para a política.

Entre suas propostas, Shirlei diz que irá combater a LGBTfobia através de campanhas no rádio e TV nos horários nobres e pautar o cumprimento de leis existentes que beneficiam a população. A candidata falou com o Gay Blog BR para o especial “Eleições 2022“.

Shirlei Moura, candidata a deputada estadual pelo PSB de SP (Foto: Reprodução/ Twitter)

Confira na íntegra a entrevista com Shirlei Moura

GAY BLOG BR: Qual a sua formação e trajetória profissional?

Shirlei Moura: Ensino médio; superior incompleto; me formei em 2012 no Teatro Escola Macunaima de Teatro. Sou escritora, já lancei três livros, sendo só com a temática LGBTQIA+.

GB: O que motivou a se candidatar?

Shirlei: Pela luta dos pequenos grupos de teatro da qual faço parte – não temos  patrocínio. Mulher negra, combate ao racismo e o feminicídio e o combate a LGBTFOBIA – muitas leis existentes, mas na pratica, a execução delas praticamente são inexistentes.

GB: Quais os desafios enfrentados ao ser uma candidatura abertamente LGBTQ+?

Shirlei: Com certeza falta de apoio. A LGBTfobia é muito forte neste ambiente machista branco que é a nossa politica partidária. Os partidos políticos são muito fechados ainda  mesmo que de forma sutil.

GB: Quais são as suas principais propostas? Há pautas exclusivamente para LGBTQ+?

Shirlei: Primeiro de tudo, o combate a LGBTfobia através de campanhas no rádio e TV nos horários nobres. Segundo, o cumprimento de verdade das leis existentes, que muitos de nós LGBTs desconhecemos. Terceiro, a contratação por meio de cotas para nós LGBTs.

GB: Quais medidas você acredita serem necessárias para combater a LGBTfobia?

Shirlei: Campanhas publicitárias, incentivo dos governos estadual e municipal a projetos culturais LGBTs; apoiar ONGs que desenvolvem trabalhos com LGBTs em situação de vulnerabilidade; criação de uma lei mais rígida.

GB: O que você pensa sobre o uso e políticas da PrEP?

Shirlei: Penso que seja bom, pois tudo que vem para ajudar/cuidar do outro, ao meu ver, é bem-vinda. Mas não posso deixar de pensar na questão do esclarecimento, na explicação. Pois não é só tomar o remédio, mas também cuidar de si mesmo. Orientação e divulgação juntas é o melhor trabalho ao meu ver.

GB: Como você avalia o governo de Bolsonaro?

Shirlei: Não gostaria nem de opinar sobre. Mas ao meu ver  representa tudo de ruim que existe na politica partidária Brasileira.

Confira a lista de candidaturas LGBTQIA+ de 2022 neste link.

Lista de candidatos LGBTQ+ nas eleições 2022 | Deputados, Senadores, Governadores




Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista gaúcho formado na Universidade Franciscana (UFN) e Especialista em Estudos de Gênero pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)