GAY BLOG BR by SCRUFF

A atriz Deborra-Lee Furness fez piada com os boatos de que o marido dela, o ator Hugh Jackman, é gay. Em entrevista concedida ao podcast “Not an Overnight Success”, a artista ridicularizou a fofoca, de acordo com o jornal britânico Daily Mail. O ex-intérprete do herói Wolverine está casado com Deborra há 26 anos.

Deborra-Le Furness e Hugh Jackman (Foto: Reprodução)

Perguntada sobre os boatos em torno da orientação sexual do marido, ela respondeu: “Se ele fosse gay, ele poderia ser gay! Ele não precisaria ficar no armário e estaria namorando o Brad Pitt ou qualquer outro. Não que o Brad seja gay, mas vocês entenderam o que estou dizendo. [Esses boatos] São tão bobos e as pessoas seguem difundindo coisas bobas e isso é chato”.

Ainda durante entrevista ao podcast, a atriz falou sobre como ela e o marido lidam assistindo às cenas de sexo que o casal já protagonizou em alguns trabalhos: “É muito estranho. Acho isso depois de ter feito várias delas e não é nada romântico. Você tem toda aquela luz na sua cara, você está encenando e não é nada sexy”.

Quando estou sentada no cinema assistindo, principalmente quando estou com as crianças, me sinto ligeiramente desconfortável. Mas em várias ocasiões sou grande amiga da atriz que ele está dando uns amassos e todos nós nos conhecemos. Às vezes é estranho assistir e as crianças ficam meio ‘ahhh!’ e não querem ver. Mas quando você está em um relacionamento é tudo artificial, sabe? Não incomoda”, completou Deborra.

(Foto: Reprodução)



Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista gaúcho formado na Universidade Franciscana (UFN) e Especialista em Estudos de Gênero pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)