A série Todxs Nós, que retrata a realidade de uma jovem pansexual não-binária, já estreou na HBO e seus dois primeiros episódios estão disponíveis através do serviço de streaming HBO GO (sete dias grátis para não assinantes).

No segundo episódio, que exibido no último domingo (30), Vini (Kelner Macêdo) e seu namorado Julio (Felipe Frazão) protagonizaram o primeiro beijo grego gay na TV de uma produção brasileira. Assista:

“A existência da pessoa não-binária questiona a nossa lógica patriarcal, a nossa lógica machista de modo muito profundo, porque propõe que o gênero não seja a primeira coisa que você vê em alguém”, explica Vera Egito, que dirige a série ao lado de Heitor Dhalia e Daniel Ribeiro.

Além de ser pioneira em tratar o tema sobre pessoas não binárias, a série também não economiza nas cenas de sexo.

“Foi um exercício para todos nós”, conta Clara Gallo, intérprete de Rafa. “Nossa língua é muito rígida na questão de gênero, então é difícil mesmo. Mas a questão é se arriscar mesmo e falar nessa linguagem. No começo você fala engasgando, mas tem um momento que se torna mais natural. Nossa linguagem é muito rígida, e não à toa o Brasil é o país que mais mata pessoas trans no mundo”.

Aqueles que se animaram com o beijo grego e quiserem assistir na TV, a série é exibida aos domingos, às 23h, no canal HBO, com reprises diversas (consulte os próximos horários neste link). Para a primeira temporada, foram feitos oito episódios de 30 minutos.

ENREDO

A série traça a a história de Rafa, uma jovem de 18 anos que, como dito anteriormente, é não-binária e resolve sair do interior de São Paulo para morar na capital junto do primo Vini, e sua melhor amiga, Maia. Os episódios retratam o auto-conhecimento da Rafa, que cada vez mais procura entender o significado da não-binariedade.

TÉCNICA

TODXS NÓS é uma produção realizada integralmente com investimentos próprios da HBO Latin America. A série tem direção geral de Vera Egito, que assina também a direção dos episódios e roteiro junto com os célebres Heitor Dhalia e Daniel Ribeiro (“Hoje Eu Quero Voltar Sozinho“).

Protagonizada por Clara Gallo, Kelner Macêdo e Julianna Gerais, os roteiros contam com a colaboração de Alice Marcone e Thays Berbe. A produção é de Luis F. Peraza, Roberto Rios e Eduardo Zaca, da HBO Latin America Originals; Gil Ribeiro, Marcia Vinci e Margarida Ribeiro, da Coiote, e Heitor Dhalia e Egisto Betti, da Paranoïd Filmes.

Google Notícias