GAY BLOG BR by SCRUFF

A estreia do trabalho multimídia Desmacho, do Agrupamento Andar7, acontece nos dias 1 e 2 de abril, sexta-feira (20h e 21h) e sábado (19h) no CRD – Centro de Referência da Dança.

Interpretado pelo artista do corpo Ju Lima, a obra busca romper as fronteiras entre o teatro, a dança, a performance, a música e o cinema, ao mesmo tempo que fricciona as materialidades desses campos de conhecimento, dando continuidade à pesquisa do Agrupamento Andar7, que desde 2008 vêm trabalhando no cruzamento e rompimento, dessas delimitações.

Espetáculo "Desmacho" discute a naturalização da violência e machismo na sociedade
Espetáculo “Desmacho”. Foto: Jorge Yuri

A obra relaciona fragmentos de leituras, relatos autobiográficos e questionamentos sobre o corpo em nosso contexto atual, estabelecendo diálogo com o livro Cartografias da Masculinidade, organizado pelo psicólogo Pedro Ambra. A experiência propõe revisitar a naturalização da violência em nossa cultura, tendo o universo caipira como ambiente de partida, e evoca uma ritualística para “desmachificar” os corpos. Reconhecer, denunciar e romper os ciclos de violência gerados pelo machismo, questionar os binarismos e expurgar demandas que não pertencem mais a este tempo.

Desmacho propõe um diálogo direto e intimista com o público. A trilha sonora ao vivo é executada pelo músico Thiago Morrinho e inclui viola caipira, percussões e pedaleira eletrônica. A câmera e o gimbal (estabilizador) operados por Jorge Yuri promovem a captação em tempo real da cena, que é simultaneamente projetada. As imagens projetadas, renders e tratamentos de imagens, assim como as artes visuais são concebidas por Luciana Ramin e visam propor discussões de linguagem e perspectivas, a partir do vídeo.

Espetáculo "Desmacho" discute a naturalização da violência e machismo na sociedade
Foto: Jorge Yuri

SERVIÇO

  • Local: CRD – Centro de Referência da Dança.
    Galeria Formosa Baixos do Viaduto do Chá s/n, Praça Ramos de Azevedo — Centro Histórico de São Paulo, São Paulo — SP
  • Data: 1 e 2 de abril. Sexta, às 20h (bate-papo após apresentação). Sábado, às 19h.
  • Duração: 60 minutos
  • Classificação Indicativa: 16 anos
  • Capacidade: 80 pessoas

FICHA TÉCNICA

  • Artista-criador: Ju Lima
  • Artes Visuais: Luciana Ramin
  • Operação de câmera: Jorge Yuri
  • Músico convidado: Thiago Morrinho
  • Concepção de Iluminação: Agrupamento Andar7
  • Operação de Iluminação: Edu Cabral
  • Produção: Brunette Coelho



Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"