Festival Mix Brasil faz seleção para Dia da Consciência Negra

Nesta quarta-feira, 20, a programação do Festival Mix Brasil celebra o Dia da Consciência Negra em São Paulo com a exibição de filmes de protagonismo negro. Entre os curtas está o programa NEGRITUDE LGBTQI+, que será exibido às 15h no Cine Olido:

A felicidade delas consciência negra
Frame de “A felicidade delas”

A Felicidade Delas, de Carol Rodrigues
SINOPSE: Duas meninas fogem juntas da polícia depois de uma marcha de mulheres. Apesar da violência, buscam uma forma de viver o seu desejo.

Beat É Protesto! O Funk Pela Ótica Feminina
Fram de “Beat É Protesto! O Funk Pela Ótica Feminina”

Beat É Protesto! O Funk Pela Ótica Feminina, de Mayara Efe
SINOPSE: Documentário que retrata a cena underground das mulheres no funk na última década em São Paulo.

Frame de “Bonde”

Bonde, de Asaph Luccas
SINOPSE: Três jovens negros da favela de Heliópolis saem em busca de refúgio na vida noturna LGBT+ do centro da cidade.

consciência negra
Frame “Perifericu”

Perifericu, de Nay Mendl, Rosa Caldeira, Stheffany Fernanda, Vita Pereira
SINOPSE: Dizem que sonhar é a certeza de que você tá viva. Essa anda sendo minha maior preocupação.

E os longas:

SINOPSE: Documentário que se propõe a discutir a diversidade de gênero, classe e raça dentro da comunidade LGBTQI+ na cidade de São Paulo. Seus personagens percorrem a metrópole ao mesmo tempo que narram suas vidas, seus sonhos e afetos. A versatilidade de São Paulo em sua graça e desgraça é pano de fundo das lembranças e do dia a dia de pessoas que vivenciam o cenário periférico da cidade. A cada fala muitos poderão se reconhecer e abraçar os momentos narrados como uma lembrança, outros, refletir sobre as responsabilidades na construção de nossa sociedade.

FABULOUS, de Audrey Jean-Baptiste

SINOPSE: Lasseindra Ninja é uma dançarina transgênera profissional e reconhecida na cena francesa do Vogue. Depois de construir uma carreira nos bailes de Nova Iorque, França e Brasil, entre muitos outros palcos, ela volta para sua terra natal para apresentar o Vogue à Guiana Francesa. Por meio de sua oficina, vemos um pouco do surgimento desse estilo de dança e seu impacto no empoderamento de uma comunidade LGBTQI+ em consolidação. Um vislumbre de autoliberação e liberdade de expressão através do corpo. Seleção oficial do Frameline, Outfest e InsideOut.

Confira a programação completa do dia 20 de novembro no Festival Mix Brasil neste link.