This article is also available in: English

GAY BLOG BR by SCRUFF

O documentário “Bixa Travesty” não recebeu patrocínio da Petrobras, diferente do que disse o presidente da estatal, Roberto Castello Branco, na última quinta-feira, dia 17 de setembro, quando chamou o filme de sofrível.

Castello Branco disse que “não iriam mais patrocinar filmes de qualidade mais que sofrível, como ‘Bixa Travesty’ e ‘Lasanha Assassina'”. O diretor do longa  estrelado por Linn da Quebrada, Kiko Goifman, fez duras críticas ao presidente da Petrobras.

“Estou me sentindo perseguido. Com certeza absoluta, o senhor Castello Branco não viu o filme. Ele pegou pelo título, ‘Bixa Travesty’, para insultar o nosso filme, que mostra a história de uma pessoa que sofreu a vida toda e que tem uma força imensa. Vamos entrar na Justiça” — afirma o diretor Kiko Goifman. — “Esses caras não podem achar que podem pegar a metralhadora do ódio deles e apontar para todo lado. Agora faremos questão de levar o filme para o maior número de pessoas possível. Não vamos ficar calados.”

Petrobrás chama "Bixa Travesty" de "sofrível"; filme levou calote da estatal
Reprodução

O “Bixa Travesty” recebeu verbas do Fundo Setorial do Audiovisual, da Agência Nacional de Cinema (Ancine) e do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo-Sul. A informação foi confirmada não só por Kiko, mas também Claudia Priscilla, que também dirigiu o longa. Depois de pronto, a Petrobras patrocinou o Festival de Cinema de Brasília de 2018, onde o filme ganhou como melhor documentário pela escolha do público e deveria receber um prêmio de R$ 200 mil que seriam usados em distribuição em cinemas. Só que no ano seguinte, a estatal comunicou que não iria mais entregar o dinheiro prometido aos filmes premiados no Festival e em outras duas mostras. Segundo Priscilla, só metade do valor foi pago.

“Não cabe ao presidente da Petrobras citar o filme nessa situação. ‘Bixa Travesty’ não foi produzido com recursos da Petrobras. Além de um insulto, é uma apropriação indevida. Quando a gente ganhou o prêmio popular de Brasília, o filme obviamente já estava pronto” — critica Claudia.

Bixa Travesty” foi indicado a mais de 20 prêmios e recebeu troféus importantes no mundo inteiro. Aqui no Brasil, Linn da Quebrada e Jup do Bairro ganharam o POC AWARDS 2019.

Até o momento dessa postagem, a Petrobras não se manifestou sobre o assunto.

Com informações do Yahoo.

View this post on Instagram

Assista BIXA TRAVESTY

A post shared by Bixa Travesty (@bixatravestyofilme) on

This article is also available in: English

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF está disponibilizando gratuitamente a assinatura PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".