GAY BLOG BR by SCRUFF

O músico norte-americano Liberace não era tão conhecido pelo público brasileiro, mas nos Estados Unidos era um grande sucesso. O figurino extravagante lembra uma mistura de Cauby Peixoto com Clóvis Bornay, abusando das cores e extravagância. No entanto, só nesse quesito que os três se parecem.

Liberace - crédito: reprodução
Liberace – Reprodução
foto
MJ e Liberace – crédito: reprodução

Além de ser um pianista consagrado, Liberace era ator e cantor, ou seja, um “showman”. Foram cinco décadas de carreira de sucesso, poder, dinheiro e fama, embora o auge tenha sido entre os anos 1950 e 1970. Durante sua carreira, Liberace ganhou dois prêmios Emmy e cinco discos de ouro.

foto
Liberace – crédito: reprodução

Por ser um dos artistas mais bem pagos do mundo de sua época, seu estilo de vida era bem luxuoso, colecionando os mais cariados e caros itens, como mobiliário antigo, automóveis e pianos, sendo que um deles pertencia ao compositor clássico Chopin.

foto
Liberace e Thorson – crédito: reprodução

No início dos anos de 1950, Liberace ganhou um programa semanal de TV e os comentários sobre sua homossexualidade começaram a surgir, com diversos jornalistas apontando sua orientação sexual. Ainda que não abertamente gay, rumores apontavam que sua vida sexual era agitada e que ele era “dono de um apetite sexual voraz”.

Liberace - crédito: reprodução
Liberace – crédito: reprodução

Outro ponto importante é que ele era muito apegado a mãe, e a morte dela em 1980 deixou o artista muito entristecido. Seu irmão também veio a óbito três anos depois, vítima de leucemia. Já Liberace faleceu em 1987, aos 67 anos devido a complicações provocados pela AIDS.

A vida íntima de Liberace no cinema

“Behind the Candelabra” aborda a vida de Liberace, que preservou na medida do possível, a sua sexualidade até a morte. Considerado “gay demais” pelos estúdios de Hollywood, o filme foi comprado pela HBO e exibido na TV, recebendo críticas bastante positivas.

foto
Michael Douglas e Matt Damon – crédito: reprodução

A produção é baseada no livro de Scott Thorson, um jovem que viveu um relacionamento conturbado durante cinco anos com o excêntrico pianista. A obra revela como Thorson conheceu o veterano artista décadas mais velho que ele, que encantado pelo rapaz, logo o convidou para morar em uma de suas mansões, desfrutando de uma vida repleta de luxos.

foto
Liberace e Thorson – crédito: reprodução

No entanto, o filme não mostra o amante como um alpinista social. Behind the Candelabra (2013) expõe um personagem humanizado que se assusta com o comportamento incomum de Liberace que chega ao ponto de querer que seu namorado faça cirurgias plásticas para que ficasse parecido com ele.

foto
Douglas e Damon – crédito: reprodução

O filme conta com atuações de Michael Douglas como Liberace e Matt Damon como Thorson – e claro que a nudez da dupla de protagonistas pontua algumas cenas do filme. Na época do lançamento, Douglas comentou que quando era criança foi à casa de Liberace com seu pai, o também ator Kirk Douglas.

Assista ao trailer:

Uma das mansões de Liberace, em Vegas, está disponível para receber festas de casamento e visitas guiadas: theliberacemansion.com

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF possui mais de 15 milhões de usuários no mundo todo. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os LGBTs que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. Baixe o app SCRUFF diretamente deste link.