Dumbledore não ficará dentro do armário em ‘Animais Fantásticos 2’

Em "Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald", Newt Scamander (Eddie Redmayne) é recrutado para enfrentar o terrível bruxo das trevas Gellert Grindelwald

David Yates, diretor de Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald, confirmou que o professor de Hogwarts Alvo Dumbledore não será um personagem declaradamente gay no cinema, mas também não vai esconder que o personagem de Jude Law é homossexual.

À esquerda, Jude Law como Dumbledore
À esquerda, Jude Law como Dumbledore. À direita, Johnny Depp

“Acho que todos os fãs já sabem disso. Dumbledore teve um relacionamento bastante intenso com o Grindelwald quando eles eram jovens. Eles se apaixonaram pelas ideias e pela ideologia um do outro”, afirma o diretor. “Dumbledore é um professor rebelde e inspirador em Hogwarts e, ao lado de Grindelwald, eles fazem um incrível par”, pondera o diretor.

Jude Law in Fantastic Beasts: The Crimes of Grindelwald (2018)

Em entrevista a Empire Magazine, o diretor diz que “esta parte da história que J.K. Rowling está criando não se concentra na sexualidade dele, mas não estamos disfarçando ou escondendo isso”. A história [do relacionamento romântico] não está lá, neste filme em particular, mas está claro no que você vê que ele é gay.

Yates acrescentou que algumas cenas que filmaram são momentos muito sensuais dele e do jovem Grindelwald. O jovem Grindelwald será interpretado por Jamie Campbell Bower, enquanto Dumbledore mais novo será vivido por Toby Regbo. Os dois atores também fizeram os papéis dos bruxos em um livro de memórias mostradas em Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1. Ou seja, nada de cenas quentes entre Johnny Depp e Jude Law, mas sim de suas versões jovens.

Olar, Dumbledore!
Olar, Dumbledore!