Representatividade e diversidade são destaques no 45º Festival Sesc Melhores Filmes; confira os selecionados

Tinta Bruta, A Star is Born, Roma, Bohemian Rhapsody, Pantera Negra, O Processo, Visages Villages, O Segredo de Davi estão entre os selecionados

Em sua 45° edição, o festival de cinema mais antigo da cidade de São Paulo exibirá filmes escolhidos como os melhores, do ano de 2018, pelo público e pela crítica.

Até 01º de maio serão exibidos os vencedores nas categorias melhor filme, documentário, ator, atriz, direção, roteiro e fotografia nas unidades da capital paulistana: Cinesesc (Rua Augusta), Belenzinho, Campo Limpo, Interlagos, Santana e Parque Dom Pedro II.

De 01 de maio a 08 de junho, uma seleção de filmes terá itinerância em cidades do interior e Grande São Paulo, nas Unidades do Sesc Birigui, Registro, Guarulhos, Catanduva, Santo André e Bertioga.

Confira os selecionados:

festival sesc
Daniel Oliveira em “Aos Teus Olhos”

Aos Teus Olhos
Dir: Carolina Jabor , Brasil, 2017, 90 min, 16 anos

Querido por todos, Rubens e um professor de natação que dá aulas para pré-adolescentes em um clube. Ele enfrenta problemas quando um de seus alunos, Alex, diz a mãe que o professor lhe deu um beijo na boca no vestiário. Alegando inocência, Rubens e acusado pelos pais da criança e passa a ter que lidar com um verdadeiro linchamento virtual, que tem inicio através de mensagens de WhatsApp e explode de vez quando chega ao Facebook. Vencedor de quatro prêmios no Festival do Rio, incluindo melhor filme pelo júri popular e melhor ator.

Dia 18/4, quinta, às 14h
Dia 22/4, segunda, às 21h
Sala de exibição
Não recomendado para menores de 16 anos
Ingresso – R$12,00 / R$6,00 / R$3,50


Em Chamas
Dir: Lee Chang-dong, Coreia do Sul, 2018, 148 min, 16 anos

Durante um dia normal de trabalho como entregador, Jong-soo reencontra Hae-mi, uma antiga amiga que vivia no mesmo bairro que ele. A jovem está com uma viagem marcada para o exterior e pede para Jong-soo cuidar de seu gato enquanto está longe. Hae-mi volta para casa na companhia de Ben, um jovem misterioso que conheceu na África. Um estranho triangulo amoroso começa a se formar entre eles. Até Ben conta para Jong-soo sobre o seu mais estranho passatempo. Baseado no conto “Queimar celeiros”, do escritor japonês Haruki Murakami, o filme foi exibido na Competição Oficial do Festival de Cannes, onde ganhou o prêmio da crítica.

Dia 18/4, quinta, às 16h
Sala de exibição
Não recomendado para menores de 16 anos
Ingresso – R$12,00 / R$6,00 / R$3,50


Ran
Dir: Akira Kurosawa, Japão, França, 1986, 162 min, 14 anos

Em Ran se combinam a historia do Japão, a trama de Shakespeare e a visão do mestre da lealdade. Situado no Japão do século XVI, o líder Ancião lorde hidetora, anuncia a sua intenção de repartir as suas terras em partes Iguais entre os seus três filhos. Esta decisão de se aposentar gera uma luta de poder entre os três. Quando hidetora é vítima das falsas adulações dos dois filhos mais velhos, e desterra o mais novo, quando este revela a verdade. A traição transtorna hidetora, destruindo a sua família e o seu reino. Um fiel reflexo dos sentimentos humanos a as brilhantes interpretações fazem de Ran, um dos filmes aclamados de todos os tempos.

Dia 18/4, quinta, às 22h
Sala de exibição
Não recomendado para menores de 16 anos
Ingresso – R$12,00 / R$6,00 / R$3,50


Visages Villages
Dir: Agnès Varda e JR , França, 2017, 84 min, 12 anos

Agnes Varda e JR tem coisas em comum: sua paixão por imagens e, mais particularmente, o questionamento sobre os lugares onde elas são mostradas e a maneira como são compartilhadas e expostas. Agnes escolheu o cinema. JR escolheu criar galerias fotográficas ao ar livre. Quando os dois se conheceram, em 2015, imediatamente quiseram trabalhar juntos -fazer um filme na Franca, longe das cidades. Em encontros aleatórios ou planos pré-concebidos, eles partem em direção a outras pessoas e as convidam a segui-los em sua viagem no caminhão fotográfico de JR. Exibido no Festival de Cannes e indicado ao Oscar de melhor documentário.

Dia 19/4, sexta, às 14h
Sala de exibição
Não recomendado para menores de 12 anos
Ingresso – R$12,00 / R$6,00 / R$3,50


O Processo
Dir: Maria Augusta Ramos, Brasil/Alemanha/Holanda, 2018, 139 min, livre

Em cerca de 450 horas de material filmado e meses de trabalho, Maria Augusta Ramos acompanhou todo o processo que culminou no impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Com acesso único a equipe responsável por sua defesa, filmou reuniões e discussões a portas fechadas com a presença do advogado Jose Eduardo Cardozo e dos senadores e assessores da liderança do PT e da minoria no Senado. Circulando por corredores do Congresso Nacional, testemunhou bastidores nunca mostrados em noticiários de cadeia nacional. Exibido na mostra Panorama do Festival de Berlim, onde ganhou o prêmio de melhor documentário.

Dias 19/4, sexta, às 16h
Sala de exibição
Livre
Ingresso – R$12,00 / R$6,00 / R$3,50


Arábia
Dir: Affonso Uchoa e Joao Dumans, Brasil, 2017, 97 min, 16 anos

André e um adolescente de Ouro Preto, Minas Gerais, que vive perto de uma fábrica de alumínio. Cristiano trabalha nessa fábrica e, após sofrer um acidente de trabalho, deixa para trás um diário com as suas memorias, que é descoberto por André. O menino passa então a acompanhar a pacata epopeia de Cristiano em busca de emprego pelo Brasil, uma viagem humanista que revela o despertar da sua consciência política. Exibido nos festivais de Roterdã e Brasília, onde ganhou quatro prêmios, incluindo melhor filme e ator (de Sousa).

Dia 19/4, sexta, às 19h
Sala de exibição
Não recomendado para menores de 16 anos
Ingresso – R$12,00 / R$6,00 / R$3,50


O Último Imperador 3D
Dir: Bernardo Bertolucci, França, Hong Kong, Reino Unido, Itália, 1987, 145 min, 12 anos

Versão restaurada em 3D. o cineasta Bertolucci leva à grande tela a saga do herdeiro do trono chinês que, criado em meio à realeza, é deposto pelos comunistas quando ainda era adolescente e precisa se acostumar a um outro modo de vida. Pu Yi, o último imperador da China, foi declarado imperador com apenas três anos e viveu enclausurado na Cidade Proibida até ser deposto pelo governo revolucionário, enfrentando então o mundo pela primeira vez quando tinha 24 anos. Neste período tornou-se um playboy, mas logo teria um papel político quando se tornou um pseudo-imperador da Manchúria, quando esta foi invadida pelo Japão. Aprisionado pelos soviéticos, foi devolvido à China como prisioneiro político em 1950.

Dia 19/4, sexta, às 21h
Sala de exibição
Não recomendado para menores de 12 anos
Ingresso – R$12,00 / R$6,00 / R$3,50


Ex-Pajé
Dir:Luiz Bolognesi, Brasil, 2018, 81 min, livre

Perpera viveu na floresta sem contato com os brancos até os 20 anos de idade. Era um pajé poderoso. Após o contato do povo Paiter Surui com o homem branco, em 1969, ele foi acusado pelo pastor evangélico de ter parte com o Diabo e constrangido a se tornar um porteiro da igreja evangélica, renunciando aos seus poderes de pajé. Reduzido a zelador, ele vive com medo do escuro porque os espíritos da floresta estão furiosos com ele. Mas quando alguém da aldeia vê a morte de perto, seus poderes de falar com os espíritos ainda podem ser valiosos. Exibido na mostra Panorama do Festival de Berlim, onde ganhou uma Menção Honrosa na competição de documentários.

Dia 20/4, sábado, às 14h
Sala de exibição
Livre
Ingresso – R$12,00 / R$6,00 / R$3,50


Roma
Dir: Alfonso Cuaron, México/EUA, 2018, 135 min, 14 anos

Pelos olhos de uma empregada, o filme acompanha a vida de uma família mexicana de classe média no começo dos anos 1970, que tenta lidar com a ausência do pai e com a crise social da época. Filmado em preto e branco rendeu a Cuaron o Globo de Ouro de melhor direção.

Dia 20/4, sábado, às 16h
Sala de exibição
Não recomendado para menores de 14 anos
Ingresso – R$12,00 / R$6,00 / R$3,50


O Animal Cordial
Dir: Gabriela Amaral Almeida, Brasil, 2017, 96 min, 12 anos

Um restaurante de classe média em São Paulo e invadido, no fim do expediente, por dois ladrões armados. O dono do estabelecimento, o cozinheiro, uma garçonete e três clientes são rendidos. Entre a cruz e a espada, Inácio – o homem pacato, o chefe amistoso e cordial – precisa agir para defender seu restaurante e seus clientes dos assaltantes. Vencedor do prêmio de melhor ator (Benicio) no Festival do Rio.

Dia 20/4, sábado, às 19h
Sala de exibição
Não recomendado para menores de 12 anos
Ingresso – R$12,00 / R$6,00 / R$3,50


Asas do Desejo
Dir: Win Wenders, Alemanha, França, 1988, 128 min, livre

Na Berlim pós-guerra, Damiel e Cassiel são anjos que perambulam pela cidade. Invisíveis aos mortais, eles leem seus pensamentos e tentam confortar a solidão e a depressão das almas que encontram. Entretanto, um dos anjos, ao se apaixonar por uma trapezista, deseja abrir mão de sua imortalidade para se tornar um humano e experimentar as dores e alegrias de cada dia.

Dia 20/4, sábado, às 21h
Sala de exibição
Livre
Ingresso – R$12,00 / R$6,00 / R$3,50


Bagdad Café
Dir: Percy Adlon, Alemanha, 1987, 95 min, 12 anos

Depois de brigar com seu marido e abandoná-lo na estrada, a turista alemã Jasmin caminha pelo deserto do Arizona até chegar ao posto-motel Bagdad Café. É recebida com hostilidade por Brenda, a dona do local que acabou de colocar o marido para fora de casa, Jasmin aos poucos se acostuma com os clientes e hóspedes do motel.

Dia 21/4, domingo, às 14h
Sala de exibição
Não recomendado para menores de 12 anos
Ingresso – R$12,00 / R$6,00 / R$3,50


Trama Fantasma
Dir: Paul Thomas Anderson, EUA/Reino Unido, 2017, 131 min, 12 anos

Londres, anos 1950. Reynolds Woodcock e um renomado e confiante estilista que trabalha ao lado da irmã, Cyril, desenhando e produzindo as roupas de grandes nomes da realeza, das artes e da elite britânicas e europeias. Apesar de habituado a viver rodeado por mulheres belíssimas, Reynolds nunca se entregou a ninguém. Mas sua vida muda quando conhece Alma, uma jovem garçonete que se torna sua amante e principal fonte de inspiração. Vencedor do Oscar de melhor figurino e indicado em outras seis categorias, incluindo melhor filme e direção.

Dia 21/4, domingo, às 16h
Sala de exibição
Não recomendado para menores de 12 anos
Ingresso – R$12,00 / R$6,00 / R$3,50


tinta bruta
Tinta Bruta Foto: Reprodução

Tinta Bruta
Dir: Marcio Reolon e Felipe Matzembacher, Brasil, 2018, 118 min, 18 anos

Em momento particularmente difícil de sua vida, Pedro responde a um processo criminal e, ao mesmo tempo, tem que lidar com a mudança da irmã para o outro lado do pais. Sozinho no escuro do seu quarto, ele, em uma forma de catarse, assume o codinome GarotoNeon e começa a dançar, com o anonimato garantido por camadas de tinta neon sobre a pele, diante de milhares de desconhecidos que o assistem pela webcam. Exibido na mostra Panorama do Festival de Berlim, onde ganhou o Teddy Award. Ganhou ainda quatro prêmios no Festival do Rio: melhores filme, ator (Menegat), ator coadjuvante (Fernandes) e roteiro.

Dia 21/4, domingo, às 19h
Sala de exibição
Não recomendado para menores de 18 anos
Ingresso – R$12,00 / R$6,00 / R$3,50


Bohemian Rhapsody oscar oscars
Bohemian Rhapsody. Divulgação

Bohemian Rhapsody
Dir: Bryan Singer, EUA/Reino Unido, 2018, 134 min, 14 anos

No início dos anos 1970, Freddie Mercury e seus companheiros Brian May, Roger Taylor e John Deacon mudam o mundo da música para sempre ao formar a banda Queen. O grupo estoura com sucessos como “We Will Rock You”, “Crazy Little Thing Called Love” e “Bohemian Rhapsody” e conquista fãs pelo mundo afora. Porém, quando o estilo de vida extravagante de Mercury começa a sair do controle, a banda tem que enfrentar o desafio de conciliar a fama e o sucesso com suas vidas pessoais cada vez mais complicadas.

Dia 21/4, domingo, às 21h
Sala de exibição
Não recomendado para menores de 14 anos
Ingresso – R$12,00 / R$6,00 / R$3,50


O Beijo no Asfalto
Dir: Murilo Benicio, Alemanha,Brasil, 2017, 98 min, 12 anos

Ao presenciar um atropelamento, Arandir, um bancário recém-casado, tenta socorrer a vítima, mas o homem, quase morto, só tem tempo de realizar um último pedido: um beijo. Arandir beija o homem, mas seu ato e flagrado por seu sogro Aprigio e fotografado por Amado Ribeiro, um repórter policial sensacionalista. Baseado na peça de Nelson Rodrigues, publicada em 1960.

Dia 22/4, segunda, às 14h
Sala de exibição
Não recomendado para menores de 12 anos
Ingresso – R$12,00 / R$6,00 / R$3,50


Vingadores: Guerra Infinita
Dir: Anthony Russo e Joe Russo, EUA, 2018, 149 min, 12 anos

O planeta Terra enfrenta mais um inimigo: Thanos, um tirano intergaláctico que chega com o objetivo de reunir as seis Joias do Infinito, artefatos de poder inimaginável capazes de lhe dar o controlo sobre a realidade. Para o enfrenta-lo, os Vingadores têm que fazer uma aliança improvável com Star-Lord, Rocket Raccoon, Groot, Gamora e Drax, os excêntricos membros dos Guardiões da Galáxia. Controlar tanta divergência de poderes e personalidades não será fácil, mas será fundamental para conter os terríveis poderes de Thanos.

Dias 22/4, segunda e domingo, às 16h
Sala de exibição
Não recomendado para menores de 12 anos
Ingresso – R$12,00 / R$6,00 / R$3,50


mix brasil o segredo de davi gay
Nicolas Prattes em “O Segredo de Davi”

O Segredo de Davi
Dir: Diego Freitas, Brasil, 2018, 112 min, 16 anos

Davi e um tímido estudante de cinema. Mas por trás de seu semblante se esconde um passado sombrio. Estranhas figuras reaparecem em sua vida, fazendo renascer o desejo de matar, e Davi se transforma em um assassino em série, que fica famoso por filmar suas vítimas e colocar na internet. A medida em que as mortes ocorrem, o seu segredo de Davi fica cada vez mais prestes a ser revelado.

Dia 22/4, segunda, às 19h
Sala de exibição
Não recomendado para menores de 16 anos
Ingresso – R$12,00 / R$6,00 / R$3,50


Aquaman
Dir: Jame Wan , EUA/Austrália, 2018, 144 min, 12 anos

Fruto do amor entre um humano e a rainha da Atlântida, Arthur Curry viveu toda a vida na superfície terrestre. Com uma estranha capacidade de se comunicar com criaturas aquáticas e manipular mares, ele sempre se sentiu diferente de todos a seu redor. Até que um dia e contatado por Mera, uma jovem atlante, que lhe diz que Orm, seu meio-irmão e atual rei da Atlântica, está decidido a reunir os governantes dos sete mares e atacar o mundo da superfície antes que a poluição os destrua. Para impedi-lo, Arthur tem que assumir o trono, proteger o seu povo e evitar uma catástrofe sem precedentes que ameaça a extinção de toda a vida na Terra.

Dias 23/4, terça e segunda, às 16h
Sala de exibição
Não recomendado para menores de 12 anos
Ingresso – R$12,00 / R$6,00 / R$3,50


Slam: A Voz do Levante
Dir: Tatiana Lohmann e Roberta Estrela D’Alva, Brasil, 2017, 95 min, 12 anos

Plateia, poetas, poemas próprios e jogo de cintura: essa e a formula dos Poetry Slams, campeonatos performáticos de poesia falada que vem se espalhando pelo Brasil. Nascidos em Chicago, eles fomentam a organização das comunidades em torno do encontro, da livre expressão e da escuta. O filme testemunha o crescimento da cena brasileira desde 2008, viaja as origens nos EUA e acompanha a campeã brasileira de 2016, Luz Ribeiro, até a Copa do Mundo de Slam em Paris, representando a nova onda feminista e negra que tem se firmado pela virulência poética do verbo politizado. Vencedor do Prêmio Especial do Júri e do troféu de melhor direção em documentário no Festival do Rio.

Dias 23/4, terça e segunda, às 19h
Sala de exibição
Não recomendado para menores de 12 anos
Ingresso – R$12,00 / R$6,00 / R$3,50


Cinema da Vela Representatividade no Cinema de Herói
com a participação de Gabriel Carneiro, Flavia Guerra e Viviane Pistache

Representatividade no Cinema de Herói. A forte presença no cinema contemporâneo do gênero heroico vem apresentando algumas mudanças nos últimos anos, o surgimento de uma maior diversidade de protagonistas, a oferta de mais personagens femininas, personagens afro descendentes e outros heróis que fogem ao padrão dos super-heróis tradicionais é tema do debate com profissionais do cinema.


Pantera Negra
Dir: Ryan Coogler, EUA, 2018, 135 min, 14 anos

T’Challa, príncipe do reino de Wakanda, na África, possui habilidades obtidas através de um antigo ritual da sua tribo e conhecido pelos sentidos apurados e pela excepcional inteligência. Quando, após a morte do pai, regressa a casa como seu sucessor, encontra um pais fraturado e o seu reinado ameaçado por Killmonger, um novo adversário que remete a história recente do lugar. Mas este conflito e muito maior do que aparenta e ira extravasar as fronteiras de Wakanda, com consequências avassaladoras para todo o planeta.

Dia 23/4, terça, às 21h

Sala de exibição
Não recomendado para menores de 14 anos
Ingresso – R$12,00 / R$6,00 / R$3,50


Auto de Resistência
Dir: Natasha Neri e Lula Carvalho, Brasil, 2018, 120 min, 14 anos

O filme analisa homicídios praticados pela polícia contra civis no Rio de Janeiro a partir de casos conhecidos como “autos de resistência”, acompanhando a trajetória de personagens que lidam com essas mortes em seus cotidianos e mostrando o tratamento dado pelo Estado a esses casos, desde o momento em que um individuo e morto, passando pela investigação da polícia, até as fases de arquivamento ou julgamento por um tribunal do júri.

Dia 24/4, quarta, às 14h
Sala de exibição
Não recomendado para menores de 14 anos
Ingresso – R$12,00 / R$6,00 / R$3,50


“Shallow”, trilha sonora do filme "A Star Is Born", vira “No Chão” em versão brasileira em forró
Foto: reprodução A Star Is Born

Nasce Uma Estrela
Dir: Bradley Cooper , EUA, 2018, 136 min, 16 anos

Em uma noite de bebedeira, Jackson Maine, experiente e famoso cantor country, descobre Ally, uma artista ainda desconhecida, por quem se apaixona. Ela está prestes a desistir de seu sonho de se tornar uma cantora de sucesso, até que Jack a convence a mudar de ideia. Mas enquanto a carreira de Ally decola, o relacionamento pessoal entre os dois começa a desandar, e Jack precisa lutar contra seus próprios demônios.

Dia 24/4, quarta, às 16h
Sala de exibição
Não recomendado para menores de 16 anos
Ingresso – R$12,00 / R$6,00 / R$3,50


Benzinho
Dir: Gustavo Pizzi, Brasil/Uruguai/Alemanha, 2018, 95 min, 12 anos

Irene mora com o marido Klaus e seus quatro filhos. Ela está terminando os estudos enquanto se desdobra para complementar a renda da casa e ajudar a irmã Sonia. Mas quando seu primogênito Fernando e convidado para jogar handebol na Alemanha, ela terá poucos dias para superar a ansiedade e ganhar forças antes de mandar seu filho para o mundo. Exibido na competição internacional do Sundance Film Festival.

Dia 24/4, quarta, às 19h
Sala de exibição
Não recomendado para menores de 12 anos
Ingresso – R$12,00 / R$6,00 / R$3,50


Bye Bye Brasil – Sessão 35 mm
Dir.: Carlos Diegues, Brasil, Argentina, França, 1979, 105 min, 18 anos

Salomé, Lorde Cigano e Andorinha são três artistas ambulantes que cruzam o país juntamente com a Caravana Rolidei, fazendo espetáculos para o setor mais humilde da população brasileira e que ainda não tem acesso à televisão. A eles se juntam o sanfoneiro Ciço e sua esposa, Dasdô, e a Caravana cruza a Amazônia até chegar a Brasília.

Dia 24/4, quarta, às 21h
Sala de exibição
Não recomendado para menores de 18 anos
Ingresso – R$20,00 / R$10,00 / R$6,00


CINEMA DA VELA
Conversas sobre cinema que duram o tempo do queimar de uma vela. Hall. Livre. Grátis 23/4, às 19h30

Cinema da Vela Representatividade no Cinema de Herói.

Profissionais do universo cinematográfico discutem a importância da manutenção da memória fílmica e analisam a situação da restauração no momento atual, pensando os diferentes dispositivos e os novos públicos. Com a participação de Gabriel Carneiro, Flavia Guerra e Viviane Pistache.

CONVERSAS.
Realizadores conversam com o público sobre suas trajetórias no auditório do CineSesc. Grátis. Retirada de ingressos com 1h30 de antecedência para credencial plena e 1h de antecedência para demais categorias. 22/04, às 19h30 Conversas com Beatriz Seigner, diretora do filme de abertura Los Silencios.

Exposição
45º FESTIVAL SESC MELHORES FILMES – Cinemagético, de Rochelle Costi.

A presente proposta tem como ponto de partida a profusão de filmes disponíveis no circuito comercial de cinema, refletindo sobre as razões que levam o público a optar por uma entre as tantas opções de escolha. Em 2018, foram mais de quatro centenas! Livre. Grátis. Segunda a domingo, 13h15 às 21h30.

Ingressos com valores especiais para o Festival Sesc Melhores Filmes
Segunda a domingo: R$ 12 (inteira); R$ 6,00 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo, com credencial plena do Sesc e seus dependentes;R$ 3,50 (Aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor de escola pública com comprovante).