GAY BLOG BR by SCRUFF
A cantor Jão é o convidado da semana para o podcast Pop Story, do Deezer, e comenta um pouco sobre sua trajetória e a recente parceria com a Ivete Sangalo, com quem gravou a música “Me Liga”. Para ouvir a gravação, basta acessar o site oficial através deste link.
.
“Quando a Ivete me mandou a mensagem eu pensei: qualquer emoji que eu mandar precisa ser O emoji!” – conta Jão, complementando que, há quatro anos, imaginar cantar com alguém como a Ivete Sangalo era algo “muito distante”.
.

Jão também compara sua carreira como algo cinematográfico: “Sabe quando a gente assiste filme ou série e você percebe que aquilo não aconteceria na vida real, pois é muito cinematográfico? Quando estou no palco é esse sentimento que tenho, tudo muito cinematográfico, é o meu lugar, meu santuário, minha parada, o que sei fazer de melhor”, conta.

Quando questionado sobre a existência de “2 Jãos“, o das composições íntimas versus o Jão potente dos palcos, ele conta detalhes das suas personas: “Existem os dois. É uma coisa muito doida, sempre me abri muito na música, fui uma criança mais artística, no meu mundo, introspectivo. E a música foi minha válvula de escape pra me entregar. Começou na composição, tocando violão, e quando subi no palco pela primeira vez foi quando senti que estava 1000% confortável. É um outro Jão, mas ele sou eu”, diz.

Jão diz que não é melancólico como as pessoas pensam
Divulgação

O apresentador do podcast, Zeca Camargo, foi bem direto em uma pergunta que todos queriam saber sobre suas músicas não deixou de fora a pergunta que todos querem saber ao ouvirem suas músicas: “Você é um cara triste?” A resposta foi direta: “Nunca planejei fazer músicas tristes, fazia músicas do que estava rolando. A maneira como me expresso é um pouco mais dramática do que o usual. Mesmo minhas músicas mais felizes, as pessoas recebem como uma música emocionante, a galera chora no show ouvindo. Pode ser minha voz, a forma como me expresso”, sugere.

Pra finalizar, a pergunta: “Para Jão, o que é o refrão perfeito?” E ele revela que é o que liberta quando canta ou ouve. “Quando junta a melodia e a letra, é quando tudo explode e vira um grande refrão”, finaliza.

.




Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"

1 COMENTÁRIO