GAY BLOG BR by SCRUFF

This article is also available in: English Español

O jornalista da CNN norte americana, Anderson Cooper (53), contou sobre seu processo de aceitação durante o seu programa “The Anderson Cooper 360” no quadro “Ask Anderson Almost Anything” (em livre tradução: Pergunte a Anderson Praticamente Qualquer Coisa), quando um telespectador questionou sobre o assunto.

Anderson Cooper diz que ser gay aos 7 anos e conta por que demorou para sair do armário
Anderson Cooper diz que ser gay aos 7 anos e conta por que demorou para sair do armário / Reprodução

“Eu tinha provavelmente sete anos quando percebi [que era gay]. Não tenho certeza se conhecia a palavra gay naquela época, mas eu percebi que tinha alguma coisa e que algo era diferente (…) eu comentei com alguns amigos na época do ensino médio. Acho que eu realmente abracei [a causa] e passei a amar o fato de ser gay logo após o ensino médio”.

A aceitação para Cooper foi um processo e ele teve que teve que enfrentar muitos desafios perante sua orientação sexual.

“Muitas coisas que eu queria fazer naquela época eram impossibilitadas para os gays. Eu estava interessado em entrar nas forças armadas, mas você não podia ser gay.” – disse – “Muitos lugares que eu gostaria de ir eu não podia por questões de segurança. Senti que havia muitas limitações [por ser gay], e não era o que eu queria para minha vida” – continuou.

“Eu imaginava uma família, casar, e todas aquelas coisas que eram impossíveis naquele tempo” – disse. Atualmente, Cooper considera que sua homossexualidade é uma “benção” em sua vida.

“Como eu disse antes, acho que ser gay é uma das maiores benção na minha vida, e me tornou uma pessoa melhor e um repórter melhor. Quando você cresce fora da normatividade, e você começa a observar as coisas que não estão no padrão, você vê a sociedade de modo um pouco diferente, e isso é muito valioso” – disse.

“Isso me permitiu amar as pessoas que amo e viver a vida que tive, então sou muito abençoado” – concluiu.

Vale dizer que Cooper é considerado um dos jornalistas gays mais proeminentes da televisão dos Estados Unidos pelo The New York Times, além de ter sido o primeiro homossexual a mediar o debate presidencial entre Hillary Clinton e Donald Trump em 2016.

Com informações do Queerty.

This article is also available in: English Español

Join our community of 15+ million guys

Find guys looking for the same thing with SCRUFF Match. Volunteer to be a SCRUFF Venture Ambassador to help out guys visiting your home city. Search an up-to-date agenda of the top parties, prides, festivals and events. Upgrade your game with SCRUFF Pro and unlock 30+ advanced features. Download SCRUFF here.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"