Ora hóstia, ora biscoito: conheça o padre crossfiteiro

Sua conta no Instagram possui diversas fotos de seu corpo fitness tatuado legendadas com versos bíblicos.

Oskar Arngarden, um padre luterano sueco de 35 anos, anda fazendo sucesso nas redes sociais com treinos de CrossFit. Sua conta no Instagram já possui mais de 158 mil seguidores e conta diversas fotos de seu corpo fitness tatuado legendadas com versos bíblicos. Segundo ele, não existe conflito entre as duas práticas:

“Estamos entrelaçados por corpo, alma e espírito, e se uma parte se sente mal, ela se espalha sobre as outras. Portanto, me envolver em atividade física não significa que as outras partes de mim como pessoa e crente possam ser deixadas de lado”, revela em uma entrevista ao The New York Post.

Oskar concilia suas atividades como sacerdote e fisiculturista (Foto: Hot Gaming)
Oskar concilia suas atividades como sacerdote e fisiculturista (Foto: Hot Gaming)

O padre inclusive diz que as pessoas precisam se conscientizar de que os exercícios são, de fato, muito importante.

“Fazemos um grande desserviço se acreditamos que a atividade física está errada (a menos que exagere, é claro) Por isso, não negligencie seu corpo, mas cuide dele. Pois o corpo é uma criação de Deus que recebemos como presente. Onde honramos e agradecemos a Ele com todo o nosso povo, e não apenas com partes individuais. Então exercite-se e faça-o com alegria!”, diz.

Ainda na mesma entrevista, ele também comenta sobre como gerencia seu tempo com ambas as vocações:

“As vezes me perguntam como eu organizo meu tempo com os treinamentos e a religião, e se a malhação não toma um tempo de coisas’ mais importantes’. mas de alguma forma acredito que o próprio treino me dá mais tempo para minha religiosidade. Me dá resistência e força para estudar mais e dar o meu melhor no trabalho como um sacerdote. Acho um erro que vejam ambos como oponentes. Pelo contrário: ambos se complementam (…) não dá só um resultado positivo no corpo, mas também na vida comum. E isso é um fato biológico”

E ele finaliza dizendo que sua grande dica para os fiéis da igreja: “se você quiser ter mais energia para ler a bíblia, treine mais”.